Quem vale mais: o gato ou quem está segurando? A pergunta nem devia ser feita, mas tem gente com dúvida a respeito…

Gabriel Ferreira

Multiplicam-se os casos de defesa desproporcional dos animais, enquanto ONGs e grupos abortistas tentam impor leis e práticas para aumentar a matança dos inocentes. Já foi mencionado neste site, por exemplo, a notícia de que na Austrália um gato recém nascido foi salvo por nada menos que três equipes de bombeiros (Agência France Press,19/10/10)

O gato caiu no vaso sanitário e ficou entalado no sifão, por “culpa” de uma menina de 2 anos. O dono, desesperado, ligou para o serviço de emergência, que o atendeu prontamente e com três equipes! Com ajuda de uma câmara especial as equipes localizaram o animal há vários metros abaixo do chão, quebraram o concreto e conseguiram salvar o pequeno felino.

Enquanto isso…

A Austrália não fica muito atrás de muitos países que aprovaram o aborto. Assim como na grande maioria dos casos, depois de descriminalizar o aborto, o mesmo só têm aumentado. Em 1985 foram realizados 66 mil abortos no país. Este número passou para 71 mil em 1987, 83 mil em 1991 e chegou a 100 mil nos dias atuais.

Veja, caro leitor, o esforço feito para salvar um gato e, em contrapartida, o esforço para matar uma criança!

O Brasil também caminha no mesmo sentido. Quem nunca viu ou ouviu falar de casos semelhantes ao do gato da Austrália? E da mesma maneira quem não sabe que o aborto está prestes a ser aprovado no Brasil pelo PNDH-3 e outros projetos de lei?

É um caso para reflexão…

11 COMENTÁRIOS

  1. Os animais merecem cuidados e respeito, sim; mas o que está havendo é uma inversão de valores. Se alguém der um chute num cachorro será imediatamente punido pelos governos municipal, estadual e federal; mas quando um bandido invade sua casa, violenta, fere e rouba os bens obtidos pelo suor do seu rosto, a justiça mostra-se lenta, desinteressada, morosa no julgamento e débil na condenação do réu que, em curto espaço de tempo estará livre (se for condenado) para continuar suas aberrações. Casos de corrupções nos altos escalões dos governos e outros crimes não tiveram a devida punição; agora, deixe um animal sem água ou comida por um dia apenas, que alguém perceba, pra ver só o que acontece… !!! É a volta ao passado (do antigo Egipto), quando os animais eram venerados como deuses, e os homens tratados como escravos.

  2. Diz a bíblia: “Aquele que não dá ouvidos ao clamor do pobre, também clamará e não será ouvido”. Logo: Aquele que não dá ouvidos ao clamor da VIDA, também clamará e não será atendido. Assim, as guerras vêm para cumprir com os preceitos das Leis que regem o nosso planeta. Elas serão inevitáveis… “e haverá clamor e ranger de dentes”.

  3. @Karin
    O texto diz que as pessoas dão mais valor aos animais do que a seres humanos inocentes!!!!! Se não entendeu o que o texto quis dizer, fique calada. Acha esse site inútil ? Então porque vêm ler???

  4. Cara, que escreveu esse post nojento, se vc tem amor à vida e à Deus, o sopro de vida dessa criança é o mesmo sopro de vida desse gato, Deus não distingue, e sabe que mais, ao invés de postar textos tão inúteis como este, tente fazer algo de útil pela humanidade, pelo amor de Deus, façam coisas úteis, pois em nenhum lugar do mundo se dá importância aos animais, ongs são ongs, o governo que é responsável pela saúde pública. E outra sr padre, ou sei lá quem escreve essa baixaria toda, NÃO É PROBLEMA SEU essa situação. Os tontos se identificam com o testo, choram, sem poder fazer nada. Nossa, quanta inutilidade nesse site, eu devo me perdoar por ter entrado aqui (já que vocês não param de encher minha caixa de mensagens com todo esse lixo PRECONCEITUOSO)

  5. absurdo! incoerência total! um país abortista que ‘ama’ e ‘respeita’ os animais ??!!! Inversão total de valores! Eis como é fácil detectar o que é falso e o que é verdadeiro, ou seja, não há verdade nessa ideologia de defesa dos animais e da terra, pois como pode o homem amar e respeitar a natureza se seqer respeita o bem maior que é a vida humana?? ainda mais dos não nascidos que são indefesos por completo?? loucura!

  6. concordo ismael, eh claro q devemos cuidar dos animais, mas deixar de cuidar do ser humano para defender outras espécies eh contra as leis de Deus e da natureza.

  7. É triste esta verdade, o povo cada vez recebem menos educação, tem menos saude, menos segurança, e por isso cada vez mais ficam alienados por isso quem mais defende a inversão de valores e o PNDH-3 acaba tendo a aprovação de mais de 80% da população.
    Tudo é inversamente proporcional, a aceitação de um grupo politico ou não politico de pessima qualidade está diretamente ligado a falta de patriotismo e educação e ao excesso de ideologia partidária.
    Eu de minha parte prefiro ter 0.01% de aprovação de um povo aberto, culto, patriota a ter 100% de uma massa de hipnotizados, que não tem vontade propria, e não pensam com suas cabeças

  8. Raciocínio lógico anda muito ausente, como por exemplo, no caso do Gabriel. De alguma forma o aborto foi aprovado na Austrália, por pessoas e em circunstâncias que não têm, obrigatóriamente, a ver com os cuidados dos que defendem os animais (nossos irmãos, segundo São Francisco de Assis).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome