A Agência Holandesa de Avaliação Ambiental reconheceu que o texto do relatório de três mil páginas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) tinha mais erros do que o esperado.

A agência aceitou responsabilidade por um dos erros do IPCC, ao informar, em 2005, que 55% do território da Holanda se encontram abaixo do nível do mar, quando a proporção correta são 26%.

O relatório deveria ter dito que 55% estão sujeitos a inundações.

Mais algumas “ninharias” estatísticas do IPCC afetando um país inteiro.

Se fosse só uma, mas estão aparecendo em série.

E uma série que de momento não acabou.