Pais ensinando para os filhos em casaO senhor e a senhora sabiam que na Itália cerca de mil adolescentes dão as costas para a escola pública e recebem instrução escolar em casa? E que nos Estados Unidos os meninos educados em casa fora da escola estatal são cerca de dois milhões, enquanto na Inglaterra eles perfazem quase 70 mil, no Canadá 60 mil, na França três mil e na Espanha dois mil? (Os dados são de 2012).

As universidades mais prestigiosas do mundo — entre as quais Harvard, Cornell, Princeton, Dartmouth e Yale — dão as boas-vindas àqueles que foram instruídos em suas residências.

Em termos de competividade, nos seus respectivos países a educação domiciliar desempenha-se muito bem.

“Quais são os objetivos da ‘scuola parentale’ ou ‘homeschooling’? A completa gestão por parte dos pais, pessoalmente ou através de pessoas de sua confiança, para a educação dos próprios filhos. Eles pretendem atingir esses fins com métodos ao mesmo tempo inovadores e tradicionais.

“Observando fielmente as indicações normativas das escolas, deseja-se dar aos rapazes algo a mais, tanto do ponto de vista didático, quanto — sobretudo — do ponto de vista dos valores”.

A educação domiciliar ou “homeschooling” — no termo em inglês — é um método de ensino no qual o aluno não frequenta escolas formais. Essa modalidade ainda é pouco aceita no Brasil.

As aulas efetuaram-se na casa do estudante, sob a orientação dos pais, de responsáveis ou professores particulares, em casos mais raros. O modelo segue um currículo semelhante ao das escolas regulares.

No Brasil existe e está em funcionamento a Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned), uma entidade sem fins lucrativos, formada por pessoas de todo o País que têm aplicado a educação domiciliar em suas famílias ou que se interessam por essa modalidade. Os associados estão disseminados por todo o território nacional e fizeram a opção pelo ensino domiciliar por diversos motivos. Eles têm em comum a convicção de que cada pai e mãe possui a responsabilidade de garantir a formação plena de seus filhos, e que essa responsabilidade natural garante o direito de escolher qual tipo de instrução será dada a essas crianças.

Um direito humano, sem dúvida. Uma decorrência do pátrio poder!

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

9 COMENTÁRIOS

  1. Na escola é onde a criança tem o contato com as drogas, prostituição, violência…. E tudo que não presta. Tanto faz ser escola pública quanto privada. A “Escola em Casa” é a melhor alternativa para se educar os filhos, sem qualquer sobra de dúvidas. Todavia existe um grande interesse financeiro na questão.

     
  2. ATENÇÃO: O direito de educar os filhos em casa está ameaçado. O STF deve julgar, ainda este mês, o mérito do RE 888815 no qual uma família do Rio Grande do Sul defende o direito de educar seus filhos em casa. A matéria foi reconhecida como de natureza constitucional e o resultado do julgamento terá a chamada “repercussão geral”. Isto é, se o STF entender que os pais não têm direito a oferecer a educação familiar, todas as famílias brasileiras estarão proibidas de fazê-lo. O PGR Rodrigo Janot apresentou parecer em 21/12/2015. O Relator do processo no STF é o Ministro Roberto Barroso.

     
  3. ISTO É MUITO BOM, TEMOS QUE FAZER VALER ESTE DIREITO QUE É TODO NOSSO, PODER EDUCAR OS NOSSOS FILHOS SEM INTERFERENCIA DOS IDELOLOGOS DESTE MUNDO PERVERSO.

     
  4. Escola em Casa é uma saída para educar as crianças e jovens fora da Ideologia de Gênero, com sua imoralidade. E além disso, não haverá aulas vagas porque não há professor. Na escola pública os professores são desestimulados a exercerem a profissão, pelos baixos salários e desrespeito e perigo de agressões físicas vindas de alguns alunos.
    Espero que os brasileiros se conscientizem de que a Ideologia de Gênero é uma desestruturação da personalidade da criança, jovem ou adulto, levando-os à falta de personalidade estável e uma direção pessoal e profissional na vida. A cada vez que o PT surja com a ameaça de colocar essa ideologia nos PME,PEE, PNE , vamos às sessões de plenário para tirá-la de uma vez por todas.

     
  5. Países com ideologia comunista jamais permitirão que famílias eduquem seus filhos em casa, pois pretendem, desde cedo, elaborar a lavagem cerebral na geração que chega. Aqui no Brasil, vemos a interferência do Foro de S. Paulo na área educacional: baixíssima qualidade de ensino, perda dos valores, ausência de ética e de moral . Espaço físico destroçado, violento profissionais humilhados, desautorizados e desmotivados E como se isso tudo não fosse o suficiente, agora a ideologia de gênero que desejam implantar compulsoriamente na grade curricular, em detrimento à formação cristã da família brasileira. Além do mais, se começarem a fechar escolas por falta de demanda, como os administradores justificarão a fortuna destinada à educação, na forma da lei, e que a ela nunca chega?

     
    • Sempre haverá essa possibilidade do Ensino em Casa, pois se você não pode levar adiante sozinho, com certeza unindo algumas famílias interessadas, algum(s) pais e/ou mães podem assumir o lugar de professor. E o preço é mais baixo em alguns termos, como transporte, alimentação fora, livros caros sem necessidade, passeios dispendiosos, etc. E as amizades sadias acontecerão, não havendo também bulling.

       

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome