Notícias UOL, AFP, 19 de fevereiro, comentando a situação política brasileira, mostra a falência da esquerda, do PT.

“A esquerda está “desorganizada”, o Brasil está privado “dos benefícios de uma oposição” e essa “é uma boa notícia para Bolsonaro, que se livra de ataques coordenados em um confuso início de governo”, avaliou em artigo recente o jornal Folha de S. Paulo”.

“O Partido dos Trabalhadores (PT) de Lula e Dilma hoje não consegue encarnar a oposição ao presidente…”

Não pára aqui a cascata de desgraças: “Mas (o PT) “não é mais o partido hegemônico da esquerda”, explica Lucio Renno, professor associado do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília. O partido “perdeu muito de sua possibilidade de liderar a oposição” a Bolsonaro. – Órfão de Lula -O PT está assombrado por vários problemas. Para começar, a corrupção.”1

  • ***

Vamos poupar o leitor dessas “explicações” que não explicam o descrédito da esquerda em geral.

Em artigo para a Folha comentou o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira: há importância real e importância publicitária: “não é simplesmente segundo o relevo que lhes dá a maioria dos jornais, que se pode adquirir uma noção exata da importância dos diversos acontecimentos. Os fatos da vida interna das grandes instituições apolíticas – das quais mencionei quatro, mas poderia mencionar tantas outras – podem ter para o país uma importância maior do que muitos e muitos eventos partidários”2.

Em outras palavras, o PT foi derrotado pela maioria conservadora que lotou cidades brasileiras desde 2015.

O PT foi derrotado porque seu mentor eclesiástico, a Teologia da Libertação, não empolga as multidões.

O PT e seus líderes perderam o bonde da História e os ventos são conservadores.

 

1 https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/02/19/a-crise-da-esquerda-no-brasil-de-jair-bolsonaro.htm

2 https://www.pliniocorreadeoliveira.info/FSP%2069-01-29%20Importancia.htm

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here