Qual a poderosa arma do PCCh para controlar o povo chinês? O comportamento da Big Tech reproduz a terrível imagem do Leviatã? Que pensar desse macro capitalismo que se identifica ele mesmo com o ditatorialismo socialista?

Importantes iniciativas têm sido tomadas nos EUA a fim de coibir e poder da Big Tech e proteger a liberdade dos indivíduos.

***

WASHINGTON D.C, 28 de outubro de 2020 (LifeSiteNews) – Uma audiência do comitê do Senado será realizada esta manhã para investigar os CEOs do Facebook, Google e Twitter, e examinar as proteções legais cobertas pela Seção 230.

“A audiência, intitulada “A imunidade abrangente da Seção 230 possibilita mau comportamento de Big Tech?” será realizado pelo “Comitê de Comércio, Ciência e Transporte” e presidido pelo Sen. Roger Wicker (R-Miss).”

“Entre os membros do comitê está o senador Ted Cruz (R-Tex), que recentemente rotulou a censura online como “a maior ameaça à liberdade de expressão e à democracia”.”

Aumentar a transparência e a responsabilidade

“Um dos objetivos da audiência é reexaminar a Seção 230 do Communications Decency Act 1996 e “aumentar a transparência e a responsabilidade entre as grandes empresas de tecnologia por suas práticas de moderação de conteúdo”. Ele também avaliará as “consequências não intencionais da proteção de responsabilidade da Seção 230 e a melhor forma de preservar a Internet como um fórum para o discurso aberto.””

“As testemunhas da audiência serão Jack Dorsey, CEO do Twitter, Sundar Pichai, CEO do Google, e Mark Zuckerberg, CEO do Facebook.”

Twitter censura Trump; censura aos conservadores

“Em maio, o presidente Trump assinou uma ordem executiva sobre a prevenção da censura online, após um aumento acentuado na censura de vozes conservadoras, incluindo o próprio presidente. Ironicamente, o Twitter censurou Trump menos de 24 horas depois que ele assinou a ordem executiva.”

“Trump alertou que plataformas como Twitter, Facebook, Instagram e YouTube (administrado pelo Google), têm uma capacidade “sem precedentes” de controlar e alterar a vida pública ao ser capaz de “censurar, excluir ou desaparecer informações; e controlar o que as pessoas veem ou não veem. ””

“As palavras do presidente foram apoiadas por uma pesquisa conduzida pela Pew Research, que descobriu que setenta e dois por cento das pessoas pensavam que as empresas de mídia social tinham “muito poder e influência”.

Também o Departamento de Justiça (DOJ)

“No mês passado, o Departamento de Justiça (DOJ) propôs uma legislação para reformar a Seção 230 e, em um comunicado à imprensa, declarou que a lei atual “permitia que as plataformas online se escondessem atrás da imunidade para censurar o discurso legítimo de má-fé”.”

“Na semana passada, o DOJ abriu um processo antitruste contra o Google, alegando que o Google abusou de sua posição de domínio online para eliminar qualquer concorrência.”

“A audiência do Comitê do Senado de hoje, sem dúvida, buscará examinar três das mais poderosas empresas de tecnologia de ponta, à luz da ordem executiva do presidente Trump de “buscar transparência e responsabilidade em plataformas online”.”

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/senate-committee-to-question-big-tech-ceos-today-over-online-censorship

***

Macro capitalismo, socialismo, ditatorialismo

Voltamos às considerações do início desse artigo. A China, ditatorialmente dirigida pelo PCCh, serve-se da tecnologia de ponta, da censura da internet, do reconhecimento facial para jugular os chineses.

No Ocidente, o comportamento da Big Tech reproduz a terrível imagem do Leviatã. Que pensar desse macro capitalismo que se identifica ele mesmo com o ditatorialismo socialista? Nem Hitler, nem Stalin, nem Mao tiveram a seu dispor esses poderosos meios de sufocar e jugular a opinião pública.

Vemos, pois, como boa iniciativa, que a Big Tech seja posta no banco dos réus e a liberdade dos indíviduos seja assegurada. Sobretudo a liberdade de conhecer, praticar e difundir — sem censuras — os princípios da Fé Católica.

É o que temos pedido, continuamente, no Brasil nos afirmando contra a censura dos conservadores, na Internet.

A organicidade comporta grandes, médios e pequenos. Esse é o ideal de uma sociedade inspirada na Lei Natural, nos princípios católicos.

Deixe uma resposta