Estamos habituados à censura que a mídia faz no Brasil contra os conservadores. Ela boicota informações preciosas, por exemplo, que o País já curou 3,5 milhões de infectados. Facebook, Instagram reconhecem que usam da censura … contra as posições conservadoras.

Parece uma contradição mas não é: poderosas organizações do Mundo Livre trabalham para a esquerda, uma espécie de suicídio. Bilionários como Soros, Bill Gates promovem agendas de esquerda. São os “sapos” tão bem caracterizados pelo Prof. Plinio em artigos para a Folha de São Paulo: burgueses riquíssimos simpatizantes da esquerda.

***

Renomado professor de Yale Harvey A. Risch

“O Instagram removeu uma postagem da LifeSiteNews por supostamente ir “contra nossas Diretrizes da comunidade” e conter “informações falsas prejudiciais”.

E qual é o “crime”? Artigo de renomado professor de Yale sobre a Hidroxicloroquina

“A postagem referia-se a um artigo sobre o renomado professor de Yale Harvey A. Risch elogiando os benefícios do uso de hidroxicloroquina (HCQ) no tratamento de pacientes com COVID-19.”

“O Instagram escreveu em um e-mail padrão enviado para LifeSiteNews: “Mesmo que você não tivesse a intenção de ofender, nossas diretrizes incentivam as pessoas a se expressarem de uma forma que respeite todos”.

“Queremos manter o Instagram um lugar seguro para todos”, continuou o e-mail. “Não permitimos informações falsas que possam contribuir para danos físicos.”

“Em alguns casos, isso inclui informações que organizações de saúde reconhecidas (sic) dizem que podem enganar as pessoas sobre como curar ou prevenir uma doença ou que podem desencorajar as pessoas a procurar tratamento médico.”

“O e-mail então se referia à Organização Mundial da Saúde para obter mais informações sobre o coronavírus.”

A guerra midiática contra o tratamento precoce: não se pode discordar da OMS

“Ao remover a postagem no Instagram da LifeSite, a plataforma de mídia social, de propriedade do Facebook, censurou não apenas um pensamento aleatório de um de seus usuários, mas a opinião informada de um médico respeitado e professor de epidemiologia em uma das escolas mais prestigiadas da Ivy League.”

“Conforme relatado pela LifeSiteNews, Harvey A. Risch elogiou os benefícios comprovados do HCQ na luta contra o COVID-19, enfatizando ao mesmo tempo que os oponentes do HCQ não têm ciência para apoiá-los.”

Conclusões do Dr Risch

“Concluo que as evidências são esmagadoras”, disse Risch ao apresentador Mark Levin durante o programa deste último na Fox News em agosto. “Não há dúvida de que nas pessoas que precisam ser tratadas e são tratadas precocemente, [a hidroxicloroquina] tem um benefício muito substancial na redução do risco de hospitalização ou mortalidade.”

“Risch acusou os oponentes do uso do HCQ de estarem engajados em “uma campanha massiva de desinformação que se estende do governo à mídia, que está suprimindo esta mensagem ou está se opondo a ela com uma mensagem falsa.”

A evidência a favor do benefício da hidroxicloroquina em pacientes de alto risco tratados precocemente como pacientes ambulatoriais é mais forte do que qualquer outra coisa que eu já estudei.”

“Ele explicou que nunca foi contatado por Anthony Fauci, chefe do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID) e um membro-chave da força-tarefa do presidente Donald Trump para o coronavírus, para discutir como seu entendimento da ciência difere.”

Informação preciosa: por quê o Dr Fauci não aceita debate público sobre a HCQ? E por quê é proibido divulgar os benefícios da hidroxicloroquina?

A censura no Facebook visa os conservadores

“A LifeSiteNews sofreu alguma censura não apenas do Instagram, mas também de sua empresa-mãe, o Facebook. Uma das postagens da LifeSite recebeu uma etiqueta de aviso alegando que o artigo continha informações falsas. Assim como o artigo censurado pelo Instagram, este também falava do HCQ. O Facebook também criou um link para um artigo diferente, alegando que o HCQ é ineficaz.”

“O Facebook tem sido notícia por sua censura há anos. Em junho passado, um vídeo secreto mostrou que moderadores de conteúdo em um contratante do Facebook admitiram que deletaram proativamente postagens conservadoras e pró-Trump.”

***

Por quê razão essas grandes plataformas censuram as posições conservadoras? E por quê adotam uma agenda que promove a revolução cultural? São ricos, sim, mas não amam a propriedade, não defendem os Valores Morais. Têm apenas a aparência de capitalistas e promovem a agenda de esquerda.

Nossa defesa está no fomento das redes sociais que defendam os Valores Morais.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/instagram-bans-lifesite-report-on-drug-to-treat-covid-cites-misinformation

Deixe uma resposta