“A Ordem de São Miguel e São Jorge é tradicionalmente concedida (pessoalmente pela Rainha) aos embaixadores e diplomatas e altos funcionários do Ministério das Relações Exteriores que serviram no exterior. Possui três fileiras, a mais alta delas é a Knight Grand Cross (GCMG), seguida pela Knight Commander (KCMG) e Companion (CMG).”

Ativistas de esquerda, dizem que seu distintivo se assemelha à representação de um anjo branco em pé no pescoço de um negro acorrentado. Esse negro (sic), segundo a ótica de esquerda, “lembra o assassinato de George Floyd por policiais brancos nos EUA.”

Lembramos que os protestos, no início pacíficos, foram encampados pela esquerda, pelos membros da Antifa, com depredações, incêndios, roubos.

E, agora, é usado como pretexto, para protestar contra São Miguel, pisando o demônio.

***

Entende-se que São Miguel seja objeto de uma rejeição da esquerda, e sobretudo São Miguel, Príncipe da Milícia Celeste, esmagando a Satanás. A esquerda é a legítima continuadora da revolta de Lúcifer, daí seu furor contra a Medalha de Honra.

A revolta de Lúcifer foi igualitária. O ódio das esquerdas ao branco é também igualitário porque Deus criou todas as cores e nenhuma delas é má em si mesma.

Será que esses ativistas sabem bem exatamente as qualidades únicas da raça negra? Únicas, afirmamos, porque a cada homem Deus o constituiu único, com sua luz primordial, seu respectivo trono no Céu. E para receber esse prêmio demasiadamente grande é preciso, antes de tudo, não ser contra a lei posta por Deus no Universo: unidade (homem) na variedade (raças).

É uma total ignorância e má fé atribuir a imagem do demônio ao negro George Floyd. Deus criou as cores e nenhuma delas é intrinsecamente má. A cor branca, a cor preta, os diversos matizes de cores nada têm a ver com essa “luta de cores” que a esquerda quer promover a propósito da Medalha de São Miguel.

É levar o radicalismo e o fanatismo a um ponto inimaginável. À esquerda não se fazem concessões. Que São Miguel seja o nosso Patrono nessa luta contra o comunismo. E contra os que pretendem fazer no mundo a “luta de raças” e “luta de cores.”

O negro foi criado por Deus com vistas à salvação eterna e ocupar um trono por toda a eternidade.

Fonte: https://www.theguardian.com/uk-news/2020/jun/22/calls-for-redesign-of-royal-honour-over-offensive-image?fbclid=IwAR0JnRQuO6St22XVRiNLoOA1YQWu2Qnmburt0IY592ybKmx6rxY_kUQdJdA

Deixe uma resposta