Escorpiões na China
Escorpiões na China

O professor Arnold van Huis, da Universidade Wageningen, Holanda, e seu colega Dennis Oonincx, promovem a idéia de comer insectos para salvar o planeta, no contexto de um plano promovido pela FAO.

Quiche de minhoca ou larva de besouro, rolinho primavera de grilo e outros pratos feitos com insetos nauseabundos estão no cerne de uma “dieta saudável, barata e ecológica”, cujo estudo foi encomendado pelo órgão da ONU contra a fome.

Para o ativista holandês uma das grandes vantagens dessa sub-alimentaçao é que “ajuda a reduzir o aquecimento global”, noticiou “El Mercurio”, de Santiago de Chile. Desde já, está fôrmula talismánica garantiu notoriedade midiática ao promotor.

O professor de entomología tropical sumou-se a cruzada para “cambiar os hábitos tradicionais de alimentação e introduzir os insectos na dieta ocidental”, banidos após séculos de civilização.

Comer insetos para evitar a “mudança climática”?

Para van Huis, esses insetos seriam por excelência um alimento “verde” que solucionaria a “crise” alimentar no mundo, a pretensa diminuição dos recursos naturais e a cada vez mais refutada mudança climática.

Van Huis não está só. Junto com uma equipe voltou à carga contra a agropecuária, ao comparar as emissões de gases estufa por parte do gado e dos insetos.

Os resultados, a priori previstos, acabaram dando que criar insetos gera dez veces menos gases causadores do aquecimento global. A crítica volta-se não apenas contra os bovinos, mas os porcinos e as aves.

A equipe defende uma evidência: é mais fácil e barato criar insetos. Aliás, é só ver quando chega a praga. Na procura de qualquer argumento, o estudo destaca que os insetos consomem menos água ‒ para a “religiao verde” a água doce está em perigo de acabar ‒ que os quadrúpedes e os galináceos.

A repugnância é profunda até na sessão de apresentação

O holandês promove a escola de gastronomía “Rijn IJssel” que elabora receitas para engolir com apariencias de gostoso minhocas, grilos e escarabajos. Em conferencia pública na Universidade de Wageningen, defendeu diante do auditório que o “único necessário para salvar a selva, melhorar a qualidade da dieta e a saúde, reduzir as emissões de CO2 e gastar menos dinheiro em alimentação é simplemente comer insetos”.

A FAO organização da ONU para lutar contra a fome se diz preocupada pelo aquecimento global e o aumento da área dedicada à criação do gado, e se propôs trabalhar para reduzir o consumo de carne mundial.

Para esse efeito, promoveu na Tailandia em 2009 um encontro nessee saentido e o professsor van Huis é nada mais e nada menos que o relator de um dos projetos combinados naquela ocasião: comer insetos, revelou “The Guardian”.

Van Huis reproduz a vulgata da “religião verde” e conclui o dogma bem conhecido segundo o qual a Terra não poderá mais alimentar os homens se estes continuam tendo filhos e consumindo nos níveis atuais.

Se alguém oferecer este arroz a um
sem-teto pode ter problemas na Justiça

Históricamente o consumo de insetos é caraterístico de povos e tribus degradados. Em certos contextos, tem uma conotação supersticiosa, ligada a cranças primitivas sobre poderes mágicos ou divinos de animais até venenosos e danosos, como escorpiões e cobras.

Em países que a implantação rápida da utopia socialista gerou, como é de praxe nesses casos, espantosas fomes, a ingestão de animais repugnantes significou a salvação para os desesperados.

Em alguma proporção esses hábitos alimentares repulsivos ainda perduram em países como a China ou o Cambodge, misturados com superstições pagãs imemoriais.

A proposta da FAO é reveladora do fundo do falso ambientalismo catastrofista: degradar os povos civilizados e precipitá-los nos horroes do primitivismo e do socialismo.

13 COMENTÁRIOS

  1. Os chineses começaram a comer essas “iguarias” durante a guerra, pois não havia comida. Isso é “igualitarismo”?

    Como vocês pretendem alimentar todo mundo, já que não haverá controle de natalidade? Vão deixar morrer de fome?

    Se eu oferecesse isso a um morador de rua seria punida, porque eu posso oferecer algo decente. Mas em caso de guerra?

  2. Não se deve brincar diante de abominações como esta, pois se trata de uma tentativa de rebaixar ainda mais o gênero humano, ao ponto de fazê-lo comer coisas repugnantes. Se não tivermos horror, a moda entra. Fomos criados à imagem e semelhança de Deus, e o demônio, como bem observou uma leitora, é o inspirador de todas as infâmias e se regojiza quando nos rebaixamos à hediondez dele. Aliás, não é também o próprio demônio o inspirador das modas igualitárias, extravagantes e imorais, que ao invés de elevar e dignificar as pessoas as degradam?

  3. PARABENS JOSÉ LOREDO. E REITERO QUE: NUM PAIS QUE COME ATE …. PAGA OS MAIS ALTOS IMPOSTOS, VENDE O QUE É BOM E COME OS RESTOS, COMEU CARNIÇA ( FHC), COMEU ESTRUME DA PIOR QUALIDADE COM SOBREMESA DE CORRUPÇÃO GENERALIZADA (MOLUSCO LULA) TÁ COMENDO MAIS CARNIÇA DA PIOR ESPECIE (WANDA E NÃO DILMA), NADA ESPANTARIA SE COMEÇASSEMOS A COMER OUTRO TIPO DE … POIS O CAMPO É PROPICIO. ESPERO QUE TUDO ISSO COMECE PELOS POLITICOS FEDERAIS, ESTADUAIS, MUNICIPAIS ETC. SE ACHAREM BOM…. PORQUE NÃO?!!!

  4. Tal polemica mostra somente que a FAO e seus gestores,como orgão oficial da ONU com sede em Roma,demonstra sua total capacidade em gerir os recursos financeiros que mantem sua mega estrutura em prol da agricultura global nesta década do séc.21

    Em realidade sem sinistroses tolas, e messianismos, esta se aproximando o momento de que os desastres globais pela evidente e incontestavel revolta da Natureza contra a civilização humana,que mostra-se ainda incapaz em gerir seus recursos naturais e areas agriculturaveis em termos globais, ocasionarão guerras por disputas fraticidas de tais areas e de agua para sobreviverem.

    Haja visto a preocupação no mercado mundial pelo aumento alarmantes de custos de commodites como indicadores economicos desta neo-realidade, impensavel desde o final da 2a.guerra mundial.

    O resto é mera perfumaria e marketing de vendedores de ilusões no mercado europeu, em tal promoção de ditas comidas exoticas e etc.

    E que ja foram mostrados desde a década de 60 do séc.20 no fenomenal documentário da RAI premiado mundialmente MONDO CANE (Mundo Cão), em cenas que estarreçeram o mundo em eleganterrimo restaurante novaiorquino nos USA.

    Portanto a bem da verdade, nada de novo no horizonte, além do aumento de escassez de produção de alimentos no mercado mundial a qual a FAO não apresenta realista solução.

  5. È facil. Que eles passem a se alimentar desses pratos e doam o comem atualmente para as demais pessoas. Será um troca justa. E até mecere aplausos Jose Lorêdo de Souza Filho pelo que propos acima, visto que há anos devoramos aquelas pragas, fora a ditaduramilitar que nos puseram goela abaixo.

  6. Eis o resultado de quando se chega a uma politica formada por desequilibrados mentais. Essa histeria ambiental levou esses “cientistas do lixo” a professar hábitos imundos para nós, seres humanos.
    Até hoje não consigo estabelecer um parâmetro limitrofe para as sandices desses sabugos enlouquecidos ambientalistas. É a tipica politica do hospício, chegou a hora então de confiar a esses pacientes, cargos do mais alto escalão dessas instituições.

    Se eles estão lá, por trás sentados em suas poltronas em couro animal em frente as suas longas mesas, construidas com madeiras de lei extraidas de florestas tropicais e ao mesmo tempo, enchem suas “panças” dos melhores pratos constituidos de carnes e mariscos do mais alto requinte da culinária pergunto! Estariam eles também dispostos a adotar a culinária de Bear Grillys?

    Pelo visto que não, uma vez que eles transferem suas idéias a uma grande massa dotada de cérebros primitivos ou tubo neural.

    Posso chegar ao presuposto que a Ciência aos poucos, tem sua credibilidade arranhada por conta desses terroristas de terno que professam a loucura do Aquecimento Global.

  7. o demônio deve regozijar-se ao ver o ser humano se rebaixando ao seu nível, comendo essas impurezas… é tudo que ele quer, nos ver rastejando, imundos, como ele mesmo

  8. sim, dá pra perseber a manobra, essa estorinha de ‘aquecimento global’, de parar de ter filhos, sei, de economizar água potável acabando c/o agronegócio, isso é bem a CARA daquelas ONGs falsas e desses MARXISTAS disfarçados de mocinhos cientistas da prudência do bom senso… COMER INSETO UMA OVA! Não duvido que isso seja uma INICIAÇÃO nas seitas ocultistas deles, pode apostar! VEJAM ESSA PROFECIA NA APARIÇÃO DA VIRGEM SANTA DE LA SALETTE: Nascerá o Anticristo, de uma religiosa hebraica, de uma falsa virgem, que terá comunicação com a antiga serpente, o mestre da impureza. O seu pai será bispo. Em seu nascimento, vomitará blasfêmias, terá dentes; numa palavra, será uma encarnação do diabo. Soltará gritos medonhos, fará prodígios e só se alimentará de impurezas. (…) SE ALIMENTARÁ DE IMPUREZAS !

    Convido a todos a fazer campanha contrária a esta abominação de revolucionar a tradição alimentar para se comer insetos, não baixemos a cabeça par essas estranhas posturas, ou imposturas dos marxistas, vamos seguir nos alimentando dos frutos da terra que Deus ainda nos concede, afinal somos os eleitos, os filhos adotivos de Deus Pai, coerdeiros com Cristo, alimentar-se de impurezas é postura de pagão. Aqui falo de um ‘orgulho santo’ de sermos filhos de Deus, é claro q nas adversidades devemos ser humildes e aceitar provações, mas não essa farsa que só intenta revolucionar nossos hábitos alimentares, como é meta dos marxistas a tudo sbverter, por de cabeça pra baixo. Sejamos firmes ns nossa tradição correta e lícita!!!

  9. Vencer a repugnância? Eu nãããooo. Enquanto houver possibilidade de comer aquilo que Deus oferece de melhor não vou jamais, nem sequer pensar em “fazer a experiência” de comer essa coisa. Ainda mais em nome da grande mentira do aquecimento global. O que está por detrás dessa manobra é aviltar a natureza do homem criado a imagem e semelhança de Deus.

  10. Ah, sim! Claro. Por que não?

    Deviam trazer essa história pro Brasil também? Seria interessante.

    Um país que engole, e muito bem, 8 anos de Fernando Henrique; mais 8 anos de seu Lula; e, agora, começa a engolir d. Dilma – comer inseto, num país desse, é brincadeira de criança.

    Acho que até eu vou dar uma provadinha…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome