Maceió, 25 de Janeiro de 2011.

Os caravanistas estão animados. Seu árduo trabalho está dando frutos superiores às expectativas. A população nordestina os tem acolhido de maneira excepcional, perguntando, conversando e, ao fim, assinando.

Assinando o quê? Os cartões amarelos aos deputados e senadores, pedindo que não aprovem qualquer lei ou diretriz provinda do PNDH-3.

A população nordestina é maciçamente contrária a esse programa, e sempre nos pergunta quais os autores de tamanho amontoado de diretrizes anticristãs. Muitos não se contentam em assinar, e gravam um depoimento. O vídeo abaixo dá mais alguns exemplos.

Se você ainda não assinou seu cartão amarelo aos deputados e senadores, faça agora mesmo. Estamos na reta final dessa fase da campanha, e contamos com sua valiosa participação.

Lembre que o leitor também pode fazer sua parte de outra maneira, sem sair de casa. Contribua com um tanque de combustível, seja para ajudar a Caravana que permanece no Nordeste, seja para auxiliar no trabalho de apoio aos flagelados pelas enchentes no Rio de Janeiro (saiba mais). Dê seu melhor donativo, clicando aqui.

Atenciosamente

Daniel Martins – Coordenador da Caravana

7 COMENTÁRIOS

  1. Se continuarem com está lei do PNDH3, sera preciso para o Brasil e anular está lei maldita! estão transformando o Brasil um pais maldito para se viver, o povo é que vai decidir se a lei é favorável ou não! fazer lei é fácil, mas o povo é quem tem que aprovar! ou vamos tirar estes senadores do poder! nós não somos obrigado a aceitar estás lei.

  2. esse ‘bolo’ não tem só ‘uma grama’ de veneno não querido, ele é todo podre, todo veneno, só que disfarçado de “liberdade, igualdade, fraternidade” e “direitos humanos”, comunização do país, legalização da iniquidade – abram os olhos povo brasileirôoooooooooooooooooooo

  3. Gostaria de saber se a Caravana retorna à Maceió ou se ainda está em Alagoas. Encontrar seus voluntários e parabenizar sua atitude seria o objetivo, como também divulgar em meu blog : “O Cristão Comprometido”.

    Parabéns a todos os participantes,

    Salve Maria!

  4. @Carlos
    Quem deve lutar por educação é você, cabeça vazia, que engole tudo o que o governo joga! E é graças à esse “Conservadorismo”, que o país ainda não caiu de vez, ou você acha que o governo está ligando para o que pensa os gays e outras coisas do tipo? Ele quer é poder, e para conseguir ficar no poder não pode deixar a população raciocinar, por isso acaba com a educação, tentar entreter o povo com libertinagem enquanto toma posse de todas as riquezas.
    Faço minhas as palavras do Alex: Liberalismo nunca rolou, você não aguentará muito tempo segurando esse liberalismo Fútil!

  5. Ô @Carlos , você FALOU DIREITINHO (ou QUASE):

    “Decisões como aborto ou casamento homosexual cabem à cada indivíduo.”

    …Concordo com você! Casamento homossexual cabe à cada indivíduo decidir, e exatamente por isso o Governo NÃO TEM o mínimo direito de querer impor isso a toda uma população, ainda mais uma bem conservadora, como a brasileira…!
    E donde foi que você tirou essa de que “conservadorismo não rola mais”? Só pode ter sido da sua cabeça…

    E você é só mais um cabeça-vazia que, no caso do aborto, desconsidera que o feto é um indivíduo, tal qual sua mãe.

    Ao invés de vir aqui escrever bobagem, faça algo de útil: VÁ LUTAR POR EDUCAÇÃO!

    Liberalismo nunca rolou, você não aguentará muito tempo segurando esse liberalismo Fútil!

  6. Porque não Lutam Por Educação?

    Decisões como aborto ou casamento homosexual cabem à cada indivíduo.

    Movimentos como esse, só satisfazem desejos “pessoais” da igreja principalmente a católica, e a TFP de assim manter uma certa imagem.

    Conservadorismo não rola mais, não aguentarão por muito tempo segurando essa imagem de tradicionalismo Fútil!

    Tradição é Educação

  7. Fico cada vez mais convencido que o Brasil não quer o PNDH3, porque somos contrários ao aborto, casamento homossexual, invasão de propiedades, legitimação da prostituição e sabe-se lá quantas desordens mais. Por isso, ainda que tenha por um acaso algum aspecto elogiável é preciso rejeitá-lo no seu todo como se rejeita um bolo que contenha apenas 1 grama de veneno. O governo nos oferece esse bolo dizendo que é bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome