Realizou-se no dia 18 de outubro, por iniciativa do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, uma conferência de grande interesse, com o tema: “A revolução cultural na família e seus reflexos na lei” cujo orador principal foi o desembargador Ricardo Dip, Presidente da Seção de Direito Público do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP).

Os leitores que desejarem assistir à íntegra dessa importante conferência poderá fazê-lo acessando o vídeo abaixo:

Este é um assunto que Você, certamente, pensou poucas vezes, se é que o fez:

Quais as complicações jurídicas que estão surgindo, e vão crescer cada vez mais, decorrentes da dissolução da família e da revolução dos costumes pelo que passamos?

Outrora, um casal tinha vários filhos, hoje, um filho pode ter vários “pais”. O pai “casou” várias vezes e também a mãe. De cada um desses “casamentos”podem nascer crianças de pais ou de mães diferentes. No caso do falecimento do pai ou da mãe, resultará uma confusão imensa na transmissão da herança.

Foi-se o tempo em que só os filhos legítimos tinham direito à herança. Hoje, todos os filhos têm igual direito e todos são considerados legítimos para efeitos de sucessão.

Assista já ao vídeo! – Não pode perder esta oportunidade.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome