União de conservadores: o terror das esquerdas – dia 28, Centro Santo Inácio

0

A REVOLUÇÃO: O QUE É, COMO E PORQUÊ COMBATÊ-LA –

DIA 28, CENTRO SANTO INÁCIO (SP)

As grandes manifestações populares e anticoministas no Brasil, a partir de 2015, só foram possíveis graças à união dos conservadores. A continuidade dessa coesão de princípios, métodos e ação possibilitou a realização de gigantescas concentrações por todo o Brasil.

Consequências: impeachment de Dilma Roussef, derrota das esquerdas nas eleições de 2018, fracasso das esquerdas nas mobilizações populares.

Dia 28 de março, 18h30

Nossa atuação continua: conferências, ações em praça pública, formação doutrinária.

Acesse nosso Site http://www.ipco.org.br

IPCO aberto às colaborações em defesa da Igreja e do Brasil

Cada movimento conservador tem seu legítimo ângulo de abordagem: alguns preferem o combate à esquerda no terreno político-social; outros lutam contra o progressismo nos meios católicos; alguns focam especialmente seu raio de ação na luta pela Vida, contra o aborto. Temos também, movimentos como o Centro Santo Inácio (SP), Apostolado Beato Pe. Vitor (BH) especialmente voltados à recitação pública do Santo Rosário, um apostolado de presença nas ruas e praças públicas.

Respeitando sempre a Lei de Deus e as de nosso País o IPCO está aberto à colaboração com movimentos conservadores em defesa dos valores fundamentais da civilização, os valores morais, da defesa do direito de propriedade, da família, da tradição.

Unidos na Fé contra a desagregação que a esquerda pretende impor ao Brasil.

“Revolução e Contra Revolução”, uma referência para conservadores

O livro do Prof. Plinio, Revolução e Contrarrevolução está se tornando um referencial para os conservadores no Brasil e em tantos países das Américas e Europa. Editado em cerca de 20 idiomas o livro oferece uma análise do que é Revolução anticristã que surgiu no Ocidente marcando a História com a Revolução protestante, a Revolução Francesa e por fim a Revolução bolchevista.

O Prof. Plinio atualizou o “quadro” introduzindo a IVa. Revolução tribalista e autogestionária.

Assista à Conferência de nosso colaborador, Dr. Frederico Viotti, sobre a Revolução, sua doutrina e porque devemos combatê-la que o Centro Santo Inácio promoverá em sua Sede, dia 28 de março.

Participe e convide seus amigos.

Nossa Senhora e Santo Inácio protejam essa iniciativa

Ampliar os horizontes dos movimentos conservadores e anticomunistas

No livro Revolução e Contra Revolução vejamos o conselho do Prof. Plinio:

“* Só uma refutação inteligente do comunismo é eficaz. A mera repetição de “slogans”, mesmo quando inteligentes e hábeis, não basta.

* Essa refutação, nos meios cultos, deve visar os últimos fundamentos doutrinários do comunismo. É importante apontar o seu caráter essencial de seita filosófica que deduz de seus princípios uma peculiar concepção do homem, da sociedade, do Estado, da História, da cultura, etc. Exatamente como a Igreja deduz da Revelação e da Lei Moral todos os princípios da civilização e da cultura católica. Entre o comunismo, seita que contém em si a plenitude da Revolução, e a Igreja, não há, pois, conciliação possível.” https://www.pliniocorreadeoliveira.info/RCR_0211_CR_sociedade_temporal.htm (download gratuito).

***

Para uma ação inteligente, eficaz, doutrinária contra o progressismo e o comunismo nos convida o Centro Santo Inácio com essa conferência do Sr Frederico Viotti, membro do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

Participe e convide seus amigos.

Nossa Senhora e Santo Inácio protejam essa iniciativa

Deixe uma resposta