Centenas de católicos estão sendo martirizados em covardes atentados perpetrados na Nigéria por uma seita islâmica denominada “Boko Haram”. A mídia não explica de onde vem esse grupo. Entretanto, seu líder, o Imam Abubakar Shekau, diz o que pensa até no Youtube:

“Todo o mundo sabe que a democracia e a Constituição são o paganismo, e que existem algumas coisas que Deus proibiu no Alcorão que não podem ser mencionadas, inclusive a educação ocidental! (…).

“Alá disse que nós devemos mostrar o caminho certo e abraçar a pessoa que não vai seguir Alá. Você [NR: dirige-se ao presidente da Nigéria] deve saber que o Jesus dos cristãos é um servo e profeta de Deus. Ele não é o Filho de Deus. A religião do cristianismo que você está praticando não é uma religião de Deus – é o Paganismo. Deus a desaprova. O que você está praticando não é religião.

Crianças martirizadas na festa de Natal 2011

“Além disso, vocês, cristãos, nos enganaram e nos mataram a ponto de comer a nossa carne como canibais. Estamos tentando forçar você a abraçar o Islã, porque é isso que Deus nos instruiu fazer. (…) É por isso que, como líder desta seita, eu digo que se arrependa, e vocês, cristãos, se arrependam!

“O caminho que estamos tomando é o caminho de Alá. Alá nos deu a vitória e temos feito o que nós queríamos fazer.

“Nós dizemos basta! Nós servimos a Alá (…), seguimos os princípios do Alcorão e, qualquer um que pensar que nós podemos lutar contra Alá, não deve achar que sua oração na mesquita pode salvá-lo. Qualquer muçulmano que pretender nos enganar e se esconder sob o manto da religião, se descobrirmos tal pessoa, não hesitaremos em eliminá-la. Sim, eu estou dizendo isso porque não leva cinco minutos para matarmos alguém do jeito que estamos sendo mortos. Nós seguimos os ensinamentos do Alcorão. Isto é o que Deus me disse para explicar”.

Pode-se sinceramente falar em ecumenismo com esses seguidores do Alcorão?

 

9 COMENTÁRIOS

  1. fico com pé atrás e muito confuso porque vejo falar em uma união das religiões e o Vaticano pretende aceitar o Maomé profeta do Islamismo como o verdadeiro Messias e negar a Cristo isto tudo em um futuro próximo. pesquisem as confissões de Paulo soares o vidente do Vaticano que ficarão abismados com tantas heresias sendo preparadas para brevemente acontecer com direito a perseguições aos que se oporem e muito mais , lembrasse que houve o tempo da inquisição onde a igreja católica também matou centenas de cristãos que se opuseram as heresias pregadas pelo sistema pagão do império romano pagão que tentava paganizar o cristianismo agora imagina o que acontecera se o Vaticano se unir ao cristianismo aceitando Maomé como o único é verdadeiro Messias.

     
  2. Que horror uma pessoa que se diz religiosa de qualquer religião querer matar os outros de outros credos diferentes do seu para impor o ódio e dizer que Deus quem mandou… Esse fanático deve ser preso ou morto já que para ele a morte dos outros, os cristãos, é banal… ou oferenda… FANÁTICO ENSINANDO O FANATISMO. NÃO DEVEMOS TOLERAR ISSO AQUI NO BRASIL E NA AMÉRICA NUNCA! E TENTAR CONTER ESSE CRIMINOSO NA ÁFRICA PORQUE ELE ESTÁ ENSINANDO A MATAR O PRÓXIMO, NÃO A AMAR A DEUS E O PRÓXIMO COMO A SI MESMO… SE DEIXARMOS ESSE FANATISMO VAI AUMENTAR NO MUNDO…… DEVEMOS REZAR… DEUS QUE ME PERDOE DESEJAR A MORTE DESSE HOMEM… UM PECADOR QUE FAZ OS OUTROS TAMBÉM PECAREM…

     
  3. O Deus dos muçulmanos é aquele que Cristo falou a certos Judeus ” O vosso pai é o diabo”pois vocês fazem o que ele manda fazer; matar , mentir e roubar.Está na hora de levantar a bandeira de Cristo perante a nação muçulmana, isto na paz e na verdade e falarmos a verdade , mesmo que os ferem profundamente.

     
  4. O que os muçulmanos e islamistas preciam entender que Deus não utiliza de duas versões para salvar o mundo. Se o Mandamento de Deus é não Matar, antes “amar o proximo como a ti mesmo” e que enviou o proprio Jesus, o Filho de Deus, único Redentor do mundo e sua mensagem nem sequer consta das páginas de outro livro que não seja a Biblia. Na verdade nem deixou nada escrito em papel algum sua doutrina de salvação.

     
  5. Preocupa-me o fato das retiradas dos simbolos religiosos das instituições no Brasil, para favorecer basicamente os muçulmanos e demais pagãos que se dizem religiosos, coisa que a ONU fez ou tenta fazer com a Cruz Vermelha Internacional. Os muçulmanos, pelo que li numa Veja, eles se revestem de democratas para ganhar as eleições, como ocorreu no Egito, para depois instalar suas tiranias. O voto dos eleitores democraticos passará a ser o ultimo de suas vidas, isso porque os muçulmanos desencadeiam a tirania e perseguições a jornalistas e a todos os que se interpuserem ou forem contrários aos seus interesses. E que entre os muçulmanos, há uma especie de competição; os que forem mais violentos, serão considerados heróis nacionais. Pelo menos foi o que deu entrevista numa Veja um outro muçulmano mais civilizado. Logo, os juizes se posicionam com seus poderes contra a autoridade divina. Quem lê Roamnos 13 vê que a autoridade na terra está dentro do plano divino, mas há os poderosos que a desconhecem e fazem a diferença entre poder e autoridade. Que Maria passa na frente, em seu MAGNIFICAT possa varrer os poderosos e suas potestades para onde deverão ir sem demora.

     
  6. Peço sempre que posso o maranatha(volta JESUS). O povo está mais do que precisando que JESUS volte e instale a nova Jerusalém, novo céu, nova terra. Mais como a hora e o momento só se compete a DEUS e tenho certeza que em algum momento que pode ser agora, como daqui a anos, ele voltará, aí haverá choro e ranger de dentes. Enquanto isso não acontece, temos que nos manter forte na oração. Deveria haver a nível mundial uma união de todos aqueles que respeitam os ensinamentos de JESUS para podermos assim combater com mais força esses tipos de pessoas. Mais isso não vai acontecer pois a cada segundo alguèm a nível de mundo cria uma nova igreja. Igreja os homens vão criar e muitas, mais religião não, vocês sabem o que estou falando.

     
  7. Concordo com Rocha. É evidente que não se pode dialogar com esses muçulmanos como fazem algumas autoridades eclesiásticas católicas.

     
  8. Caro articulista, a resposta à sua pergunta é: NÃO.

    Tratemos de obedecer não ao relativismo dos homens e sim à Verdade do mandamento de JESUS: sim quando é sim, e não quando é não.

    Infelizmente esses seres não querem nem diálogo, mesmo quando se fingem de bonzinhos, e até esse fingimento faz parte da “religiosidade” deles, a qual tem uma recomendação de falsa ” convivência pacífica” quando são minoria e outro discurso quando são maioria numérica ou sociológica.

    DEUS receba imediatamente no Céu os santos mártires CRISTÃOS e nos inspire uma vida igualmente santa e sem nenhum recuo no testemunho amplo, total e incondicional da Cristandade!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here