11 de julho

Erasmo de Roterdã (Roterdã, 28 de outubro de 1466 — Basileia, 12 de julho de 1536). Erasmo cursou o seminário com os monges agostinianos e realizou os votos monásticos aos 25 anos, vivendo como tal, sendo um grande crítico da vida monástica e das características que julgava negativas na Igreja Católica precedendo a Lutero na revolta contra a Ela, porém, à solapa.

1536: – Morte de Erasmo de Roterdã em Basiléia. Sacerdote agostiniano, o principal dos humanistas, com suas críticas à Igreja, preparou o caminho para Lutero, pregava tolerância religiosa e o ecumenismo. Postulava uma Europa espiritual unida, ecumênica, com uma língua comum aproximando todas as pessoas.

1791: – Durante a Revolução Francesa, transferência apoteótica das cinzas do ímpio Voltaire ao Pantheon de Paris.

1828: – D. Miguel, de tendência conservadora, é aclamado Rei de Portugal, dando origem a um conflito imediato com o seu irmão D. Pedro, ex-imperador do Brasil, de tendência liberal, que pugnava pela ascensão ao trono de sua filha D. Maria. Terceiro filho de D. João VI e de D. Carlota Joaquina, regressou à Metrópole com a corte vindos do Brasil no momento em que se ensaiava no País a primeira experiência liberal, à qual a rainha e os seus apoiadores reagiram vivamente de forma conservadora.

1826: – Nasce o compositor brasileiro Carlos Gomes, autor da ópera “O Guarani”.

1899: – É fundada em Turim a empresa de automóveis Fiat.

1917: – Guilherme II implanta na Prússia o sistema eleitoral direto e secreto.

1936: – A Áustria e a Alemanha subscrevem o Pacto de Paz, pelo qual o Reich reconhece a completa independência austríaca.

1952: – Durante a Guerra da Coreia, novecentos aviões americanos bombardeiam ferrovias e fábricas da Coréia do Norte.

1971: – No Chile, o Congresso Nacional aprova a reforma constitucional enviada pelo presidente comunista Salvador Allende, que permitiu a nacionalização da grande mineração do cobre.

1973: – Em Saulx-les-Chartreux, a 5 km do aeroporto de Orly, seu destino, incendeia-se o vôo 820 da Varig que vinha do Rio de Janeiro. Falecem 123 pessoas, entre elas o guerrilheiro argentino José Baxter, e sobrevivem 11.

2000: – A justiça militar peruana condena à cadeia perpétua Ernestina Hinostroza, “camarada Márcia”, mão política do movimento guerrilheiro Sendero Luminoso.

2006: – Uma onda de atentado em sete trens em Bombaim, causa 185 mortos e mais de 700 feridos.

2011: – Primeiro transplante bilateral de pernas do mundo é feito por Cavadas, no Hospital La Fé, de Valência, numa intervenção com a participação de cerca de quarenta profissionais do hospital e da Fundação Cavadas.

2016: – Teresa May é eleita primeiro ministro no Reino Unido pelo Partido Conservador.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here