(LifeSiteNews) – A ACLU e a Planned Parenthood entraram com um pedido em um tribunal do condado de Hamilton para uma liminar contra a recém-implementada lei de enterro digno de Ohio.

A Lei de Dignidade do Nascituro do estado entra em vigor em fevereiro.

E a dignidade do ser humano?

“Esta lei exige que todos os tecidos embrionários e fetais de um aborto processual sejam cremados ou enterrados, impondo encargos severos aos pacientes e estigmatizando ainda mais o aborto”, disse a ACLU em comunicado à imprensa.

Em outras palavras, a ACLU e a Planned Parenthood promovem o aborto e são contrárias à lei que obriga a dar um enterro digno aos restos mortais.

“A Planned Parenthood preferiria que todos os bebês abortados fossem levados para aterros sanitários em recipientes de metal”, disse o presidente da ORTL. “A desumanidade da ACLU e da Planned Parenthood não conhece limites. A Ohio Right to Life está confiante de que esta lei compassiva resistirá ao escrutínio do tribunal”.

Ohio Right to Life (ORTL) disse que a lei trata de fornecer um “enterro adequado” para a criança humana e respeitar sua dignidade.

“SB 27 simplesmente dignifica a vida de uma criança que morreu por causa de um aborto e fornece um enterro adequado para essa criança”, disse o presidente da ORTL, Mike Gonidakis, ao The Columbus Dispatch. “A ACLU fará tudo ao seu alcance para esterilizar o aborto e tentar esconder o fato de que um aborto bem sucedido leva à morte de uma criança inocente.”

***

Esperamos que a Suprema Corte americana, de maioria conservadora, revogue de vez o aborto naquele País. Enquanto essa lei iníqua permanece vamos louvar as iniciativas, como a de Ohio, em dificultar a vida dos genocidas.

A lei do estado de Indiana, assinada pela primeira vez em 2016, poderia ter sido útil para impedir que um médico pró aborto de Indiana armazenasse milhares de bebês abortados em sua garagem em Crete Township, Illinois, logo após a fronteira do estado de Hoosier.

A esposa do falecido pró aborto Ulrich Klopfer fez a descoberta em setembro de 2019 e alertou as autoridades.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/aclu-and-planned-parenthood-challenge-ohio-dignified-burial-law-for-aborted-babies/

Deixe uma resposta