López Obrador, tem conduzido a grande nação mexicana (majoritariamente católica) a uma posição cada vez mais à esquerda.

(Manifestação pedindo liberdade em Cuba)

Segundo a AFP, 9 de novembro, despacho procedente de Havana, “México inicia nova etapa ‘melhor e mais ampla’ com Cuba”, diz chanceler mexicano Marcelo Ebrad, que visita Havana em momentos de alta tensão entre a ilha e os Estados Unidos.

“Hoje esta delegação está chegando para que possamos iniciar uma nova etapa, melhor e mais ampla, no relacionamento entre os dois países”, disse Ebrad ao iniciar as negociações oficiais com seu par local, Bruno Rodriguez.

Esta é a primeira delegação oficial mexicana de alto nível a visitar a ilha desde que Manuel López Obrador assumiu a presidência do México.

López Obrador apoia Cuba e a maconha também

Nosso site já comentou que “López Obrador dá o primeiro passo para legalizar a maconha no México” apresentado a lei que regula a produção, a venda e o consumo de ‘cannabis’ a ser aprovada até meados de 2019.

A Lei Geral para a Regulamentação e Controle da Cannabis nasce sob o pretexto de que “a produção e o tráfico ilegal de maconha são parte essencial do conflito entre o Governo e as máfias de criminosos e entre os próprios delinquentes.https://ipco.org.br/noticias-breves-13-11/4/

* * *

 Declarações do ministro cubano: aprofundar laços em todas as áreas com o México

Segundo AFP, o ministro cubano,, Rodríguez expressou a “vontade de aprofundar os laços de todas as formas e em todas as áreas, nas esferas cultural, acadêmica, científica, econômica, comercial, de cooperação e política”.

Ele também observou que “Cuba nunca esquecerá que o México foi o único país que não rompeu relações diplomáticas com Cuba”, desde que Fidel Castro tomou à força o poder em Cuba.

Fazemos notar que não se trata de uma união do povo mexicano com o povo cubano, pelo contrário, a união de cúpulas (comparsas) à revelia das respectivas populaçoes. López Obrador se arriscaria num plebiscito a favor de Cuba?

* * *

Nossos cumprimentos ao Chanceler Ernesto Araújo que levou o Brasil a votar favoravelmente ao embargo dos EUA contra a ditadura castrista que oprime Cuba desde 1960.

A missão internacional do Brasil cresce de ponto e se torna mais necessaria face à essa aproximação México-Cuba.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/11/09/mexico-inicia-nova-etapa-melhor-e-mais-ampla-com-cuba-diz-chanceler.htm

Deixe uma resposta