A psy war midiática e as lamentações e prantos pela derrota petista, tanto nas Urnas quanto na Política Externa do Brasil, são reveladoras do mal estar das esquerdas.

Diz o artigo na Folha, 15 de dezembro: “Ao final da sua fala (discurso de posse como Chanceler), ele havia dado as pistas do tamanho da revolução (leia-se contra revolução) ideológica que planejava promover no Itamaraty: atacou o globalismo e o Foro de São Paulo; posicionou-se contra o aborto” …  e, acrescentamos nós, aboliu a expressão ideologia de gênero mudando-a para seu sentido natural de sexo biológico.

Outro grande “mal” do Itamaraty seria alinhar-se a países de orientação pró família, anti socialistas. “O posicionamento do Brasil em relação ao regime chavista é também reflexo de um dos pilares da chancelaria atual: o alinhamento com os EUA”. (https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/12/em-um-ano-ernesto-promove-guinada-ideologica-inedita-no-itamaraty.shtml)

 * * *

Na realidade, Revolução fez o Chanceler Celso Amorim, na era petista, alinhando o Brasil à Cuba, Venezuela, Irã e países de esquerda na África. Estamos ainda pagando os calotes de Cuba, fruto dessa política de financiamento do Porto de Mariel, da Venezuela etc.

Sem falar do “Mais Médicos” (sic) programa para financiar a ditadura castrista explorando – trabalho análogo ao de escravo — os profissionais cubanos.

* * *

O que a mídia esconde e sabe por quê esconde: a maré montante do conservadorismo Moral

Nós, os eleitores anti PT, anti esquerda jamais avaliaremos bem a situação do Brasil se descolarmos a ação do Itamaraty, a Pauta de defesa dos Valores Morais do Governo, da reação popular.

Em termos mais diretos, a vitória não é só do Itamaraty, a vitória é do Brasil, a vitória é do povo brasileiro que desbancou o PT do Poder e o rejeitou nas Urnas.

Mas esse ponto essencial a Midia, os analistas de esquerda, os badalados cientistas políticos jamais reconhecerão. Seria reconhecer que a força vem do Brasil profundo, vem do levante conservador.

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta