Ministra francesa: “não há islamismo moderado”

Jeannette Bougrab, ministra francesa da Juventude, declarou ao diário parisiense “Le Parisien” : “Eu não conheço islamismo moderado […] Não há sharia light”.

Sua observação coincide com a do eurodeputado Magdi Allam, convertido ao catolicismo.

A ministra está alarmada com as vitórias fundamentalistas nas eleições no Marrocos, Tunísia e Egito.

Para ela, a opção entre ditaduras de um lado e regimes fundamentalistas do outro, é como ter que escolher “entre a peste e o cólera”.

Ela falou não como ministra, mas como “mulher francesa de origem árabe”.

“Eu sou daqueles que acham que se podem proibir os partidos políticos que trazem perigo para a Constituição”.

A Europa está percebendo que alimentou alegremente o monstro nascido da “Primavera Árabe”, que agora se volta contra ela de punhal na mão.