Manifestacao-paulista-fora-dilma

Uma das lições das urnas nas recentes eleições foi mostrar a existência de algo promissor que se faz sentir tanto na vida pública quanto na dos indivíduos em relação aos valores da instituição familiar e da moralidade em geral. Na verdade, vem causando acentuado desconcerto na opinião nacional a situação civil e religiosa na qual nos encontramos.

Se de um lado parece haver uma máquina organizada para conduzir o País rumo ao caos, as recentes eleições evidenciaram de outro lado a existência de uma crescente e atuante oposição que tenta impedir o pior para o Brasil, ou seja, que ele se aprofunde cada vez mais no despenhadeiro da decadência moral, cujo último termo é a sua completa bolchevização.

A expressiva votação no candidato da oposição – sem falar dos milhões de brasileiros que se abstiveram por não se sentirem representados por nenhum dos contendores – não pode ser creditada somente aos predicados do senador Aécio Neves, mas à rejeição de forma e do conteúdo do governo do PT, e ao desejo de mudanças profundas na condução da coisa pública.

Mudanças essas sintetizadas num excelente documento difundido a mancheias durante o período eleitoral pelo Instituto Plínio Corrêa de Oliveira, o qual apresenta ideias como a defesa da vida humana inocente desde a fecundação até a morte natural, isto é, o rechaço à legalização do aborto, da eutanásia e das drogas.

E o documento vai além, ao defender a família como Deus a fez – um homem e uma mulher; ao condenar a intromissão do Estado no direito dos pais à educação dos filhos; ao reivindicar a proteção das propriedades rurais e urbanas, alvo crescente de invasões; a defesa do agronegócio, esteio de nossa economia; ao rejeitar a sovietização do Brasil através de “conselhos populares” e “movimentos sociais”.

Se o candidato da oposição recebeu votação tão expressiva, isso significa que o Brasil real, verdadeiro, autêntico e cristão anela por uma ordem de coisas superior e está pronto a defender uma posição não concessiva ao processo desagregador.

Enquanto os políticos caminham para rumos que o grande público desconhece, o povo brasileiro está despertando e erguendo-se contra os descaminhos do atual governo, que vai conduzindo o País rumo ao caos.

Ao fazer a presente análise, não posso deixar de ressaltar o papel da graça divina, de modo especial a de Nossa Senhora Aparecida, que como Mãe e Rainha de todos os brasileiros quer nos salvar da crescente decadência provocada por aqueles que tentam desestabilizar a Nação e conduzi-la para rumos opostos aos de sua vocação providencial.

Vejo nisso a ação profunda da evangelização conduzida por homens da têmpera de Nóbrega e Anchieta, que tudo fizeram para que o Brasil fosse inteiramente cristão. A ação desses dois gigantes da fé percorreu os 500 anos de nossa história, e que se fazem hoje sentir. De um lado, na preservação do povo brasileiro do espírito anticristão de luta de classes e de raças que tanto se lhe deseja incutir; e de outro, pela atuação de entidades beneméritas, que sabendo auscultar esse sentimento profundo empenham-se em preservar o Brasil dos erros do marxismo e da degenerescência moral.

_________________

Pe. David Francisquini é sacerdote da Igreja do Imaculado Coração de Maria — Cardoso Moreira (RJ).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNúmero de cristãos na China supera o dos filiados ao Partido Comunista
Próximo artigoOs Direitos de Deus
Padre David Francisquini
Pe. David exerce sua missão sacerdotal na Igreja do Imaculado Coração de Maria, em Cardoso Moreira (RJ). Entusiasta do livro Revolução e Contra-Revolução, do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, o Revmo. Pe. David sempre propagou os ideais deste insigne pensador e líder católico. Pe. David é autor de dois livros importantes para a defesa da família Brasileira: "Catecismo contra o Aborto" e "Homem e Mulher, Deus os criou".

3 COMENTÁRIOS

  1. Se a Rússia (ainda hoje chefe do socialismo mundial) está tentando recriar o império soviético com a guerra na Ucrania na região do Donbass no que eles apelidaram de “Nova Rússia”, na América Latina querem criar um império Bolivariano com sede em Cuba, o gigante Brasil escravizado por uma ilha governada por uma múmia. Deixariam os brasileiros isto se concretizar? Creio que não e os pedidos de intervenção militar são legítimos.

  2. Está aí a palavra de um sacerdote da Santa Igreja que verdadeiramente honra a sua missão.
    Que Nossa Senhora Aparecida o abençoe, e que sua palavra se difunda pelo Brasil todo.
    De joelhos, osculo suas mão sacerdotais e peço sua bênção.

  3. Está aí a palavra de um sacerdote da Santa Igreja que verdadeiramente honra a sua missão.
    Que Nossa Senhora Aparecida o abençoe, e que sua palavra se difunda pelo Brasil todo.
    De joelhos, osculo suas mão sacerdotais e peço sua bênção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome