Destaques


1 – CHINA COMUNISTA SEQUESTRA UM BISPO CATÓLICO
2 – REINO UNIDO RECUSA-SE A RECEBER ASIA BIBI. CHEGOU A HORA DO “ACOLHIMENTO” DO PAPA FRANCISCO!
3 – O CAMALEÃO MUDOU DE NOME: “AQUECIMENTO GLOBAL” VIRA “MUDANÇAS CLIMÁTICAS”
4 – QUASE 70 MIL JOVENS EXTREMISTAS ISLÂMICOS NA EUROPA

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1China comunista sequestra um bispo católico

O bispo de Wenzhou (Zhejiang), D. Pedro Shao

Asianews, Bernardo Cervellera, informa que a polícia chinesa “sequestrou a Mons. Shao Zhumin, bispo de Wenzhou” e que será submetido a um isolamento e doutrinação durante 10 a 15 dias.

Mons. Shao é bispo católico reconhecido pela Santa Sé – não pelo governo comunista.

Acrescenta que outras restrições são impostas aos católicos chineses, aos menores de idade é proibido o Catecismo e a frequência à igreja.

Mons Shao Zhumin já foi sequestrado por 5 vezes, além da doutrinação comunista é sempre intimadado a aderir à Igreja Patriótica, controlado pelo PC chinês.

* * *

As perseguições aos católicos fiéis a Roma, destruições de Cruzes, e igrejas recrudesceram ainda mais. Frutos do “acordo provisório” Vaticano-China…

http://asianews.it/noticias-es/La-polic%C3%ADa-secuestr%C3%B3-a-Mons.-Shao-Zhumin,-obispo-de-Wenzhou-45439.html

2Reino Unido recusa-se a receber Asia Bibi. Chegou a hora do “acolhimento” do Papa Francisco!

Asia Bibi

“A Suprema Corte do Paquistão revogou a condenação de Asia Bibi em 2010 por “insultar o profeta Maomé” em 31 de outubro, depois de passar oito anos no corredor da morte”.

“Bibi ainda está na prisão na província de Punjab, embora a Suprema Corte tenha ordenado que ela seja “libertada da prisão imediatamente”.

O outrora poderoso Império Britânico encharcado como está de pacifismo e infiltração islâmica teme receber Asia Bibi em seu território por receio de represálias dos muçulmanos.

Onde está, então, a soberania britânica?

Com muito acerto e objetividade o “diretor do Jihad Watch, Robert Spencer, comentou que a Grã-Bretanha da primeira-ministra Theresa May “está permitindo que as ameaças de violência jihadistas islâmicas determinem suas políticas””.

* * *

Assim vai capitulando o Ocidente diante da pressão islâmica e nem por isso o Papa Francisco age como pastor na defesa de seu rebanho diante do Islã que se prepara para efetivamente dominar a Europa.
O Vaticano que não tem medido esforços no seu processo de “acolhimento” de refugiados – em sua maioria muçulmanos que engrossarão o exército de ocupação – lembrar-se-á de Asia Bibi.

https://www.wnd.com/2018/11/u-k-refuses-asylum-for-asia-bibi-fearing-muslim-unrest/

3O Camaleão mudou de nome: “Aquecimento global” vira “mudanças climáticas”

Visão alarmaista do Global Warming

Lifesitenews.com/opinion/global-warming-is-fake-science-promoted-by-biased-scientists – “O aquecimento global é uma ciência falsa, promovida por cientistas tendenciosos” — em 6/10 comenta a mudança camaleônica dos ativistas pró “global warming”.

“Cerca de 10 anos atrás, o (slogan) “aquecimento global” foi alterado para a “mudança climática”. A razão era simples: a Terra não aquecia.”

“Um benefício adicional do slogan da mudança climática era que tudo o que dá errado com o clima pode ser atribuído à mudança climática, causada pela queima de combustíveis fósseis”.

Assim, o “furacão Sandy de 2012, que inundou partes de Nova York e Nova Jersey, é rotineiramente atribuído à mudança climática”.

Entretanto, observa Lifesitenews que o “grande furacão da Nova Inglaterra (região nordeste dos EUA) de 1938 atingiu a mesma área e foi muito pior, matando mais de 600 pessoas” não pode ser atribuído à mudança climática causada pelo CO2, porque o CO2 não era um problema em 1938.

E conclui muito acertadamente que “falar da mudança climática causada por CO2 é simplesmente uma história inventada sem base científica”.

* * *

Talvez mais adiante o camaleão mude novamente de nome.

Lifesitenews.com/opinion/global-warming-is-fake-science-promoted-by-biased-scientists

4Quase 70 mil jovens extremistas islâmicos na Europa

Projeto Ronces (sarças)

“Especialistas em segurança de diversos países europeus têm advertido de que em 2018 estima-se em quase 70 mil o número de extremistas islâmicos jovens que vivem na Europa”.

Em vista disso, “o Exército francês prepara uma grande operação militar para reconquistar centenas de “no-go zones” islamistas” entre elas, Paris.

A notícia de 8/11– somatemps.me — cita “zonas como as “Tower Hamlet talibanas” do Leste de Londres, as “banlieus” e suburbios franceses, o chamado “Mini Califato” da Bélgica, o “triângulo da Sharia” em Haya também sob domínio muçulmano.

Citando fontes de especialistas franceses em Segurança, The Telegraph comenta: “As perspectivas de radicalização de jovens imigrantes muçulmanos de 4ª Geração são muito prováveis” porque “redes altamente organizadas de militantes islamitas têm adquirido, de contrabando, armas como rifles automáticos Kalashnikov e misseis antitanque que já conseguiram introduzir na França”.

* * *

Esta e outras notícias afins são alertas para o Vaticano e o Papa Francisco darem-se conta de que os imigrantes muçulmanos não são tão inofensivos assim.

Tem muito joio e pouco trigo nessa invasão

Fonte: https://somatemps.me/2018/11/08/asi-sera-la-inminente-guerra-civil-en-francia/

Deixe uma resposta