A lendária Muralha da China dura milênios. Sua resistência e longevidade se devem à pedra, tijolo, terra compactada, madeira e outros materiais. Seu objetivo era sadio: proteger os Estados e impérios chineses contra as invasões dos vários grupos nômades, principalmente os mongóis.

Enquanto a Antiga Muralha tinha a solidez de uma estrutura sadia e objetivo defensivo, a Nova Muralha, construída pelo PCCh — a partir das viagens de Nixon (1972), é necessário sempre recordar — está edificada em grande parte com subornos, plágios, roubos de propriedade intelectual. Seu objetivo é a conquista mundial para o credo comunista. Disso não fazem segredo os atuais ditadores de Pequim.

Quem vai acreditar que essa farsa do PCCh resista ao julgamento da História? Talvez o governador Doria, aliado de Xi Jinping, os governadores-interventores petistas, certamente Maduro e Raul Castro. Irã e Coreia do Norte enquanto perdurar ali a ditadura comunista.

Rombos na “Nova Muralha”

“Nos últimos meses, o governo Trump tomou medidas para bloquear empresas de tecnologia chinesas como Huawei e aplicativos chineses, incluindo TikTok e WeChat, dizendo que eles representam ameaças à segurança nacional.”

“Os Estados Unidos frequentemente acusam a fornecedora de telecomunicações chinesa Huawei de ter backdoors em seus equipamentos.”

“Em agosto, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, lançou a Rede Limpa, um projeto global para excluir empresas de telecomunicações chinesas, aplicativos e provedores de nuvem da infraestrutura de Internet usada pelos Estados Unidos e outros países.”

“Convocamos todas as nações e empresas amantes da liberdade a aderirem à Rede Limpa”, disse Pompeo. Mais de 30 países e territórios se inscreveram, de acordo com o Departamento de Estado.”

Aumentam as sanções americanas ao maior fabricante de chips da China

“As ações da maior fabricante de chips da China despencaram depois que os EUA revelaram que esse poderia ser seu próximo alvo de proibição de comércio.”

A Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC) disse que estava “em completo choque e perplexidade” depois que o Pentágono revelou que havia proposto que a empresa fosse incluída na lista negra do governo.

“Esta semana, a Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC), maior fabricante de chips da China, foi incluída em uma lista negra do governo dos EUA.”

“Isso restringiria os fornecedores de fornecer tecnologia baseada nos Estados Unidos sem permissão especial.”

Na terça-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, enfatizou seu desejo de se “separar” da China: “Seja o desacoplamento ou a imposição de tarifas massivas como já venho fazendo, acabaremos com nossa dependência da China, porque não podemos depender dela”, disse Trump.

Índia proibe o TikTok e dezenas de aplicativos chineses

As tensões Índia-Pequim envolvem a Huawei, a ZTE. “O governo da Índia também proibiu o TikTok e dezenas de outros aplicativos feitos na China que ele diz serem um perigo para o país.” (1) (2)

“Um aplicativo Android que destaca aplicativos de origem chinesa para ajudar as pessoas a excluí-los, teve um milhão de downloads desde que foi lançado em maio.
“Ele se provou popular na Índia, onde as tensões com a China são grandes ao longo de uma fronteira disputada no Himalaia.
“O serviço Remove China Apps destaca a TikTok, que é propriedade da Bytedance, de Pequim.
“Mas os críticos disseram que o serviço está alimentando o sentimento anti-China, que já estava em alta após o surgimento do Covid-19 na cidade de Wuhan.Frac
Boicote ligações
“O software foi desenvolvido pela empresa indiana One Touch AppLabs.”

Tensões com a Austrália

“As relações entre a China e a Austrália azedaram à medida que a China se tornou mais globalmente assertiva nos últimos anos.

“Em 2018, o governo de centro-direita da Austrália proibiu a empresa chinesa de eletrônicos Huawei de concorrer para sua rede 5G em meio a questões de segurança. Também promulgou leis de interferência estrangeiras amplamente vistas como um contraponto às alegadas intrusões da China.

“As tensões aumentaram ainda mais este ano. Em abril, a Austrália liderou pedidos de investigação das origens da pandemia de coronavírus – uma medida que Pequim disse ter como alvo injusto a China.”

Austrália deve conter a interferência estrangeira nos campi. (4)

Por sua vez, Pequim foi acusada de retaliar com golpes comerciais – sancionando as exportações australianas de carne bovina, vinho e cevada. Analistas dizem que a Austrália também foi impedida de participar de reuniões bilaterais de alto nível no ano passado.

Também o Brasil não foi ameaçado de boicote se se alinhasse aos EUA? A China não é tão boazinha assim!

***

Pequim usa dos mesmos processos comunistas da União Soviética. Mao os aplicou na China e não relutou no extermínio de dezenas de milhões de seus compatriotas.

Por ocasião do 70o. aniversário da revolução maoísta (2019) Xi Jinping celebrou o marxismo instaurado na infeliz China.

E alguns ingênuos no Brasil, e outros não tão ingênuos assim, continuam a fazer a apologia da China que fez seus acordos com a Band e compra páginas “neutras” em grandes jornais americanos.

Nossas alianças devem ser no Mundo Livre. De nada nos vale confiarmos numa “muralha” edificada sob os princípios marxistas.

A exemplo de outras nações, longe de nós a Huawei 5G, alvo de tantas suspeitas de espionagem a favor do exército de Pequim.

Com as bênçãos do Cristo Redentor e Nossa Senhora Aparecida o Brasil ainda será um grande País!

(1) https://www.bbc.com/news/business-54052765

(2) https://www.bbc.com/news/technology-54056941

(3) https://www.bbc.com/news/technology-53319955

(4) https://www.bbc.com/news/world-australia-53980706

Deixe uma resposta