Enquanto em Cancún o clima é de aquecimento…

Luís Felipe Escocard

Essa é a 16ª Conferência das Nações Unidas sobre a Mudança Climática que irá até o dia 10 de dezembro no México, e que teria começado com um pedido urgente de medidas para se frear o aquecimento global, tão alardeado pelas esquerdas. A notícia é da agência EFE, de 29/11, reproduzido pelo Portal Terra.

A chanceler mexicana Patricia Espinosa, anfitriã da cúpula, se diz esperançosa em “conseguir resultados significativos” para “passar do discurso para a ação”. Já Felipe Calderón, presidente mexicano, cuja vista parece ser superior a do normal dos homens, diz ter conseguido enxergar no mundo uma “nova onda de consciência sobre mudança climática”.

E por fim Mario Molina, químico, fez uma declaração ameaçadora: “adiar uma ação poderia implicar um custo astronômico para gerações futuras.”

Essas lorotas ambientalistas comprometidas com a agenda esquerdista já foram rebatidas com grande segurança por vários cientistas de renome, entre eles o climatologista Luiz Carlos Molion, em entrevista a TV Bandeirantes, que se encontra neste site (veja o vídeo).

Mas cabe aqui fazer alguns comentários…

Na época de Carlos Magno não havia poluentes, mas havia mudança climática. O que tem a dizer sobre isso os alarmistas da COP 16?

No ano passado as diversas delegações da Conferência do Clima, em Copenhagen, tiveram que ir ao local do evento bastante agasalhadas, pois lá se deu uma das maiores nevascas dos últimos tempos. Lá dentro, clima de aquecimento global. Mas do lado de fora…

Este ano, para não deixar os delegados constrangidos, o local escolhido foi a cidade litorânea de Cancun, em paragens mais tropicais. Mas, concomitantemente à Conferência, o que acontecia mais ao norte?

“Neve paralisa transportes na Europa pelo segundo dia”, noticia o Diário Catarinense de hoje, 02 de dezembro. Uma nevasca atinge países como Inglaterra, França, Espanha, Itália, etc., cancelando vôos, interrompendo estradas e fechando escolas. O mês de novembro na Noruega é o mais frio desde 1919.

O mundo está mais quente? Para a COP 16 sim.

Mas e essa história de reino franco? O que tem a ver com o assunto??

Eu respondo, fazendo ao leitor uma confidência.

Hoje cedo eu estava confortavelmente instalado em meu quarto, e o termômetro acusava uma agradável temperatura de 22ºC, muito comum em Brasília nessa época do ano. Estava lendo uma interessante biografia de Carlos Magno, escrita por um historiador da Sorbonne. De repente me deparo, no capítulo terceiro, com algo que não deixou mais nenhuma dúvida sobre o que escrever. Eis o trecho, mostrando a sociedade rural da época de Carlos Martel, ascendente do biografado:

“Com que se parece o reino franco? […] É em primeiro lugar uma região de florestas. Mas há uma grande diferença entre a paisagem encontrada pelas legiões de César ao chegarem à Gália […] e a que é percorrida, oito séculos depois, pelos exércitos de Carlos Martel. Em primeiro lugar, o clima está mudando. Pode-se notar um aquecimento já a partir dos séculos VI e VII, que leva ao aproveitamento de terras então deixadas sem cultivo.”*

Sem dúvida nenhuma é curioso! O que lhe parece, caro leitor? Naquela época não havia “emissões de poluentes”, com indústrias, automóveis, etc. Por que motivo, há quase 1500 anos atrás, houve tamanha mudança climática, tamanho aquecimento?

É uma pergunta que cabe à tal COP 16 responder…

* FAVIER, Jean. Carlos Magno. São Paulo: Estação Liberdade. 2004.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

1 COMENTÁRIO

  1. A Royal Society de Londres, prestigiosa entidade academica britanica, de fama mundial,deu o tom dos debates nesta ultima semana, ref.a Climatologia.

    Declarou a midia mundial por seu porta voz que a Ciência atual não sabe ainda como sera ou podera mesmo prever as mudanças climaticas e razão porque ocorrem ciiclicamente.(sic?)

    Então pseudos senhores da verdade que defendem interesses claros e obscuros economicos, que ocorrem na economia global desta segunda década do séc.21.

    Sejamos mais humildes intelectualmente e não arrogantes detetores de pseudos verdades ref.ao clima terrestre por este ser ainda uma incognita cientifica,diante de tantos dados e paarmetros cientificos inconclusivos e conflitantes apresentados em tais mesmos debates e ditos foruns mundiais…

    E que já premiaram até mesmo polêmica figura do cenário politico mundial com o disputado Premio Nobel e etc.(sic?)

    Assim sendo somente quem viver vera o que advira de tal realidade ref.aos fenomenos climaticos ainda desconhecidos em seu contexto maior global.

    Porém um fator determinante é e sem cotestação alem de certo, o degelo constante das Calotas Polares, comprovavel pelas fotos em sensoramento remoto de satelites em orbitas geodesicas terrestre!

    E que aumentam a cada década desde o ultimo sec.20, o nivel dos oceanos e que trarão sérias consequencias e riscos de ate extinção das pequenas nações insulares em especial do Pacifico Sul,mares da Asia e da região do Caribe no Atlantico Norte por ameças de tsunamis, com perdas graves para e de suas populações etc…

    Como ja se assiste indubitavelmente e noticiado com alarde, pela midia mundial, ja infelizmente e anualmente, incontestavelmente, com perda de milhares de vidas em desastres climáticos e oceanicos de alto poder de destruição ambiental.

    Acarretando pesados prejuizos financeiros e economicos de grande custo social, com populações desabrigadas,epidemias,além da destruição pura e simples em minutos devido a terriveis tsunamis de resorts turisticos luxuosos, que custam altos investimentos de corporações mundiais da industria turistica mundial e etc.

    Enfim quem viver vera ate próxima década do séc.21, sem sombra de dúvidas, a dura resposta da NATUREZA, como resultado final da total inépcia e incompetencia do Homem contemporaneo. devido ao irresponsável e insensata postura arrogante adotada por representantes politicos de ditas nações lideres mundiais em tais foruns mundiais onde não se chega efetivamente a NADA,

    Em mera mostra de perfumaria politica e com gastos astronomicos com tais eventos,além de conflitos policiais com ativistas de ditos movimentos sociais , alguns tidos ate como suspeitos como o Greenpeace e etc.por autoridades de segurança global, fora de suas sedes, em discutiveis protesto por tais fatos!

    Um mero e triste mega-espetáculo de violencias e conflitos transmitidos com extremo alarde sensacionalista pela midia global em pobre e lamentavel amostra da INCOMPETENCIA HUMANA E SUAS FALÁCIAS etc.

    Por negarem-se em verdade a mudarem em prol de melhor meio ambiente, os modelos economicos predatorios e ainda ate meramente extrativistas, de gestão dos recursos naturais globais.

    E que em realidade não são perenes da face da Terra, alem de temerárias MÁ de gestão macro e microeconomicas de suas próprias economias,como se ve ainda no caso dos padrões energéticos com base em insumos fosséis e do petroleo.

    Que se esta esgotando aceleradamente e provocando désde a década de 90 do ´sec.20, guerras insanas e de consequencias economicas globais muito sérias,e que ja se mostram no panorama mundial, nos levando a temer pelo futuro das novas gerações vindouras e sau realidade financiera em horrendo legado humano e social sem vies de sinistrose em tal análise realista,fria,nua e crua dos fatos em pauta e etc.

    Adotando sómente discursos vazios de debates inócuos de egos vazios, diante da midia mundial e seus holofotes, vaidade, pura e tola..VAIDADE!!POBRE HOMEM! SOFREDORA HUMANIDADE!!!!

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome