Parabéns “vovó” pela coragem!

Diogo Waki

Coordenador Paulista da PLD.

Os americanos dizem que as armas estabelecem a igualdade entre duas pessoas. Vejam o que aconteceu: um bandido, homenzarrão forte, 23 anos, profissional do crime, talvez armado – a notícia não diz – e uma velhinha de 74 anos, armada. Estabeleceu-se a “igualdade”.

Quem levou a melhor? Leiam a notícia e vejam como terminou a história!

Agora aquele pessoal do Sou da Paz, do Viva Rio, dos direitos humanos vão criticar a velhinha, dizendo que ela não deveria ter reagido, pois “vejam o que aconteceu: o coitado do bandido morreu!”

RICARDO VALOTA – Agência Estado

Uma aposentada de 74 anos, armada com um revólver calibre 38 do marido, matou, ontem, um rapaz, identificado como Nestor da Silva dos Santos, de 23 anos, que invadiu o imóvel dela, no bairro de Medianeira, em Farroupilha (RS), a 110 quilômetros de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Ao perceber que alguém havia pulado a grade e invadido o quintal da casa, a aposentada se armou. Frente a frente com o suposto assaltante – que estava desarmado – a moradora atirou para cima e ameaçou disparar caso ele não fosse embora. Santos não se intimidou e acabou baleado no peito, morrendo no Hospital São Carlos, para onde foi levado pela Brigada Militar, acionada pela própria mulher.

Encaminhada para a Delegacia de Farroupilha, a aposentada0 foi autuada em flagrante por homicídio e liberada, para responder ao processo em liberdade. Segundo a polícia, o rapaz já tinha passagem por lesão corporal.

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,aposentada-mata-rapaz-ao-ter-a-casa-invadida-no-rs,569701,0.htm