Perseguição aos Proprietários de Terra

Falsos quilombos

Ruralistas e parte dos vereadores de Bagé-RS fizeram um protesto no final da manhã de ontem em frente à Defensoria Pública.

Eles questionam a ausência do defensor público nas audiências promovidas pelos ruralistas para discutir a questão da desapropriação de terras em favor de comunidade quilombola, na região de Palmas.

Ontem pela manhã uma audiência na Câmara de Vereadores trataria o assunto. Conforme o grupo, seria a terceira vez que o defensor não comparece às reuniões.

Para o representante dos ruralistas, Favorino Collares, o defensor está sendo chamado a participar das discussões em função de declarações ofensivas dirigidas aos ruralistas na imprensa local.

Acho que ele precisa nos dar explicações do que anda dizendo a nosso respeito. Ele precisa ouvir os dois lados antes de expressar qualquer tipo de opinião pública — fala Collares.

Ao chegar à Defensoria, o grupo, de aproximadamente 100 pessoas, foi informado de que o defensor estaria em viagem a Porto Alegre.

Fonte: ZERO HORA – 19/05/2010 [email protected]