Mais uma derrota para a agenda petista.

“Finalmente, após vinte anos de negociações, frustradas durante sucessivos governos alinhados ao Fórum de São Paulo e, portanto, em antagonismo com os EUA, o Comitê de Relações Exteriores e Defesa do Senado aprovou o acordo entre Brasil e Estados Unidos no lançamento de satélites e foguetes da base de Alcântara, no Maranhão.

“No texto, o relator, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), disse que considerou o pacto benéfico para o Brasil e que “está de acordo com os desejos da comunidade científica nacional””.

Segundo a BBC “o Centro Espacial de Alcântara continuará sob controle do governo brasileiro, assim como o Brasil manterá a supervisão das suas atividades, explicou a AEB.

Fonte: https://es.panampost.com/mamela-fiallo/2019/12/17/cooperacion-espacial-eeuu-brasil/

Destaca a Nota do Itamaraty: “Com a entrada em vigor do AST, o Brasil poderá se inserir no mercado espacial mundial como um forte participante do segmento de lançamentos, gerando desenvolvimento científico-tecnológico e socioeconômico, com criação de empregos e ampliação do empreendedorismo e de negócios de base local e nacional”. (1)

* * *

Se você não sabia … desconfie da neutralidade da midia.

Há pouco jornais noticiavam a cooperação Brasil-China para lançamento de satélites que já estão mapeando o nosso Brasil. A China fica, assim, com o mapa da mina.

Ainda bem que Alcântara não caiu nas mãos de Xi Jinping!

(1) http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/notas-a-imprensa/21172-nota-conjunta-do-ministerio-das-relacoes-exteriores-do-ministerio-da-ciencia-tecnologia-inovacoes-e-comunicacoes-e-do-ministerio-da-defesa-entrada-em-vigor-do-acordo-de-salvaguardas-tecnologicas-brasil-estados-unidos

 

Deixe uma resposta