Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

Trabalhadores na África são maltratados e alguns até assassinados por empresários chineses.

Luis Dufaur

Capangas a serviço dos patrões chineses da mina Collum Coal Mine (CCM), na Zâmbia balearam 12 mineiros que protestavam contra as deploráveis condições de trabalho a que são submetidos. A fonte da informação é a polícia nacional noticiou a agência AFP.

“Os trabalhadores estavam protestando contra as más condições de trabalho quando os capangas começaram a disparar contra eles a esmo com espingardas, atingindo em conseqüência 12 mineiros”, disse o porta-voz da polícia Ndandula Siamana.
Antes do incidente acontecido na cidade de Sinazongwe, sul do país, os trabalhadores queixavam-se dos maus-tratos e más condições de trabalho na mina.
Poucas semanas antes, 22 mineiros haviam sido atendidos no hospital de Maamba por causa de acidentes devidos às péssimas condições da mina, segundo o “Lusaka Times”.

O incidente parou a produção na mina e ameaça piorar as relações entre os trabalhadores e os empregadores chineses na indústria da mineração e em outros setores.

Os investimentos da China na Zâmbia estão crescendo. Várias empresas chinesas adquiriram direitos de exploração em minas de cobre, na rica região cuprífera do sul do continente africano.

Estes abusos parecem ser costume dos enviados de Pequim. Na mesma mina, maus-tratos efetivados por “empresários” socialistas chineses feriram os mineiros Kilian Chilindile, 30, e Chipo Muleya, 28. Os brutais patrões marxistas acabaram sendo punidos pela Justiça, segundo o diário “Lusaka Times”.

O governador de Sinazongwe deplorou que os novos patrões chineses ainda utilizem o sistema colonial de bater nos operários quando no fazem bem o serviço”, acrescentou o “Lusaka Times”.

Na realidade, tal vez o pior dos “tempos coloniais” esteja começando para a Zâmbia: é o colonialismo marxista e a sede incontida de hegemonia mundial dos hábeis e insensíveis ditadores de Pequim.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

3 COMENTÁRIOS

  1. ESTUDEM A HISTORIA DA CHINA E DESCOBRIRÃO O QUE SEMPRE FORAM E NUNCA MUDARÃO…. O MESMO ACONTECERÁ NO BRASIL, POIS “DOARAM-LHES” O DIREITO DE EXPLORAR MINERIO EM TERRAS DAQUI.!!!

  2. Os comunas sempre dizem que a opressão colonialista é a causa das condições sub-humanas de uma nação e é justa causa para a sublevação armada. Curioso que não haja movimentos contra o patrão comunista chines.

  3. Paris, le 12 Novembre 2010.

    Aos leitores em referendo a tematica chinesa indico a leitura urgente e prioritária da excelente obra SERVIÇO SECRETO CHINÊS de Roger Faligot, ja traduzida ao idioma português e a venda no Brasil aos interessados.

    Onde este autor aborda a estrategia chinesa na atualidade deste verdadeiro exercito anonimo e desconhecido que atua no mundo inteiro, identificando ao governo central chinês em Pequim

    Ss alvos a serem explorados na economia mundial em especial na Africa onde a China concentra seus investimentos no extrativismo escravagista de materias primas para o crescimento acelerado da nação do Dração em sua politica de hegemonia mundial.

    Já que o continente negro é rico em minerais e demais bens em materias primas estrategicas e vitais a prospera economia chines, que adota bem sucedido modelo ocidental de gestão financeira no mercado global.

    Após sua atenta leitura todos terão visão realista,nua e crua dos fatos reais que envolvem a grande conspiração chinesa para tal objetivo a ser alcançado desta ate a próxima década, segundo cronograma oficial do governo chinês e pagaremos sem dúvida alguma, então o preço da hegemonia global chinesa e quem viver vera.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome