Conselho Constitucional da França

O Conselho Constitucional da França julgou que a proibição do “casamento” homossexual, contida no Código Civil francês, está de acordo com a Lei Fundamental. Estabeleceu também que a lei definindo o matrimônio como “união de um homem e uma mulher” não constitui discriminação. Percebendo a manobra do lobby homossexual, que utiliza o Judiciário para driblar o Legislativo, o supremo órgão para a interpretação da Constituição negara poucos meses atrás, com base no mesmo argumento, a adoção de crianças por “casais” homossexuais; e reafirmou que os cidadãos podem fazer sentir sua voz e pressionar os deputados a favor da família tradicional. Sem apoio na opinião pública, e agora sem conseguir iludir o Judiciário, o lobby homossexual vem perdendo suas chances de impor sua agenda antinatural.

Fonte: Revista Catolicismo, março de 2011

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBrasil, Reforma Agrária e a …
Próximo artigoAlerta de um muçulmano convertido: a islamização da Europa
Catolicismo é uma revista mensal de cultura que, desde sua fundação, há mais de meio século, defende os valores da Civilização Cristã no Brasil. A publicação apresenta a seus leitores temas de caráter cultural, em seus mais diversos aspectos, e de atualidade, sob o prisma da doutrina católica. Teve ela inicio em janeiro de 1951, por inspiração do insigne líder católico Plinio Corrêa de Oliveira.

5 COMENTÁRIOS

  1. Que Cretínos!
    Já não basta, essa “moral” religiosa, de “Bons Costumes”??? Agora querem se intrometer na vida alheia???
    Por favor neh? Homos e heteros, trabalham e pagam impostos como todos!
    Amor não é uma palavra definida somente para um Grupo. Hipócritas!
    Direitos Gays Já!!!

  2. Os cristãos no Brasil começam a pagar um alto preço por ter elegido o PT-Partido dos Trabalhadores para a pesidencia da república – Lula, ganhamos um pouco no social, porém perdemos na moralidade – eu acho que nós cristãos estamos merecendo isso sim, a ira de Deus acredito ser contra os que votam nestas pessoas do PT, Psol e todos os partidos que defendem o mar de lama moral.

  3. O artigo todo é muito bom. Parabéns!

    Mas quero destacar os dizeres:

    “Percebendo a manobra do lobby homossexual, que utiliza o Judiciário para driblar o Legislativo, o supremo órgão para a interpretação da Constituição negara poucos meses atrás, com base no mesmo argumento, a adoção de crianças por “casais” homossexuais; e reafirmou que os cidadãos podem fazer sentir sua voz e pressionar os deputados a favor da família tradicional.”

    Manobra que utiliza o Judiciário para DRIBLAR o Legislativo: que desmascarada sensacional!!!! É exatamente isso, pois é mais fácil ludibriar um só ou no máximo alguns poucos (Judiciário), em ação com pouca publicidade, do que persuadir o Congresso Nacional, que tem mais membros e mais visibilidade PRÉVIA de suas ações pela sociedade.

    Pelo Batismo todos somos sacerdotes, reis e profetas em CRISTO JESUS. Ressalto que uma das missões de um profeta é justamente essa: denunciar! Mais uma vez, parabéns!

    Combatamos o bom combate. Democrática e pacificamente lutemos pela Cristandade! Avante!

  4. Como sempre o Brasil, faz questão de mostrar que anda mesmo na contra mão, pressionados pelo barulho de uma minoria, (que diga se de passagem sabem ser barulhento) junto com a sociedade que acha bonito, (parece Carnaval) encontram se anestesiados, e ai começa uma anarquia legalizada, judiciário quer legislar, o legislador quer ser judiciário, e o executivo já não sabe mais qual seu papel, e tem ainda uma minoria de legisladores em todas as casas e principalmente no senado que sobre um discurso medíocre, também fazem barulho e anarquizam, e nós sociedade somos os únicos responsáveis por esta baderna institucionalizada, afinal fomos nós que por ausência de cultura, não soubemos votar, e colocamos lá aqueles que hoje ao invés de se comportarem como nossos representantes, estão ai fazendo estas coisas horríveis, sem serem movidos pelo patriotismo. Falta um líder em meio a sociedade, mas como os anarquista de outrora, e sim um líder patriota, que tenha a pátria como a alma a Bandeira como sudário.

  5. Infelizmente aqui no Brasil o Judiciário está tomando ares de Legislativo e começa a impor resoluções ao arrepio da Constituição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome