Recebi essa mensagem do valoroso e combativo site

Apoie este padre pela sua coragem … e sua Fé na Presença Real

“Um sacerdote católico na Carolina do Sul, padre Robert E. Morey, negou a Santa Comunhão ao pré candidato presidencial (Democrata) pró-aborto, Joe Biden! — por causa de seu apoio público ao aborto.

“Porque, como vice-presidente (de Obama), Joe Biden ajudou a legislação que favoreceu o aborto, oficiou em um casamento “homossexual”, e mais recentemente propôs permitir que o dinheiro dos contribuintes para ir para o financiamento do aborto. Tudo isso contradiz totalmente o ensinamento da Igreja”.


“”Qualquer figura pública que defende o aborto coloca-se fora do ensino da Igreja.” ” (LifeSiteNews.com)

O sacerdote Padre Morey está sendo pressionado a ceder

Depois que o Padre Morey recusou a Comunhão a Biden, houve uma reação contra ele – infelizmente, de bispos e colegas sacerdotes também – mesmo que ele esteja simplesmente seguindo as normas de sua diocese e do Direito Canônico.

A Lei Canonica afirma que aqueles que são conhecidos publicamente por estarem em pecado grave não estão autorizados a receber a Santa Comunhão.

 * * *

TFP Student Action conclama os católicos, numa Petição, a apoiarem o Padre Morey por sua fidelidade à Santa Igreja, ao Direito Canônico, à sua Fé na Presença Real de Nosso Senhor Jesus Cristo, na Eucaristia.   https://www.returntoorder.org/petition/help-support-fr-morey/?pkg=rtoe0789TFPSA

* * *

Tal qual o PT no Brasil, a esquerda norte-americana é pró aborto. Como ensina o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira em seu livro Revolução e Contra Revolução: há uma Unidade no mal – aborto, MST, ideologia de gênero, PT.

A Causa do bem é, também UNA: sejamos coerentes na defesa da Fé e dos Valores Morais. https://pliniocorreadeoliveira.info/RCR.pdf

Deixe uma resposta