FESTA DE SÃO TIAGO MAIOR

(…) essa magnífica aparição de [Nossa Senhora a] São Tiago: esse símbolo de uma coluna que tem no alto um lírio e, esse lírio, deitando chamas de fogo. (…) evidentemente, esse lírio, se deita chamas, é o Coração lirial, o Coração virginal de Nossa Senhora, deitando chamas em grande quantidade. Essas chamas incendiaram todo o céu e chegaram até Compostela, (…)  onde inúmeras peregrinações foram efetuadas durante a Idade Média. Temos, então, (…) “Santiago”, como brado de guerra da Espanha e da Reconquista, que avança sobre os maometanos aos brados de “Santiago”, “Santiago”, e que, com isso, obtém a vitória. E sua memória vai ficar, não como um sinal de conciliação, mas como um brado de guerra. E que os bravos, no momento de arriscarem sua vida e de arriscarem tudo pela causa católica, vão ter nos lábios o nome dele, como um símbolo de luta, como um símbolo de batalha e como um símbolo de vitória. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/DIS_SD_670725_Sao_Tiago.htm

Deixe uma resposta