Ainda não foi desta vez que os senadores fizeram cair a lâmina da guilhotina suspensa sobre a cabeça de todos aqueles que, por dever de consciência ou mera retidão natural de espírito, são contrários à prática homossexual, sobretudo quando exibida despudoradamente em público.

Segundo notícia divulgada em 13 de maio no site do Senado, a votação do PLC 122/2006 estava prevista para ocorrer na manhã de quinta-feira (12/5/2011), na Comissão de Direitos Humanos (CDH) daquela Casa Legislativa, mas a relatora desse Projeto de Lei, Marta Suplicy (PT-SP), pediu para retirar a matéria de pauta, assustada “com a rejeição por parte de igrejas cristãs com relação ao projeto”.

Conhecido como “lei da homofobia” ou “lei da mordaça”, o PLC 122/06 visa coibir e penalizar manifestações contrárias à prática homossexuais em locais públicos e privados.

A Senadora Marta Suplicy, numa tentativa de atenuar as reações de setores religiosos ao cerceamento da liberdade de expressão, disse em tom pretensamente conciliatório que “quando me colocaram que o problema não era a intolerância e o preconceito, e sim uma questão de liberdade de expressão dentro de templos e igrejas, aceitei. A liberdade está preservada”.

No dia 26 de março deste ano, em entrevista para o programa “Cidadania” da TV Senado, Marta Suplicy explicou melhor o alcance desse “recuo”: “Eu tenho também que proteger essa liberdade deles de poderem falar dentro de um templo”.

Bem entendido, circunscreve a liberdade apenas ao interior das igrejas, pois, como ela mesma precisou logo em seguida: “tomei o cuidado de que em mídia eletrônica não pode fazer isso”.

Portanto, não só os indivíduos, mas também rádios, TVs, blogs, sites, etc. todos estarão sob a censura da “Ditadura Homossexual”. Se aprovado esse Projeto de Lei você estará sujeito a pagar uma multa de R$ 10.000 reais e ainda poderá ser condenado a vários anos de prisão.

Fora das igrejas, só haverá liberdade para o silêncio cúmplice do pecado. Em outras palavras, você terá que aceitar uma babá, professor(a) ou empregado(a) homossexual, por exemplo.

A pessoa pode não ter culpa de ser portadora dessa tendência, mas é culpada caso se deixe arrastar por ela. Assim, o verdadeiro amor às pessoas que se entregam à prática homossexual é rezar por elas e fazer o que estiver ao nosso alcance para que deixem esse vício tão contrário à Lei de Deus e à própria Lei Natural.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

 

24 COMENTÁRIOS

  1. SE NÃO FOSSES OS EVANGELICOS E CATOLICOS UNIDOS…
    Essa corja de politicos comunistas…Já teriam aprovados essa lei absurda…Deus abençõe a todos os brasileiros e patriotas…Já tem LEI contra homofobia…Parabéns a Igreja catolica, ao Dep.Jair bolsonaro defendendo nossas familias no senado contra essa lei absurda, parabéns ao ao Pr.Silas Malafaia, e saibam que eles continuam LUTANDO para aprovarem essa lei inconstitucional…não desistiram…Mas somos a maioria…O Brasil não é do PT…A televisão brasileira digo a Record amiga do governo corrupto e essa rede globo estão compradas…alias o povo está boicotando essas emissoras…A Rede TV também está vendida…Até o CQC agora está um pouquinho do lado do povo…Mas continuam defendendo a ditadura dos gays…O povo está denunciando e dando nomes aos bois…O PT manda seu exercito vermelho do MST e MMC e o Levante juventude para tentar bagunçar nosso País..Dep.Flavio bolsonaro e dep.Jair bolsonaro pai impedem o MST de receber medalha…vejam no yuotube..Até medalha agora o PT quer dar ao MST? E quanto a lei PL122 eu não sou homofobica quero repeito…querem ser gays que sejam, mas não venha interferir na minha familia e querer impor regras feitas por eles..Não estou preocupada com a sexualidade deles..Esse Ex BBB Dep.Jean deveria fazer projetos para melhor a saúde, segurança, e educaçao…Ele falou que a Bíblia é um MITO…Falou mal de catolicos e evangelicos..Ele não nos representa no senado…E chega dessa baixaria, querem nos passar atestado de burros? ou pensam que evangelicos e catolicos não entendem de lei? Comunistas ,socialistas são assim, eles não respeitam a fé e a familia de ninguém…XÕ vampiros…DEUS-FAMILIA-PÁTRIA e orem orem orem pelo Brasil !!! Para essa Corja de traidores da Pátria sairem do PODER nós brasileiros não merecemos isso…Tem CPI para que??? Se ninguem desses politcos corruptos vai preso? Eles que mandam nas leis ? o STF = FEDE tá na hora de trocar esses Ministros…VERGONHA

     
  2. Fernando aqui está a lei PL122 na integra pra vc tenha conhecimento e decida se é a favor ou não. http://www.plc122.com.br/wp-content/uploads/2011/06/PLC122-vers%C3%A3o-antiga-que-chegou-ao-Senado.pdf

    Sou contra pois discriminação não é a mesma coisa de ter pensamentos ou idéias diferentes,além do mais não há leis específicas pra cada particularidade ou diferenças do ser humano, não há uma lei so pra gordos, feios, nerds, religiosos, nordestinos, estrangeiros. A lei ja ampara a todos em qto a discriminação, agressão moral e física, não precisamos de outras, os homossexuais tb são cidadãos comuns não vejo pq tem que ter um tratamento diferente do resto.

     
  3. Que Paiz é este, onde estes politicos sem escrupulos querem empurrar guela abixo dos brasileiros, tamanha imoralidade… será que nao basta? Esta lei pl 122/2009, é uma vergonha…é uma afronta aos principios de Deus, que em sua infinita sabedoria criou macho e femea. vejam o que esta escrito no livro de genesis capitolo 2 versículo 24, que diz: Portando deixará o varão (homem), pai e mae e se unirá a sua mulher, e ambos serão uma só carne. Com esta uniao do homem com a mulher Deus estabelceu o princípio de familia e da procriação do ser na terra. uniao entre pessoas do mesmo sexo, é abominação ao Senhor.
    Senhores politicos: preocupem com a honradez, a dignidade, a fome que assola os brasileiros, o analfabetismo que leva os brasileiros a votarem ERRADO,em pessoas indignas, preocupem com a segurança, habitaçao e tantas outras mazelas que assolam o paiz e os senhores fazem vista grossa.
    Saibam que Deus não se deixa escarnecer….
    Oremos pela PAZ em nosso querido BRASIL. que Deus tenha misericórdia deste que estão em evidencia….

     
  4. Deixo claro que nós que agora somos contra esta lei fizemos com que ela acontecesse.
    Colocamos o PT e varios outros onde estão para decidir por nós.

     
  5. Os Revolucionários(comunistas, anarquistas, ativistasglbt, etc…) querem impor um mundo sem Deus, o mundo do demônio.

    Pensam que o brasileiro é pacato e aceita tudo; é como uma panela de pressão, ele vai aguentando, mas quero ver quanto isso estourar.

    Vai ter é Guerra aqui no Brasil….

     
  6. @Silvio
    Muito bem, Silvio, li a notícia indicada no seu comentário – é o Estado dito laico que promove a anti-religião – nós precisamos ficar sempre dispostos a enxergar os perigos que nos vão rodeando para aos menos promover alguma reação, ainda que seja diante de Deus. Agora, eles promovem os homossexuais, amanhã irão perseguir os que não o são por motivos religiosos.

     
  7. @Rocha
    Srº Rocha;
    Concordo com seu brilhante comentario e acrescento na palavra da Senadora Marta ela diz taxativamente “eles” se referindo aos Cristãos podem falar nas igrejas mas não na mídia, isso é censura em estado bruto, porque o Cristão verdadeiro tem que pregar onde quer que ele esteja.
    Outrossim, tenho uma crítica aos Cristãos paulistas que a elegeram, essa senadora foi eleita pelo voto dessa maioria que agora ela os chamam simplismente de “Eles”, ou se aprende a votar ou a maioria Cristã sera esmagada rapidamente em seus valores.

     
  8. Muito brilhante e oportuna a explicação do sr. Rocha sobre a real natureza do Estado laico. Oxalá o sr. Tiago tomasse nota…

    A bem da verdade, Estado laico não quer dizer Nação laica.

    Mesmo porque, se assim o fosse, estaria configurado um regime totalitário (não apenas autoritário), em que a Nação seria moldada pelo Estado, e não o contrário, como ocorre nos regimes cristãos, a exemplo da grande república norte-americana, baluarte do Cristianismo e da Liberdade.

    Nunca é demais lembrar a figura extraordinária de Rui Barbosa, o qual jamais propugnou uma república liberal e individualista, como quer certa propaganda socializante, mas uma república cristã, conservadora e democrática, na qual os princípios católicos seriam como que uma lei não-escrita

    (como de fato são, haja vista os milhares de anônimos entrevistados pelos rapazes do IPCO, os quais, constituíndo a maioria do povo brasileiro, não dispõem, no entanto, de partidos que os respresentem e às idéias contra o aborto, o “casamento” gay, a eutanásia e o divórcio e a favor da pena de morte, da propriedade privada e da religião).

     
  9. Sr. Tiago,

    A sua compreensão totalmente errada de “Estado laico” é outra mordaça que querem colocar em nós, sob o rótulo de “argumento religioso não vale”, quando na realidade nossos argumentos são universais e não apenas “religiosos”. Além disso, o Estado laico é Estado PLURAL, que portanto ADMITE argumentos “religiosos” sim, senhor. E não esqueça que o nosso regime é DEMOCRÁTICO. Ora, se numa DEMOCRACIA a MAIORIA não pode expressar-se, então é ditadura, não percebe?
    Repito a idéia que eu já pusera aqui em outra ocasião:
    “Estado laico”. Vinda de quem não entende o conceito, a interpretação dessa expressão não passa de uma ladainha ridícula repetida por aí afora tal qual papagaio de pirata (ou melhor: da mídia marrom e de politiqueiros).
    Falemos então do conceito correto.
    Primeiramente, o aspecto histórico. O Estado laico, em termos bem sucintos, surgiu como reação e afastamento ao absolutismo dos déspotas que governavam segundo as estúpidas ideias “L’Etat c’est moi” (“O Estado sou eu”) e “Le roi gouverne par lui-même” (“O rei governa para si mesmo”). Esses tiranos eram indignos de ser chamados idealmente monarquistas e, entre outros absurdos, interferiam na esfera eclesiástica. Impediam a separação entre o Estado e a Igreja, para, assim, tais déspotas intervirem nos assuntos eclesiásticos, como já dito. Ex.: o rei Henrique VIII e a sua “igreja” anglicana.
    Assim é que o Estado laico, cujo grande exemplo inicial são os Estados Unidos da América, surgiu para, entre outros objetivos fundamentais, separar a esfera estatal e a Igreja exatamente para GARANTIR A LIBERDADE DA IGREJA E DOS FIÉIS, para livrá-los da ingerência do Estado. Precisamente isso é que decidiram os “founding fathers” estadunidenses, ou seja, os “pais fundadores” daquela nação. Daí a expressão “separação Estado/Igreja”, e NUNCA “oposição Estado/Igreja”. Se fosse uma oposição, então nem se trataria de um real Estado laico e sim de outro tipo de Estado, de remaquiada índole absolutista, com a diferença de que, em vez de o absolutismo ser o do rei, passaria a ser o do ateísmo (ideologia anticlerical).
    Ora, tanto não existe esse absolutismo ateísta nos Estados Unidos, que certos elementos Cristãos conservam-se nos atos estatais daquele país, só que do modo correto: SEM interferência estatal na área eclesiástica. Exemplo: a Bíblia Sagrada, perante a qual as testemunhas fazem juramento nos Tribunais de lá, naquela nação que se declara historicamente de identidade Cristã. Da mesma forma, aqui no Brasil a Constituição de 1988 declara que foi promulgada “SOB A PROTEÇÃO DE DEUS” e os órgãos públicos GERALMENTE TÊM BELOS E MAJESTOSOS CRUCIFIXOS.
    Logo, por aí já se nota o que o Estado laico definitivamente NÃO é: ateu. Ateístas são apenas as comuns e midiáticas DEFORMAÇÕES IDEOLÓGICAS da interpretação de “Estado laico”.
    Quanto ao aspecto político, o Estado laico deve assegurar o regime democrático representativo, em que os eleitos são obrigados a realmente agir como meros mandatários dos valores do povo (MANDANTE) que os elegeu.
    Sob o prisma jurídico, o Estado laico é mero INSTRUMENTO para a consecução do bem comum. Os três elementos que o compõem são: o POVO (primeiríssimo e superior elemento), o território e o governo soberano. Soberania significa não dever obediência a nenhuma nação/força externa, mas sim somente AO PRÓPRIO POVO. Assim, a parte é muito mais importante que o próprio todo, isto é, o POVO, além de ser elemento do Estado, é mais importante que o Estado, pois este só existe para servir o povo.
    Logo, como o povo (MANDANTE) brasileiro é maciçamente Católico, o Estado, pelos mandatários, não pode endossar temas contrários à Cristandade (exemplo desses temas: proibição da pregação sobre Levítico e Romanos, livros bíblicos que condenam a prática da sodomia – essa inconstitucional proibição de pregar decorre do PLC 122/2006, o projeto de “Lei de criminalização” da autodenominada “homofobia”). Enfim, o Estado, EXATAMENTE POR SER LAICO, simplesmente NÃO TEM MANDATO para, por via parlamentar ou qualquer outra, contrariar os princípios Cristãos.

    Paz e bem, e participe do Seminário Internacional sobre “O Estado Laico e a Liberdade Religiosa”, a ser realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no comecinho de junho em Brasília.

    http://www.cnj.jus.br/evento/eventos-novos/seminario-internacional-sobre-qo-estado-laico-e-a-liberdade-religiosaq

     
  10. Consentir com algo que fere, destrói, distorce, suja, imundicia na íntegra,, o que está eternamente construído, para o nosso bem, e até mesmo para a nossa salvação, diante do nosso modo de agir, pelas santas palavras de DEUS, transmitida a todos nós,através da SAGRADA ESCRITURA, é como que uma doença incurável, venha a se instalar dentro de nós.
    Todo aquele que assim age, se distancia do amor fraterno entre DEUS e ele. Ninguém pode amar a DEUS e a satã ao mesmo tempo.
    Consentir com o homosexualismo, é a mesma coisa que aceitar o governo de satanás sobre si.
    É doloroso, mas em toda a nossa vida devemos dizer não, às tentativas de satanás de distorcer tudo o que é divinamente instituido por aquele que é PURA e ETERNA vitória: DEUS.
    Todo aquele que defende e/ou pratica a homofobia, é declaradamente um triste perdedor,sem perspectiva de alegria e vitória em DEUS salvador, o único em tudo e em todos.
    Devemos respeitar a todos como criaturas do DIVINO, mas certamente, não devemos aceitar e/ou concordar como esta infame distorção do que é família, do que é vínculo familiar, divinamente instituido por DEUS, como presente eterno para o homem e uma mulher.
    Não há, nada na sagrada palavra de DEUS, na bíblia, que permita este abuso de pensamento, e pretenso arbítrio.Uma coisa é certa somos a imagem e semelhança de DEUS,e o nosso corpo,um templo santo do DIVINO ESPÍRITO SANTO.
    Sou totalmente contra o homosexualismo, em qualquer escala ou dimensão, mas peço ao nosso eterno pai das misericórdias, pelos homofóbicos e por aqueles que defendem tal pratica pecaminosa, a sua piedade, a sua misericórdia.

     
  11. Já se disse quase tudo…exceto que o Brasil está “entrando de cheio” nas desventuras, nos infortúnios e desgraças tão bem descritas no Apocalipse… e, que provam em toda a extensão da História a causa e o efeito destas manchas e ignomínias…”De cheio e com uma rapidez extraordinária”. Sinal de que o inimigo “joga duro” contra o BEM!!!

     
  12. O Estado brasileiro, como previsto na Constituição Federal de 1988 e diante dos princípios norteadores da mema, é LAICO, isto é, livre de qualquer iniciativa religiosa. Portanto, antes de tudo, a Constituição prega liberdade(expressão, pensamento, religião). Não cabendo a nós discutir a cerca desse assunto, apenas se ocorrer abuso do poder. O que não é o caso.

     
  13. @Luciano
    Prezado amigo Luciano. Ainda ontem li que uma diretora de escola na Bahia foi exonerada porque entendeu que um menino alisou os cabelos de outro em atitudes que ela interpretou como atitude gay do garoto de 11 anos. Ela escreveu para a mãe um bilhete explicando a suspensão do aluno devidoa isso, e a mãe ficou furiosa e disse que conhecia bem o seu filho e que ele não era gay. Levou o caso ao conhecimento da secretaria de educação, apresentou o bilhete e exigiu punição à diretora. O caso foi parar na imprensa.
    Observo que, se a diretora cometeu um simples engano e foi punida, imagine um caso verdadeiro que possa ocorrer entre um “casal homofóbico) contra um padre ou pastor, e também o caso de alguém ver uma cena em publico e for chamar a atenção por atentado ao pudor a um casal homofóbico que se acha protegido pela lei que querem aprovar? Ninguém mais se escandalizaria, nem poderia se escandalizar com isso. O que você ainda pensa disso, não sabemos, mas cada um de nós ficaria vulnerável à sanha dos homofóbicos. Expandiriam o que fazem dentro de uma boate, para ganhar as ruas e praças porque a lei lhes dá tais liberdades (libertinagens na verdade). Só faltava isso, porque o resto já fazem.

     
  14. A grande mentira que os homossexuais e seus simpatizantes alegam para deixarmos eles em paz é de que eles não interferem na vida de ninguém. Isso é conto da carochinha quem leu a respeito do prejeto sabe que é para estabelecer a CRIMINALIZAÇÃO contra qualquer manifestação oposta à “orientação ou preferência sexual” de quem quer que seja. Quem tiver dúvidas leia em: http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=79604

     
  15. A PAZ,

    APRENDI NA PALAVRA DO SENHOR QUE DEUS AMA AO PECADOR, MAIS ABOMINA O PECADO. O CASAMENTO HOMOMSEXUAL É ABOMINÁVEL AOS OLHOS DE DEUS . O HOMEM FOI FEITO PARA CASAR COM MULHER E MULHER COM HOMEM,

    NÃO PODEMOS DEIXAR QUE A INSTIUIÇÃO FAMILIA ACABE, POIS ELA É A BASE PARA QUE NOSSOS FILHOS TENHAM PRINCIPIOS ÉTICOS E MORAIS.

    O BRASIL É DEMOCRÁTICO E APROVANDO ESSA LEI , QUE BENEFICIARÁ UMA MINORIA, IRIA COLOCAR NA CADEIA PAI DE FAMILIAS, PADRES, PASTORES E CIDADÇÃOS DE BEM POR DISCORDAR DE UMA LEI EM QUE IRIA FERIR OS PRINCIPIOS DA MAIORIA DO POVO BRASIELEIRO

    DEVEMOS RESPEITAR A OPÇÃO DE CADA UM, E AMÁ-LOS, MAS NÃOS SOMOS OBRIGADOS A ACEITAR AQUILO EM QUE NÃO CONCORDAMOS.

     
  16. Caro irmãos,
    Esta na hora de nós cristãos levantarmos contra essas leis que ferem totalmente a nossa constituiçaõ e desmoraliza a familia brasileira.Vamos todos convocar nossos amigos e nossos familiares contra essas leis.Estou com um amigo tentando fazer contato com alguns lideres politicos como o Bolsanaro e o Paes de lira para fazer uma manifestação em São Paulo contra essas leis e se possivel no mesmo dia da manisfestação que o pastor silas malafaia fará em Brasília.Se quizerem me add para se juntar nesta cruzada contra esses demonios é só me add (xanderangers@hotmail.com)

     
  17. Pois é! Os homossexuais podem dizer que todos são gays, que o mundo é gay e que as pessoas ainda não se descobriram. Nos forçam a aceitar seu jeito, sua orientação e confronta a sociedade com seu comportamento vulgar, ao realizar aquelas “paradas” bizarras, onde faltam vergonha e vestes, e ainda chamam aquilo de orgulho.

    Uma certa vez, vi o Clodovil (sim o Clodovil) receber em seu antigo programa da RedeTV! uma solicitação de uma ONG gay onde pedia seu apoio para divulgar um manifesto contra o Renato Aragão, pois ele sempre interpretava personagens em seu Programa na TV Globo com características pejorativas ao comportamento gay (afetado), sendo que ele, Renato Aragão, embaixador da Unicef, deveria se “dar ao respeito”. Clodovil, no alto de seu deboche, ironizou-os dizendo que eles também não tinham respeito por ninguém, referindo-se aquelas “paradas” das quais, pela falta de pudor, não tinham nada de orgulho e, sim, de falta de respeito com, homens, mulheres, crianças e idosos. No final, ele rasgou o fax, jogando-o no ar.

    Isso prova que ELES, os gays, também são preconceituosos, pois querem seu espaço e lutam tirando o direito de pensamento e opinião. Serei proibido de me expressar, sendo que, eles, os gays, poderão dizer o quem bem entendem e podendo se defender, sob a alegação de homofobia.

    Lei ridícula e antissocial. Lei hipócrita. Deve-se repensar… As pessoas só se lembram de Deus nos momentos crueis, mas se esquecem de ler sua Palavra e de seguir seus mandamentos. E espero que minha opinião seja RESPEITADA!

     
  18. Fernado, aqui em Portugal foram aprovadas leis contrárias à constituição. Mesmo assim continuaram a existir! São usadas quando lhes dão jeito.

    Tens razão que devemos amar o homosexual, mas não amamos o homosexualismo e temos o dever de o combater, mesmo que isso crie alguns atritos familiares. E o primeiro modo de evitar esses atritos chegarem à casa de cada um é que a lei defenda o nosso ponto de vista!

     
  19. Penso que antes de tudo, o site deveria disponibilizar o PLC 122/2006 na íntegra para que cada católico ou não pudesse examinar o texto e exercer um juízo crítico sobre o assunto. Não parece sensato assinar um formulário eletrônico de protesto contra um projeto de lei simplesmente porque ele versa sobre um assunto que é tratado como pecado pela Igreja.
    Devemos lembrar que a Constituição da República de 1988 garante o direito fundamental à liberdade religiosa, aos locais de culto, a manifestação do pensamento, portanto não é um projeto de lei que pode atingir essa franquia constitucional. Não acredito que um sacerdote possa ser preso durante a homilía por ler e comentar um texto das Sagradas Escrituras que versem sobre o homossexualismo, pois haveria um conflito gravíssimo de interesses.
    Também é importante ressaltar que embora o Brasil seja um país de predominância católica, há pessoas que pertencem a outros credos religiosos e há ainda aqueles que não professam qualquer fé. Todos devem ser respeitados pelo simples fato de serem cidadãos. A lei existe para reger as relações no espaço público, onde todos vivem e não para atender a interesses religiosos de uma determinada categoria.
    Sem aprofundar muito a questão, mas apenas para propor uma maior reflexão sobre o tema, neste momento muitos pais católicos ou não têm fihos que são homossexuais, assumidos ou não. O que fazer? Rejeitá-los como se fossem um câncer, extirpando-os do seio familiar ou amá-los como são e permitir que a graça divina os ilumine ao perceberem que mesmo tendo pais que não concordem com seu comportamento, ama-os por que são filhos.
    Você pode até não concordar com o homossexualismo, mas se você é fiel a sua fé, deverá amar o homossexual, pois assim nos ensinou o Senhor.
    Reflitam, leiam e se posicionem sobre o tema.

     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome