Soldado que matou Bin Laden pede impeachment de Biden

0

Soldado que matou Bin Laden pede a remoção de Biden por se render ao Talibã.

Biden se rendeu ao Talibã

“Este presidente se rendeu ao Talibã”, exclamou Robert O’Neill, o soldado que matou Bin Laden, em uma entrevista à Fox News, na qual garantiu que poderia derrotar o inimigo e resgatar seus compatriotas com apenas nove homens.

Biden deveria sofrer impeachment


O soldado que matou Osama Bin Laden questionou duramente o presidente Joe Biden por sua responsabilidade na crise humanitária desencadeada no Afeganistão por meio do fortalecimento do Talibã.

Robert O’Neill, o ex-US Navy SEAL, disse que Biden deveria ser acusado pelo desastre que causou no Afeganistão. Ele também censurou as Forças Armadas: “Estou surpreso que não houvesse pelo menos 30 generais e almirantes que não renunciaram ou foram demitidos hoje”, exclamou O’Neill em uma entrevista recente à Fox News.

“Isto não tem sentido. É um insulto “, disse Robert O’Neill sobre como Biden lidou com a situação. “Cada veterano, fuzileiro naval, aviador e SEAL da Marinha, Guarda Costeira, todos com quem conversei hoje, tudo o que me dizem é que estão enojados. E é assim que você deve se sentir, deve sentir nojo. Não pedimos permissão ao Talibã.

“Estou muito, muito zangado porque em mais de 400 missões de combate em tantos campos diferentes de combate, nunca perdi uma luta. Minha equipe nunca perdeu uma luta. Não conheço nenhum fuzileiro naval que tenha perdido uma luta, e isso inclui o Talibã ”, continuou ele.

“É irritante ter que falar com meus amigos combatentes veteranos que lutaram por tantos anos, e eles se perguntam por que, por que lutamos? Para essas pessoas que se esconderam lá até escolhermos pessoas de terno que não podem fazer nada. E então eles desistem ?, acrescentou. “Você está brincando comigo? Este presidente se rendeu ao Talibã. Poderia ser mais constrangedor? Não deveria me sentir envergonhado como americano agora, imaginando pelo que lutei? »

Biden mente: Al Qaeda ainda está no Afeganistão

Os erros de Joe Biden no Afeganistão não param por aí, continuou Robert O’Neill. O presidente anunciou publicamente que a Al Qaeda não está mais presente naquele país. No entanto, o secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, afirmou o contrário.

Em uma tentativa de justificar sua decisão de retirar as tropas americanas do Afeganistão, Biden declarou em uma entrevista coletiva na sexta-feira, 20 de agosto: “Vamos colocar isso em perspectiva aqui … Que interesse temos no Afeganistão agora? Com ​​a partida de Al Qaeda? “. Menos de uma hora depois, a agência de segurança máxima anunciou o contrário.

A correspondente de segurança nacional da Fox News, Jennifer Griffin, questionou o secretário de imprensa do Departamento de Defesa, John Kirby, sobre a declaração de Biden.

“O presidente acabou de dizer que não há presença da Al Qaeda no Afeganistão”, disse Griffin a Kirby. “Isso não parece estar correto”.

***

Confiar no Talibã é o mesmo que confiar em acordos com o PCCh. Que fez a China com o Acordo assinado com o Reino Unido sobre Hong Kong? Violou várias vezes. De que lado está a China (PCCh) no Afeganistão?

É muita ingenuidade, para não usar uma expressão mais forte, confiar no Talibã. E afirmar que Al Qaeda saiu do Afeganistão … O brio do soldado Robert O’Neill vem justamente chamar à honra a nação americana.

Fonte: Soldado que mató a Bin Laden pide destituir a Biden por rendirse al Talibán (panampost.com)

Deixe uma resposta