Texas impõe retrocesso ao aborto; Biden protesta

0

Como LifeSiteNews relatou: “NBC News relatou terça-feira à noite que“ todos os 11 centros de saúde da Planned Parenthood (Paternidade planejada) no Texas ”“ pararam de agendar visitas após 1º de setembro para abortos nas últimas seis semanas de gravidez … ”

“Você pensaria que um católico fiel, que recebe regularmente a Sagrada Eucaristia e, presumivelmente, segue os ensinamentos morais básicos de sua Igreja, ficaria cheio de alegria e esperança”, não, porém nosso chefe-herege (Biden).

Biden, o herege-chefe

Joe Biden aparentemente está chateado porque haverá menos bebês mortos por aborto: “Esta lei extrema do Texas viola flagrantemente o direito constitucional estabelecido em Roe v. Wade e mantido como precedente por quase meio século …”

Biden continua a lamentar que muitos bebês negros e marrons nascerão agora no Texas: “A lei do Texas irá prejudicar significativamente o acesso das mulheres ao [aborto], particularmente para comunidades de cor …”

Continua a notícia: Desde 1973, 13 milhões de gravidezes afro-americanas terminaram com o aborto. Apesar da queda geral das taxas de aborto nos EUA … as taxas de aborto na verdade aumentaram entre mulheres negras em comparação com mulheres brancas … quase metade de todas as gravidezes entre mulheres negras termina em aborto.

… Na cidade de Nova York, onde a Planned Parenthood está sediada, em alguns anos mais bebês negros foram abortados do que nascidos vivos (1.180 abortos para cada 1.000 nascidos vivos). (1)

E essa taxa desproporcional de aborto é boa para “comunidades de cor?”

É hora de nossos bispos agirem

O arcebispo de São Francisco Salvatore Cordileone escreveu recentemente aplicando palavras da Sagrada Escritura (o machado já está posto na raiz da árvore):

“O aborto é o machado lançado às raízes da árvore da vida humana. As reivindicações de respeito à igual dignidade de todos os seres humanos soam vazias quando se permite ou tolera sistematicamente a negação do direito à vida dos mais vulneráveis.

Rejeitar o aborto é uma tarefa difícil para um democrata católico no ambiente atual, eu sei. Mas … lembre-se de São Tomás Morus … olhe fundo na alma e pergunte: Serei primeiro o servo de Deus? ”

A resposta pública de Biden ao Texas Heartbeat Act é um “machado lançado na raiz” do que é um ensino moral fundamental da Igreja Católica.

Tal ação pública exige uma resposta pública dos bispos de nossa nação, que devem fazer a Joseph Biden a pergunta feita por São Tomás Morus: “Você será primeiramente o servo de Deus?”

Petição para excomunhão de Biden e políticos ativistas pró aborto

Acesse a Petição aqui: Joe Biden: God’s servant first or our nation’s ‘Heretic in Chief?’ – LifeSite (lifesitenews.com)

Aborto, agenda homossexual, lockdowns ditatoriais, passaporte-vacina, socialismo fazem parte do pack das esquerdas no Brasil e nos EUA.

Saibamos lutar pelos valores morais, vamos às ruas nesse 7 de Setembro.

Fonte: Joe Biden: God’s servant first or our nation’s ‘Heretic in Chief?’ – LifeSite (lifesitenews.com)

Deixe uma resposta