As Cotas são inconstitucional, ao criar no Brasil cidadãos de segunda classe perante a lei, a cota racial agride as raízes da formação miscigenada da sociedade brasileira e virou um anacronismo mesmo na realidade americana
As Cotas são inconstitucional, ao criar no Brasil cidadãos de segunda classe perante a lei, a cota racial agride as raízes da formação miscigenada da sociedade brasileira e virou um anacronismo mesmo na realidade americana

Editorial de O Globo (17.8.10) deplorou a “instituição do sistema de cotas raciais”.

Na Universidade de Brasília (UnB), foi criado um deplorável “tribunal racial”, diz, que julgava a cor da pele autodeclarada pelos alunos.

Agora, a UERJ, pioneira nas cotas raciais, abandonou esse injusto sistema de segregação racial.

O editorial elogiou o bom senso da USP e da UFRJ não adotando as “cotas raciais” e da UERJ recusando-as.

O jornal auspiciou que o exemplo da USP, da UFRJ e da UERJ sirva de parâmetro para o STF que deve julgar sobre essas cotas raciais e influencie o Senado que analisa projeto sobre o assunto.

“Além de inconstitucional, ao criar no Brasil cidadãos de segunda classe perante a lei, a cota racial agride as raízes da formação miscigenada da sociedade brasileira e virou um anacronismo mesmo na realidade americana” que foi a fonte inspiradora deste racialismo insano, concluiu o jornal carioca.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Ufa, ainda bem. Meus filhos poderão competir em condições mais equilibradas. Pois as cotas raciais reduzem o número de vagas para os “discriminadores” que tem que se esforçar em dobro para conseguir uma vaga que convenhamos nós pagamos também.

  2. Esta lei só pode ter sido criada por um imbecil, que não estuda, não estudou e perdeu o senso dos bons costumes, ainda bem que esta universidades acordaram a tempo, afinal somos um paiz de raças heterogéneas convivemos muito bem com todas as raças e detestamos que um um partido orientado por intelectuais que estudam e não trabalham, formado por militantes que trabalham e não estudam, comandado por sindicalistas que não estudam nem trabalham e apoiados por eleitores idiotas que trabalham para burro e não têm dinheiro para estudar tentem criar uma raça de inferior que necessita de excessão para entrarem na universidade, grande besteira esta a raça negra em questão é tão inteligente quanto as demais raças, isso senão for mais inteligente ainda, somos todos iguais em tudo so falta essa raça de politicos enxergarem isso
    repeti de novo uma frase chavão pois está sendo encaixada e bem nos assuntos em pauta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome