“O anjo da arte é Lúcifer” (Castellucci)

Lúcifer se revestiu com “a pele da Serpente e usou a linguagem da Serpente [para tentar Adão e Eva]. Dando assim origem à arte. A arte encontra neste núcleo originário sua relação privilegiada com o mal”. (Castellucci)

Proteste

romeo_castellucci_2_0-1Em Porto Alegre, hoje (19), amanhã (20) e sábado (21), no teatro São Pedro, será representada a blasfema peça teatral do italiano Romeo Castellucci intitulada “Sobre o Conceito da Face no Filho de Deus”. Leia abaixo mais detalhes e depois envie uma mensagem de protesto usando o “Fale Conosco” do site oficial do teatro,  escolha opção AATSP (Associação dos Amigos do Teatro São Pedro, que promove e apóia as atividades da instituição), no campo “área responsável”.

Atualização [20/9/2013, 16:30]: há uma outra forma de protestar alertando ao arcebispado e ao clero de Porto Alegre para que convoquem seus fiéis a um ato de reparação e, como Verônica, enxugasse a Face Sagrada de Nosso Senhor atingida pelos “excrementos” da peça de Castellucci. Clique aqui e acesse o site da campanha Brasil Pela Vida para enviar de forma simples a sua mensagem.

Opinião do Jornal La Croix em defesa de Castellucci

No mês de julho de 2011, o jornal La Croix, da esquerda-católica, afirmou que “o show nos traz de volta a nossa condição de homens feitos de carne e de matéria, como foi Cristo na Cruz”. “Como um espelho obscuro, o espetáculo remete à consciência todas as suas limitações, sua fragilidade, sua finitude infinita. A seus medos e suas experiências mais íntimas, suas crenças, sua fé no homem. Em Deus”. E no fato das crianças jogarem objetos no rosto de Cristo, La Croix vê um “gesto não de blasfêmia, mas de inocência” (1) (veja o vídeo).

Mas qual é o enredo da peça?

Diante de uma enorme fotografia da face de Jesus Cristo, estampada em uma tela, um idoso nu é vítima de vários ataques de disenteria que exigem de seu filho o trabalho de limpá-lo regularmente. O diretor Romeo Castellucci não poupa nada ao público, nem mesmo o cheiro …

O pai pede perdão ao filho que continua seu trabalho. Mas a situação vai ficando cada vez mais difícil. O velho então grita e se revolta. O filho beija a imagem do Cristo. Ambos se retiram do palco. Até que por detrás daquela imagem de Cristo, as sombras de um homens a cobrem com um véu negro. Excrementos fecais são despejados na tela e no palco. O rosto de Cristo vai se escurecendo até ser rasgado e aparecem os dizeres: “Você (não) é meu pastor”.

Na versão apresentada no festival de Avignon, crianças aparecem em cena jogando granadas no retrato de Cristo … (veja o vídeo)

Romeo Castellucci

Romeo Castellucci: simples expressão artística ou representação de uma cosmovisão gnóstica?

Castellucci concedeu uma entrevista para a revista australiana Arts RealTime (No. 52 Dezembro-Janeiro de 2002) por ocasião da apresentação de sua peça Genesi no Festival de Melbourne (2).

Primeiro, veja como Arts RealTime descreve a obra Genesi:

“Genesi é a história de Deus criando amorosamente o Universo. Em seguida o homem comete o Pecado Original e é expulso do Jardim do Éden. Tudo isso é bem conhecido. Menos familiar, no entanto, é a versão mística judaico-cristã que se encontra no Gnosticismo, na Cabala e na Rosacruz. E é esta a versão que Castellucci representa por meio de sons e outros recursos espetaculares. Castellucci se serve das mesmas tradições que têm servido de inspiração para artistas tais como Baudelaire, Antonin Artaud, Peter Brook […]

“Nesta versão mais negra do Gênesis, o ato de criação não é aquele de amor, mas trata-se de um terrível erro. (…) O ato da criação é, então, uma transgressão violenta contra as leis do universo e, portanto, toda a criação contém dentro de si o caos (…). Não é o amor que reina neste universo, mas a crueldade. Não foi o homem que pecou, ​​mas Deus. Toda a arte, o teatro e a história constituem, portanto, um conto deste ato inicial de violência primordial ”

Agora, trechos da entrevista.

Antonin Artaud, louco, inventor do “Teatro da Crueldade” e mestre de Romeo Castellucci

– Você disse: “o Genesis me assusta mais do que o Apocalipse”, porque representa o “terror de uma possibilidade sem fim”. Isto parece ter sido inspirado muito nos escritos de Antonin Artaud e de Blau Herbert, nas doutrinas cabalistas e gnósticas pelas quais Artaud mesmo era influenciado. Você concorda com essas ideias geralmente associada a esta cosmologia? Por exemplo, Artaud afirmava que um caos terrível existia antes da criação e que se manteve sempre presente, latente ou imanente, dentro de cada existência diária. Ele alegou que este “caos” é a ‘dupla linguagem’ do teatro. O fim mais elevado e a virtude mais eminente do teatro são, então, o poder representar – ou pelo menos chegar perto de representar – o caos através de uma representação viva?

Castellucci: (…) O teatro não é algo para ser “reconhecido”. Não deve ser isso, mas sim um caminho através do desconhecido, para o desconhecido. O que eu e outros com uma concepção semelhante têm tentado fazer ao longo dos anos tem sido a de levar alto o escândalo da cena e de mantê-las sempre vibrantes. (…)

A este respeito, eu acho que o pensamento de Antonin Artaud é de fundamental importância para a compreensão plena da forma ocidental. Ele coloca o problema da forma em um banho de violência que desperta, que mantém um teatro real. Este é o lugar onde a forma se torna espírito. Estamos falando, de fato, sobre a alquimia da transformação, da transmigração de uma forma em outra. (…)

– Você concorda que todos os atos criativos são um ato de violência, ou pelo menos uma violação do tabu contra a criação? Tenho em mente seu comentário que Lúcifer, o anjo decaído, é o primeiro artista com quem a humanidade pode se identificar.

Castelucci: (…) Ao longo da história da humanidade, Lúcifer sempre se fez ver através da disfarces e fantasias, adotando as palavras de outra pessoa. Ele também fez isso no Início, se revestindo da pele da Serpente e usando linguagem da Serpente. (…) Ele é realmente o primeiro a trabalhar na superabundância da linguagem, para explorar o teatro como uma energia, dando assim origem à arte. A arte encontra neste núcleo originário sua relação privilegiada com o mal. O mal é, aliás, o aspecto extremo da liberdade que Deus concedeu a todos os seres. Lúcifer vive no estado de sua condenação que é precisamente de viver na região do não-ser. Para retornar ao estado de ser, Lúcifer foi forçado a assumir a aparência de outra pessoa, a voz de outra pessoa. Arte torna-se necessária quando não se está mais no Paraíso.

(…) Porque o Anjo da arte é Lúcifer. Este é o primeiro Ser que assume o figurino e roupas de um outro ser. (…) Ele vem da região de não-ser. A única possibilidade para ele voltar para a área do Ser é fazê-lo na voz, no corpo e no nome de outro, e isso é teatro. Esta zona de não-ser é a condição genital de cada criação, ele permite esta necessária destruição que afasta e evita todas as superstições.

Envie uma mensagem de protesto usando o “Fale Conosco” do site oficial do teatro
OBS:  No formulário do “Fale Conosco”, escolha opção de enviar a mensagem
para a sigla AATSP (Associação dos Amigos do Teatro São Pedro,
que promove e apóia as atividades da instituição), no campo “área responsável”.

Atualização [20/9/2013, 16:30]: há uma outra forma de protestar alertando ao arcebispado e ao clero de Porto Alegre para que convocassem seus fiéis a um ato de reparação e, como Verônica, enxugasse a Face Sagrada de Nosso Senhor atingida pelos “excrementos” da peça de Castelucci. Clique aqui e acesse o site da campanha Brasil Pela Vida para enviar de forma simples a sua mensagem.

___________________

Fontes:
1 – La Croix, 22/7/2011
2 – Avenire de la Culture, 5/11/2011

84 COMENTÁRIOS

  1. Não acho graça alguma nessas práticas pagãs que você citou, não vejo o menor sentido para qualquer riso, sinto-as deprimentes e conheço várias pessoas que pensam igual a mim; por outro lado não ví qualquer “desrespeito” no artigo conforme você afirma, sua fé, se é que tem alguma, diz respeito apenas a você agora vir aqui esbulhar num espaço católico sem ser um de nós não faz qualquer outro sentido que não seja o de pretender provocar, siga sua vida em paz e nos deixe em paz com nossa fé.

  2. é um pena ver a arte a serviço do demônio, como Cristão vejo que as pessoas não tem mais respeito pelo Sagrado, quando acabar ficam muitos se perguntando porque as coisas ruins acontecem é a falta de Deus no coração das pessoas, muitas já não tem mais um sentimento de respeito pelos outros. o Diego não tem respeito pela Fé de ninguém, ele é um mercenário em busca de se mostrar, a arte dele é sinistra, sem respeito pela crença alheia, sinceramente, se pudesse pegava bosta e tacava na cara dele pra ver se ele acharia bom, pois esse coisa que ele diz ser arte é muito sem graça, e também é sem graça quem presta o papel de ir, vejo sim que deveríamos como Cristãos procurar nossos direitos na justiça e processar se possível o teatro caso queira insistir com essa peça ridícula.

  3. È uma peça tão ruim, tão besta que ninguem devia perder tempo protestando, para que dar ibope para uma coisa tão ruim…… se não fosse esse carnaval que estão fazendo contra… ninguém ficaria sabendo dela.

  4. Valério,

    Isso! preferências são preferências! Cada um com a sua. Mas não, não pode. Um cara que prefere ser religioso alienado tem todo o direito de sê-lo, mas não pode permitir que o ator de quinta apresente sua peça de quinta.

    Perdeu.

  5. Engraçado que quando mostram um hindu adorando uma abóbora que ele acredita ser a reencarnação de Shiva, ou dando leite para os ratos sagrados enquanto seu filho morre de inanição, as pessoas riem e acham normal. Já se criticarem um quadro de Cristo… Perseguição e desrespeito!

  6. Torno a insistir a todos que dizem que religião é lixo, que causa retrocesso a todos e ao progresso das nações, por que não vão falar isto para os muçulmanos, hem, seus evoluídos?. Falar para cristão é fácil né por que sabem. Vão lá mostrar esta “pecinha”, colocando Maomé no lugar de Cristo e fazer a mesma coisa.

  7. Diego Luiz Nardi,

    TANTA GENTE PASSANDO FOME E OS TAIS (IGNORANTES) GASTANDO 80,00 PARA ASSISTIR ESTA PORCARIA POR FALTA DE INTELIGÊNCIA DO CRIADOR DESTA PORCARIA CHAMADA “FILME” ENGANAÇÃO PARA OS CURIOSOS COM TEMPO DE SOBRA.
    JESUS CRISTO ONTEM, HOJE E SEMPRE. AMÉM

  8. Penso assim, se Jesus Cristo nosso Senhor falou tanto sobre o amor e pelo mesmo amor se entregou por todos nós e mesmo assim as pessoas de hj em dia zombam dele riem dele,”cospem nele” ofendem tanto esse Deus amor nosso….Ora serão estas pessoas que serão iludidas e enganadas pelo Anticristo obrigadas a se curvarem diante daquele homem mil vezes maldito que se alto proclamará ser jesus cristo , por isso rezemos pelo povo irmãos, para que se convertam e voltem ao SENHOR

  9. Diego Luiz Nardi,

    Você nunca foi cristão, mais sim um falso cristão que fica rindo de uma peça blasfema como esta…. Defender ao nosso Senhor não é errado..errado e ficar parado vendo seu SENHOR ser escarnecido por pessoas sem Deus.

  10. Diego Luiz Nardi,

    Diego Luiz diz que os que protestam contra esta blasfemia manifesta ódio. É apenas um jogo de palavras. Porque a essência dessa coisa que foi encenado é a violência e o ódio. O próprio vídeo do link que ele anexa demonstra isso. Para Diego as imagens não valem nada. Atirar pedras e bombas contra a figura do homem que pregou o verdadeiro amor e a verdadeira paz não representa ódio. Ou você é louco ou é doido porque não coordena os fatos com as idéias.

  11. Aquele que se acha tão valente em criticar Jesus Cristo, tão valente a falar mal de Deus e tão corajoso a defender os sacrílegos e blasfemos que se intitulam de actores e de produtores de teatro, só uma perguntinha muito simples: Você defenderia o mesmo em relação a Maomé ou aos Judeus? Você apoiaria aqueles que fizessem o mesmo numa mesquita ou numa sinagoga? Duvido! Na mesquita você perderia a cabeça e na sinagoga você perderia a liberdade pois iria “ipso facto” para a prisão. É tão fácil criticar quem sabemos que não irá responder com a mesma moeda, não é? Pois é. É para saber quão grande é Jesus Cristo e quão imensa e únicamente verdadeira é a Religiao Cristã. “Deus est caritas”. Deus é caridade…mesmo.

  12. Diego Luiz Nardi,

    Ok., ok. Sr. Diego. O que uns saboreiam a outros pode repugnar, nem é preciso entrar no mérito das preferências do urubu e do colibri. Ah, e mais. Intelectual precisa saber distinguir “seção” de “sessão” !

  13. Pronto, pronto! Não precisam mais chorar, hoje podem ir dormir tranquilos. A última seção já foi apresentada e logo eles irão embora do Brasil. Nem doeu, vai?! Ou doeu?! Eu me diverti imensamente com essa discussão, só fiquei com medo de vocês e suas demonstrações de ódio que não combinam com a doutrina Cristã. Sugiro que leiam a bíblia antes de dormir. Mas para que não sintam saudades dessa passagem desse espetáculo pelo Brasil, aqui está o link de uma das cenas mais lindas do espetáculo. Aproveitem, vale a pena!

  14. Diego Luiz Nardi,

    Pseudo-intelectuais de esquerda são autoritários e ditatoriais, coisas que estão a contaminar seriamente a administração pública federal. Sequer tem categoria para argumentar. Logo apelam para a ignorância e baixam o nível. Agora apresentar um espetáculo baseado em excrementos humanos, convenhamos, passou da medida. Aplaudiram de pé essa coisa ? Certamente esse mesmo público aplaudiria Jim Jones, o “Maníaco do Parque” e outras figuras do gênero da mesma maneira. É uma liberdade que lhe assiste. Mas, o que diria o “comissariado” e os “camaradas”, se montassem um espetáculo, tendo a imagem de Che Guevara como alvo das fezes ? Meu caro, acredito que a maioria da população acharia mais bem aplicado o dinheiro gasto com essa peça em uma estação de tratamento de esgotos !

  15. SiRvana Errodrigues,

    Gente, é impressionante como são agressivas as pessoas que defendem o amor de cristo!

    Impressionante é a hipocrisia de quem defende o vilipêndio público de objeto de culto, a imagem de Cristo, e ainda ironiza falando de amor de Cristo para evitar a reação de pessoas que se sentem chocadas por saber que dejetos humanos estão sendo jogados numa imagem de Jesus.

    E só para constar, o rosto representado, é uma obra de arte, se vocês assumem que ali está cristo, assumem que a arte salva e sendo assim, está tudo, ok!

    Só para constar, a Religião católica venera imagens e têm elas como objetos de culto. A imagem não salva, mas sim Aquele que ela representa.

  16. Esta é a GERAÇÃO PROFETIZADA por JESUS CRISTO em Mateus 24, ADÚLTERA E PERVERSA! AI DE TI BABILÔNIA, VOCÊ VAI VIRAR UMA CIDADELA DE DEMÔNIOS! Os bons que perseverem na sua bondade e os maus nas suas iniquidades, porque eis que vem o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, eis que Ele vem para julgar todos os habitantes da Terra!
    MARANATHA! VEM SENHOR JESUS IMPLANTAR O VOSSO REINO DE PAZ E JUSTIÇA!

  17. Diego Luiz Nardi,

    Como você é nojento! Você pretende rezar um terço? Mas você acredita que JESUS CRISTO É DEUS? Claro que não acredita! Então porque você quer rezar um terço? Você debocha DAQUELE QUE É A SUA ÚNICA CHANCE DE NÃO IR PARA O INFERNO! Espero que você se converta, porque você pode até não acreditar em JESUS CRISTO, mas no capeta você há de acreditar quando estiver nas PROFUNDEZAS DOS INFERNOS!
    MALDITOS COMUNISTAS!

  18. Diego Luiz Nardi,

    E você ainda queria eu jogasse meu dinheiro no lixo para estar ao lado de pessoas transtornadas como você e assistir uns maníacos dirigidos por outro jogarem dejetos humanos na imagem de Cristo – algo que você gostaria que fizessem com sua fotografia?

    Mais cuidado com as mensagens que você escreve aqui ou você terá que discutir sobre “liberdade de expressão” com um juiz.

    CÓDIGO PENAL BRASILEIRO:
    Artigo 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença (…); vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
    Pena – detenção. De 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.

  19. Valério,

    Gente, é impressionante como são agressivas as pessoas que defendem o amor de cristo!
    E só para constar, o rosto representado, é uma obra de arte, se vocês assumem que ali está cristo, assumem que a arte salva e sendo assim, está tudo, ok!

  20. Valério,

    Pra encerrar o meu espetáculo de profanação nesse site:

    Graças á DEUS, Romeo Castellucci vive e continuará realizando suas encenações. Vocês gostando, querendo, protestando ou não!

    PS: Vou rezar um terço pra vocês queridos, já que são vocês que estão precisando. Amém, fiquem com na santa paz do Senhor Jesus Cristo.

    EU NÃO SOU SEU PASTOR!

  21. Diego Luiz Nardi,

    Quanto a minha imagem, fiquem á vontade, adoraria ter um painel gigante com o meu rosto sendo apedrejado, sujo com dejetos humanos e o que mais quiserem. Isso realmente seria ótimo, me colocando no mesmo nível da face de Cristo. ,

    Se você deseja isso para você, estou pouco me importando. Você não representa nada para a fé de milhões de brasileiros. Mas não deseje colocar a face de Cristo ao nível daquilo que você deseja para si mesmo. Não há proporção, desculpe.

    E se você quiser vá hoje assistir á peça e depois fale com mais propriedade sobre o assunto!

    Não pagaria nem um real para estar ao lado de pessoas como você se divertindo em zombar da fé alheia, sob o pretexto de “arte”.

    Se uma pessoa como você gostou dessa peça, então já é razão para eu criticá-la e não preciso assisti-la para discordar de sua representação, assim como você não se acha na obrigação de estudar teologia moral, dogmática e sistemática antes de abrir a boca contra a religião.

  22. Valério,

    Caso você não saiba os espectadores pagaram o ingresso no valor de R$80,00 e respectivamente R$40,00 no caso de meia entrada. O “dinheiro público” como você diz, patrocina todo o festival e não somente esse espetáculo. Patrocinando também outros artistas e outras peças e shows. Mas como Porto Alegrense você deve saber isso muito bem.

    Quanto a minha imagem, fiquem á vontade, adoraria ter um painel gigante com o meu rosto sendo apedrejado, sujo com dejetos humanos e o que mais quiserem. Isso realmente seria ótimo, me colocando no mesmo nível da face de Cristo.

    Talvez você não seja um alienado religioso e sim esteja indignado com o uso das verbas públicas, mas se for por isso procure se informar melhor sobre o festival e o resto da programação. E se você quiser vá hoje assistir á peça e depois fale com mais propriedade sobre o assunto!

  23. Diego Luiz Nardi,

    Foi você quem me chamou de alienado religioso – sem saber se eu tenho ou não um religião. A análise que fiz naquele comentário começava com o seguinte: “vamos supor”. Você não consegue nem interpretar um texto.

    Você se sente todo doído por que lhe chamei de ator de quinta categoria e pergunta que autoridade eu tenho para isso, mas ao mesmo tempo se acha na autoridade de zombar da religião de outros e não pensa que ultrajar a imagem de Cristo, sob pretexto de arte e com dinheiro público, pode doer no coração de milhões de fiéis?

    Uma estampa de Cristo pode ser vilipendiada, mas a sua não?

  24. Diego Luiz Nardi,

    Pelos seus comentários, dá para ver o tipo de público que compareceu lá e por isso não me estranha nada que ele tenha sido aplaudido de pé. “O semelhante atrai seu semelhante”, já dizia Aristóteles.

  25. Valério,

    Se você concorda que é um alienado pela religião, ok. Agora quem disse que eu sou um ator de quinta foi você. Mas quem é você pra julgar qual a minha categoria?!

  26. Diego Luiz Nardi,

    Sinceramente, não sei dizer. Mas vamos supor o seguinte. Você disse que eu sou um “alienado pela religião” e que você “prefere mil vezes ser um ator de quinta categoria” do que ser igual a mim. E sou um alienado e você um ator de quinta. Preferências são preferências.

  27. Valério,

    Eu acho que é melhor você me rastrear melhor antes de afirmar o que não sabe. E se eu sou alienado por não capinar ou lavar louça você é a pura expressão do recalque. O mundo das artes diferente da religião é aberto a quem quer que seja. Então se achas que podes fazer melhor que ele, vá em frente e tente, quem sabe tu não serás aplaudido em pé como o espetáculo de ontem?! Boa Sorte, Amém!

  28. Diego Luiz Nardi,

    Você é alienado, acredite. Você sim deveria pegar numa enxada e fazer algo de útil a sociedade do que em defender uma peça teatral que ofende a religião dos outros sob pretexto de “arte”.

    Também, se você fosse capinar algum lote, não estaria usando a internet do Museu de Artes e Ofício de Caxias do Sul, paga com o dinheiro do Ministério da Cultura. Mais uma vez nosso dinheiro sendo jogado fora para ofender a religião dos outros.

    Valério – Porto Alegre

  29. Valério,

    E se você se sente tão incomodado com o uso do dinheiro público, faça um concurso e entre pro Ministério da Cultura e julgue os projetos. Do contrário Castellucci continuará apresentando seu excelente espetáculo. Cagando litros pra vocês!

  30. Diego Luiz Nardi,

    Aqui não é a “casa da mãe joana” nem o palco imundo de excrementos que representam a peça de Castellucci, seu comentário foi aprovado, exceto sua expressão de baixo calão (que foi a única que apaguei), não temos interesse nesse tipo de conteúdo pornográfico.

  31. Valério:
    Diego Luiz Nardi,

    “Lavar louça” ou “carpir quintal” são trabalhos honrados e dignos. Pois quem exerce essas funções não dependem de dinheiro – jogado fora – do Ministério da Cultura que financia atores de quinta categoria como você.

    Valério – Porto Alegre

    Prefiro mil vezes ser um ator de quinta categoria que um alienado pela religião como você! A comunidade cristã não vou especialmente convidada á participar do festival. Então voltem pro templo e rezem por nós, os pecadores.

  32. Diego Luiz Nardi,

    “Lavar louça” ou “carpir quintal” são trabalhos honrados e dignos. Pois quem exerce essas funções não dependem de dinheiro – jogado fora – do Ministério da Cultura que financia atores de quinta categoria como você.

    Valério – Porto Alegre

  33. Vão lavar uma louça e capinar um lote! Primeiro assistam ao espetáculo e depois comentem sobre a suposta blasfêmia. Isso é arte, se quiserem mesmo discutir primeiro busquem se informar antes de falar sobre o que ignoram!

  34. Sobre o direito constitucional “liberdade de expressão” não se pode blasfemar, sob pena de cometer um ilícito. Por que o Castellucci não rescreve sua peça e muda o personagem, por exemplo, exibe uma foto do profeta Maomé, manda o elenco apedrejá-lo numa peça e faz uma apresentação beneficente em algum País Mulçumano?

  35. Eu faço a propagaçao do santo rosário e já percebi sua eficácia em coisas relacionadas a minha vida pessoal e familiar. Pois é, caso vocês já assistiram algum filme em que alguém pega uma arma e mata o bairro ou uma multidão inteira? O rosário é a Metralhadora, mas somente contra o demônio e cada Pai Nosso é uma bomba infalível e cada Ave Maria é uma bala mortífera contra as hostes das trevas. É cansativo rezar o rosário pois você precisa de tempo e momentos de meditação, mas se uma só pessoa reza bem já causa transformação, imagine se muitos resolvessem pegar nesta arma o estrago que faria para o maligno. Nossa Senhora aconselhou em várias aparições a rezar O Rosário.

  36. Esse pseudo-teatrólogo tentar expor a massa fecal em que está virado seu cérebro até poderia-se dizer que faz parte das liberdades individuais. Que o faça com o seu dinheiro. Talvez nem mesmo casos extremos em manicômios poderiam chegar a esse nivel. Agora, apresentar uma porcaria dessas com dinheiro do contribuinte já é demais. Garanto que se alguem fosse procurar a prefeitura para apresentar uma peça realmente artística e cultural não obteria nenhuma ajuda. O mínimo que se pode esperar é o Ministério Público enquadrar o prefeito em “improbidade administrativa”, com devolução dos prejuízos causados aos cofres públicos. Ou será que o aparelhamento das instituições públicas para satisfazer a máquina autoritária instalada em Brasília já chegou a esse nível e tudo ficará por isso mesmo ?

  37. Essa obra é um lixo , que DEUS tenha muita misericórdia dessas pessoas , devemos rezar pra que se arrependam . Estão brincando com o amor infinito e vislumbrante do senhor . Essa obra é do demônio .
    ” Não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar mas contra os principados e potestades , mas contra o príncipe deste mundo tenebroso ; contra as forças espirituais do mal , espalhadas nos ares”.

  38. irmãos, em CRITO JESUS !

    isto é sim um afornto a igreja doméstica ( Á FAMILIA ) É QUE ESTES MONSTROS DESEJAM ATINGIR. Mas o nosso DEUS, é MAIOR ….

    AMÉM….!

  39. Infelizmente vejo que o exercito do anticristo estão avançando à linha de combate usando de todas artimanhas principalmente os meios de comunicação (cinema, teatro, televisão, etc.)invertendo os valores.Do outro lado vejo infelizmente cristãos recuados,medrosos,pacatos alienados,etc..Graças a Deus existe cristãos fortes,decididos e que estão à frente de combate, apesar de poucos mas são os que o Senhor dos Exércitos está contando para a grande vitória final.Vamos em frente Cristãos, pois não somos de perder o ânimo,porem já sabemos que a vitória é nossa, pois Jesus já venceu por nós.O inimigo já sabe que lhe resta pouco tempo,e que já foi derrotado, assim ele está como um leão faminto procurando sua presa para devorar. Suas investidas jamais amedrontará àqueles que estão em Cristo Jesus.

  40. Eu queria ver,…se esse italiano é….”corajoso” mesmo…é… se ele tivesse a coragem,de fazer essa BLASFEMIA,com Pessoas de outras RELIGIÕES…,tipo a dos povos árabes!se ele iria apresentar sua…”pecinha”…na…SÍRIA!!!!
    Teria?… Claro que não! Bombas e cimitarras,facões, bradiriam em sua cabeça ôca!…Claro!
    A IGREJA CATOLICA deveria processar esse ingrato, esse”maledetto”, juridicamente, por Injuria!!! e,….e x c o m u n g á – l o oficialmente! Onde está a Arquidiocese desse Bairro, dessa Cidade, onde essa obra satanica, irá empestiar ares , olhos e ouvidos e sujar Almas???!!…Porque o Bispo, ou Arcebispo daí, não impede esse Escândalo????…Hã???…Esse horroroso apóstata,que aguarde…o GRANDE ALERTA, onde ele verá,como está sua “alma” blasfema!

  41. Podemos protestar o quanto quisermos que nada vai mudar, tudo vai piorar cada vez mais. Isso é Bíblico, tudo esta esclarecido no apocalipse,tudo é preciso acontecer. E na Igreja Católica muitos padres, bispos e arcebispos não creem mais, isso é apostasia. Mesmo com os milagres eucarísticos acontecendo em todo o mundo eles não acreditam estão cegos. Em 24 de julho se deu mais um milagre desses, numa cidade,no México que não lembro o nome, para que acreditem, mas mesmo assim os corações estão duros.Que não seja tarde qd acordarem. Paz em Jesus Cristo,rezemos o rosário unidos a Mãe de Deus e nossa Mãe, as suas lágrimas e dores.

  42. Tudo isso para um momento de satisfação maligna, porém com uma eternidade em chamas de agonia e desespero com arrependimento tardio.

    Ninguém escapa da morte, tampouco do justo Juízo que aparece após ela, e acredite: Esse espetáculo do julgamento de Jesus é vitória para os que creram, mas um grande terror, pânico e desespero para os que em vida O afrontaram.

  43. Um absurdo esta peça, é uma ofensa a nós católicos! para patrocinar uma peça contra DEUS, a IGREJA CATÓLICA e a maioria do povo brasileiro o poder público tem dinheiro.
    Qual é o objetivo do PODER PÚBLICO, em ofender a opinião católica ? Onde querem chegar ? e para implantar o que ? a mando de quem ?

  44. Paz e Bem a todos meus irmãos em Cristo!
    Irmãos , tudo que nos vemos hoje é puro Apocalipse, é profecia, tudo tem que acontecer, bastamos a nossa união de nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, como soldados no combate da oração, sim isso faz que nos ficamos firmes e fortes para lutar contra as heresias satanicas que infiltrou no nosso Brasil. Sabemos disso tudo e vamos esperar o grande dia purificador, que vai exterminar tudo que é podre nesta terra. O grande armagedom esta chegando e ninguem vai escapará dele, somente os filhos de Deus escolhidos por Ele que vao sobreviver, para Novos Ceus e uma Nova Terra. Eu renuncio em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo toda armação diabolica, arquitetada, retratada, falada e ouvida em quaisquer que seja, va de retro satanás de nosso Brasil, seu anti-cristo covarde e mentiroso que se opoêm contra a Deus.Pedimos a Nossa Senhora nossa mãe sua proteção com seu manto aqueles que são seus soldados que rezam os terços todos os dias, que são fieis ao seu filho Nosso Senhor Jesus Cristo, proteja-nos dos demonios que andam por ai perturbar a nossa fé. Ela ja havia alertado que a Igreja iria passar por tranformações e nações inteiras tornariam pagãs. O Brasil já e um pais pagão, esperemos nossa libertação com Cristo. Amém

  45. Senhores, amigos e irmaos em Cristo Deus

    Isto é só o começo do que vem pela frente, basta olhar ao nosso redor, quantas almas incautas que mal sabem o que é a igreja e SONHAM que a doutrina de CROWLEY (fazei tudo que quiserem) será perdoado, esquecem-se que DEUS é misericordioso mas também é JUSTO, e sua justiça quando condena é eterna, ENTAO CHORO E RANGER DE DENTES SERÁ O AFASTAMENTO PLENO DO CRIADOR E ETERNAMENTE…..La passarao 1000 anos e o dia seguinte será o primeiro. Agora penso que nós devemos dobrar nossos joelhos, pois assim Nossa Mae nos ensinou, pois tudo deve e esta no controle do PAI ETERNO.

  46. Esse infeliz e inútil o que está fazendo aqui vá lá com o titio fidel e seu hermanito para divertir aos idiotas que nem sabem para que nasceram além de matar e levar o terrorismo para o mundo inteiro o lugar como eles mesmo desejam é o inferno que justamente os aguarda.

  47. Lamentavel uma peça totalmente blasfema como esta.Esse Romeo Castellucci vem pro Brasil divulgar um lixo como esse … ainda bem que existem pessoas que protestam contra isso!

  48. Esta blasfêmia não pode continuar! Os brasileiros Católicos e Cristãos devem protestar veementemente contra mais essa infâmia!

  49. Mensagem enviada :

    Protesto veementemente contra a peça de teatro “Sobre o Conceito da Face no Filho de Deus”, que de maneira grosseira desrespeita o Cristianismo e a Religião Católica. Fico surpreso com o fato do Theatro São Pedro aceitar abrigar tal encenação.

    Na falta do talento e da criatividade, resta aos incapazes a opção de chocar….

    Enos Francisco Beolchi

  50. Gosto muito de teatro, más uma peça nojenta e imunda desta, jamais teria coragem de ver, e faço votos para que não exista público presente naquela casa de espetáculos. O que me deixa mais indignado é ver que com nossos impostos um governo permite a apresentação de uma infâmia desta. Este homem só pode estar com o demônio no corpo. Que todo o povo brasileiro e de outras nações desprezem veementemente a apresentação desta blasfêmia. Povo de Porto Alegre, por favor, façam protestos todos os dias diante desse teatro, exigindo a expulsão do nosso país desse tal de Romeo Castellucci.

  51. Entrem no site do Teatro São Pedro de Porto Alegre: http://www.teatrosaopedro.com.br/tsp/contato, na área responsável escolha AATSP, no comentário: copie e cole o texto abaixo ou outro da sua escolha!
    Faça a denúncia também na ouvidoria via online no site do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul: http://www.mprs.mp.br/siac/formulario

    Eu como brasileira e católica que sou, no completo exercício dos meus direitos legais e constitucionais, solicito a retirada imediata da peça blasfema e anticatólica que está em cartaz no Teatro São Pedro, de Porto Alegre – RS intitulada: “Sobre o Conceito da Face no Filho de Deus”, do italiano Romeo Castellucci, que veio a este país para vilipendiar e ultrajar a religião da maioria do povo brasileiro!

    CÓDIGO PENAL BRASILEIRO:

    Artigo 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
    Pena – detenção. De 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.
    Parágrafo único: Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

  52. Protesto enviado: “Se essa peça de extremo mau gosto está sendo financiada com dinheiro público, é uma abominação. Esse tipo de “arte” é coisa de comunista que passa a vida toda tentando acreditar em alguma coisa mas não consegue; então, diverte-se a tacando a fé alheia. Essa gente não é digna nem da nossa indignação. Aliás, avisem-no que fumar faz mal à saúde. Se ele é adulto (parece), deveria saber disso e evitar que gastemos com ele, quando for internado com câncer de pulmão terminal. Nessa hora, conheço vários casos, esse tipo de gente se torna extremamente frágil e medroso e pede desesperadamente uma mão que o afague, o console e prometa que ele não mergulhará no Nada. Normalmente, morrem sem dignidade. Façamos como Cristo: -“Perdoai-lhe, porque não sabe o

  53. Manifestemo-nos contra esta abominação. Este tipo de expressão ( não digo artística, nada possui de arte) fere os sentimentos dos católicos, pois sabemos o peso e o valor da Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas, como muitos afirmaram, é mais uma perseguição. Rezemos, peçamos Santas Missas em desagravo ao Coração de Cristo e ao Imaculado Coração de Nossa Rainha e Mãe, a Virgem Maria. E lutemos, com joelhos por terra para que nossos filhos possam manter-se na fé, com convicção e jamis sejamos omissos. Paz e Bem a todos.

  54. O mais lamentavel é que público não percebe o quanto essa bestial peça é ofensiva a Religião Católica,pois,ela blasfema contra CRISTO e as nossas autoridades civis e religiosas nada fazem a respeito. Eu como Católico repudio tal peça satanica. Que N.S. Aparecida,tenha pena do Brasil. Itamar R.de Carvalho

  55. Arte para mim é sinônimo de beleza. Não vejo beleza em insultar e
    desrespeitar as pessoas. Portanto, isso nunca foi arte. Ao contrário, o artista é, por natureza, um ser criativo e não há nada de criativo em criticar o que não gosta. Na verdade o que Romeo Castellucci fêz foi desrespeitar o público e não a Deus, que é infinitamente superior.

  56. Isso e satanismo na caruda, nem eles negam que adoram um anjo maldito mas ha catolicos e nao poucos que dizem que o inferno nao existe como tambem os demonios.

  57. Meu comentário é sobre a exibição da peça teatral “O anjo da arte é Lúcifer”.
    Sou católico, e não poderia deixar de externar minha indignação.
    Eu apoio a arte, e o desenvolvimento das criações e liberdades, sem que isso provoque o ou ofenda alguém ou grupo.
    Penso, realmente em que “mundo” gostaríamos de viver?
    Primícias de respeito e equidade, às quais são tão exigidas de nossas crianças, parecem despencar, sem atrito, no vácuo da hipocrisia nos adultos.
    É forçoso, ter que ofender para atingir publicidade e/ou “notoriedade”.
    Fica claro a obscuridade da falta de talento e assunto, aos quais este meio de comunicação pode trazer a população.

  58. Me dá arrepios, nojo deste tipo de cultura… peça teatral de blasfêmia, pura blasfêmia à imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ainda colocam crianças se envolvendo neste ato macabro… Dizer Ele não é meu pastor. JESUS é verdadeiramente nosso único pastor… Onde estão os pais, educadores que permitem isto, meu Deus.
    Se colocassem a imagem de seu filho ou de você mesma, ou deste senhor que criou esta peça e na sua imagem mandassem que jogassem coisas, Será que iriam gostar, será que permitiriam???
    POR FAVOR não deixem que este secularismo em que estamos vivendo nos influenciem a agir tão desrespeitosamente com as imagem de Nosso Salvador e único Senhor Jesus Cristo.
    VAMOS MANIFESTAR, MOSTRAR NOSSA INDIGNAÇÃO.
    QUE DEUS TENHA PIEDADE DE TODOS.

  59. É inadmissível o desperdício o uso do dinheiro público para esse tipo de coisa de submundo. Não entendo como uma Prefeitura e ainda mais da bela PORTO ALEGRE patrocina uma peça dessas, como as autoridades não se manifestam e como tem pessoas que desperdiçam seu tempo para assistir esse tipo de coisa que está muito longe de ser algo bom, maravilhoso, edificante, digno de ser visto.

  60. A Bondade por excelência vem sendo cada vez mais tripudiada, coberta de escárnios e crucificada… Isso desde que houve uma virada histórica que começou no final da Idade Média. Mas a partir da Revolução protestante essa onda de blasfêmias cresceu muito e atingiu um pico ainda maior na Revolução Francesa, quando pretenderam abolir a Religião católica perseguindo o clero e os fiéis, confiscando bens eclesiásticos e de ordens religiosas. Os novos picos ainda foram atingidos na Revolução comunista e mais recentemente na Revolução da Sorbona em 1968.
    Mas como o bom povo de Deus sempre resistiu a essas monstruosidades, o pai da mentira teve que inventar novos artifícios para tentar persuadir os homens a deixar de lado a sua fidelidade a Nosso Senhor e à sua Igreja, e abraçar uma vida distante dos Mandamentos divinos.
    O que esse sujeito apregoa nessa peça blasfema é uma piedade de Lúcifer (um dos anjos decaídos), deste que, no começo, em vez de adorar a Deus, e de Lhe ser grato pela existência, preferiu adorar-se a si mesmo, elegendo-se como um deus.
    Daqui nasceu essa tendência atual de tudo e todos terem “direitos”, mas não o dos mais fracos e dos que realmente precisam de ajuda, mas sim o dos delinquentes, dos preguiçosos, dos bandidos, dos(as) aborteiros(as), dos criminosos… Tanto é que dia desses uma mulher, vítima de estupro, resolveu continuar a gestação decorrente desse delito (de que ela não teve culpa), e ganhar o filho. E a partir deste momento em que ela decidiu ter a criança (a criatura mais frágil, a inocente que menos que ninguém teria culpa), a ajuda da Secretaria de Políticas para as Mulheres desapareceu…, essa Secretaria não quis mais saber da violentada! (Ver vídeo em http://www.youtube.com/watch?v=FLohndsBTEc )
    É essa também a razão de ser de uma mal entendida piedade para com os sem-terra, que em realidade são uma massa de manobra dos marxistas, e que por isto nesmo não merecem ser atendidos em suas reivindicações, mas antes desintoxicados dessa doutrina (marxista) perniciosa a qualquer sociedade. Assim, solicito a imediata retirada dessa peça que por uma errada filosofia da arte e da cultura apenas desserve as boas causas, o verdadeiro progresso, o verdadeiro Brasil.
    Ass. Santos

  61. Mais uma blasfêmia infame contra a religião Católica. Ofender católicos pode, o MP não reclama, não se opõe, não urra. Ah, “essa minoria católica merece, só as outras minorias não merecem!”
    É a perseguição religiosa avançando em todos os campos.

  62. Estou indignada!! Vamos protestar, vamos agir e tentar de todos os modos remediar tudo isso… que horror!!

    Como pode, o Senhor Jesus Cristo, ser ultrajado, humilhado, ferido e condenado dessa maneira? A nossa Igreja e todos os cristãos, deveríamos nos unir e juntos lutarmos para que essa peça teatral horripilante não aconteça em solo brasileiro!!

    Temos que rezar muito e pedir a Deus fortaleza, contra as ciladas e maldades do demônio! E para mim, o demônio está na figura
    desse blasfemo Romeo Castellucci!!

    FORA ROMEO CASTELLUCCI!!
    Nós brasileiros católicos e cristãos te banimos!!

    AO SENHOR JESUS CRISTO, TODA HONRA, TODA GLÓRIA E TODO O LOUVOR!!
    E que ao nome de JESUS, todo joelho se dobre, no céu, na terra e no inferno!

  63. Esse artigo me fez recordar que no passado um Pastor de uma igreja chutou a imagem de NSA. SENHORA e num dado momento perdeu a perna.
    O que acontecerá com esse malfadado ator e sua cia.???

    SEMPRE LEMBRANDO QUE COMUNISMO E MISÉRIA ANDAM DE MÃOS DADAS COM A
    PROFANAÇÃO, A BLASFÊMIA, A APOSTASIA, A CORRUPÇÃO E MAIS, QUE AINDA
    HÁ AVE RARA QUE NÃO VOA,

    PAZ E BEM À TODOS.

  64. ISSO SERIA CASO DE EXORCISMO…
    O BRUXISMO AUMENTA NA SOCIEDADE À MEDIDA QUE SE AFASTA DA DOUTRINA DA IGREJA e mais adentra no satano-esoterismo nas suas diversas vertentes.
    Sem dúvida, trata-se essa peça de uma blasfêmia contra a pessoa e poder de Jesus Cristo e, oportunamente, Ele lhes dará a resposta ao desafio; ninguém escapará a seu Juízo, particularmente os que O desafiam publicamente.
    Satanás está por detrás de tudo, usando as pessoas aderidas a ele para o representar nesse peça de blasfemo-bruxismo, pois à medida que o mundo adentra as ideologias comuno-marxistas ou numa das múltis ramificações do esoterismo idem satanistas, mais incide nesses comportamentos que exaltam suas pertenças a ele; são seus fantoches.
    Ninguém que se preze como católico deveria prestigiar essa imundície; pior, se acaso pagando ingresso, incentivando mais apresentações e assistindo a esse macabro espetáculo para que não seja comparsa das obras das trevas, compartilhando de graves ofensas a Deus!

  65. Não entendo vocês falando sobre pagar impostos para determinada coisa. Se fosse uma missa em uma praça pública que dependesse do dinheiro público para ocorrer vocês adorariam! Tenho certeza que outras pessoas não gostariam de pagar por isso também. Falar sobre impostos não é argumento! Enfim, as pessoas reclamam de pagar impostos, mas não fazem nada em relação a isso. Existem outras coisas em que as pessoas pagam impostos, mas não se tocam.

  66. Esta peça de teatro miserável foi exibida no ano passado em França, em Paris e os Católicos Franceses pela primeira vez vieram à rua protestar contra o blasfémio da sua Religião que ainda por cima foi pago com os seus impostos. Todas as noites em que a peça foi exibida houve dezenas e até centenas de pessoas a rezar o Santo Terço com padres a acompanhar. Muitos jovens foram levados para a esquadra e postos na prisão, mas mesmo assim os protestos continuaram todas as noites sem interrupção. O padre Régis de Cacqueray fez uma Missa de reparação com exorcismo público. Em Itália a mesma peça também foi exibida e em Espanha também e os protestos foram unânimes…só que os médias ficaram muito caladinhos…só a internet é que publicitou. Que os Brasileiros reajam também a esta ignominia e que Deus abençoe o Brasil.

  67. Lamentável esse uso do dinheiro público para patrocinar essa suposta arte blásfema. Isso não é arte, mas o uso da cultura para agredir a Deus e sua religião e merece todo o nosso repúdio e desprezo.

    Peço a imediata retirada do patrocínio da peça e exijo um pedido de desculpas da Prefeitura de Porto Alegre!!

    É por causa de gente como este Castelucci que vemos os crimes mais hediondos sendo cometidos no seio da família brasileira e a PM de POA é cúmplice neste caso.

Deixe uma resposta