Desembarque no Brasil da primeira tropa de médicos cubanos
Desembarque no Brasil da primeira tropa de médicos cubanos

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz 

No dia 8 de julho de 2013 a presidente Dilma Rousseff assinou a Medida Provisória 621/2013[1], que instituiu oPrograma Mais Médicos e, dentro dele, o Projeto Mais Médicos para o Brasil[2], que prevê a vinda de 4.000 médicos cubanos para trabalhar no Brasil até o fim deste ano. Desse total, 400 já chegaram ao nosso País e serão direcionados sobretudo para as regiões Norte e Nordeste[3]. As atividades por eles desempenhadas “não criam vínculo empregatício de qualquer natureza”[4]. O salário (“bolsa-formação”) de R$ 10.000,00 será dado não ao médico, mas ao governo cubano, que depois encaminhará parte do dinheiro ao profissional.

Carlos Rafael Jorge Jiménez 1

Quanto será repassado aos médicos cubanos? Carlos Rafael Jorge Jiménez [foto ao lado], médico cubano que fugiu de Cuba há 12 anos e naturalizou-se brasileiro, assim se exprimiu na Câmara dos Deputados no dia 4 de setembro de 2013:

“Senhores, vocês sabem quantas horas trabalha um médico cubano por semana? Entre 60 e 70 horas. E sabem quanto ganham por mês? Entre 60 e 70 reais. […] Por isso, quando vêm aqui, eles vêm muito felizes, porque aqui ganharão duzentos, trezentos dólares [entre R$ 450 e R$ 700] e o resto vai embolsar o patrão, o explorador. Quem é o patrão? Quem é o explorador? É o governo cubano. […] Por que eles não vêm como os outros? Por que esses médicos não ganham seu salário integralmente? Por que não têm direito de entrar e sair quando querem? Por que não podem pedir asilo político?” 

Carlos afirma que há uma conivência entre o governo do Brasil e o governo de Cuba. E arremata: “Quem apoia o governo de Castro suja suas mãos de sangue”[5].

As palavras de Carlos são reforçadas pelo médico cubano Gilberto Velazco Serrano, que foi enviado à Bolívia em 2006 e fugiu, obtendo asilo político nos Estados Unidos:

“Ao me formar médico eu teria um salário de 25 dólares [R$ 57], sem permissão para sair do país, tendo que fazer o que o governo me obrigasse a fazer. Em Cuba, o paramédico é uma propriedade do governo. A Bolívia era um país um pouco mais livre, […]. Eram pagos 5.000 dólares por médico, mas eu recebia apenas 100 dólares [R$ 228]: 80 em alimentos que eles me davam [R$ 182] e os 20 em dinheiro [R$ 46]. A verdade é que eu nunca fui pago corretamente, já que médico cubano não pode ter dinheiro em mãos, se não compra a fuga. Todas essas condições eram insustentáveis”[6].

Novo tráfico de escravos? 
No Brasil, desde 1850, com a Lei Eusébio de Queirós, o tráfico de escravos ficou proibido. A importação de médicos cubanos parece revivescer um triste episódio de nossa história. Sem qualquer vínculo empregatício, os profissionais cubanos não recolherão INSS, FGTS, não terão direito a férias, décimo terceiro salário nem aviso prévio. A conduta do governo Dilma em parceria com o governo Castro enquadra-se no crime do artigo 149 do Código Penal: redução à condição análoga à de escravo. Enquadra-se também no conceito de tráfico de pessoas, conforme definido no Anexo do Decreto nº 5.948, de 26 de outubro de 2006, relativo à Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas:

Art. 2º, § 4º A intermediação, promoção ou facilitação do recrutamento, do transporte, da transferência, do alojamento ou do acolhimento de pessoas para fins de exploração também configura tráfico de pessoas.

Como é a medicina de Cuba?

Sala de um "hospital" em Cuba, ostenta na parede a foto do sinistro guerrilheiro Che Guevara
Sala de um “hospital” em Cuba, ostenta na parede a foto do sinistro guerrilheiro Che Guevara

Referindo-se à medicina de seu país, Gilberto Velazco Serrano afirma: “É triste, mas eu diria que é uma medicina quase de curandeiro. Você fala para o paciente que ele deveria tomar tal remédio. Mas não tem. Aí você acaba tendo que indicar um chá, um suco”[7]. Se, porém, os médicos cubanos são tão bem preparados, como diz o governo brasileiro, por que a resistência em submetê-los ao exame de revalidação de diplomas (Revalida), como se faz com qualquer médico estrangeiro que venha trabalhar no Brasil?

O que ganha o governo Dilma?
Embora de qualidade discutível, a legião de médicos cubanos constitui para o governo uma mão-de-obra barata, sem qualquer direito trabalhista, comparável àquela época em que se importavam escravos da África. Tais médicos espalhados pelo país podem servir para recuperar a popularidade do governo, preparando-o para as eleições de 2014. Convém lembrar que à frente do Programa Mais Médicos está o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, potencial candidato ao governo de São Paulo e a presidente Dilma Rousseff, desejosa de conquistar a reeleição.

Além disso, convém lembrar o interesse, comum ao PT e aos irmãos Castro, de espalhar a ideologia comunista por nosso país, sobretudo nas regiões mais carentes.

Medicos de Cuba Cavalo de TroiaHá, porém, um perigo que não têm sido posto em evidência: o detais médicos terem a missão de promover a prática do aborto pelo país. De fato, eles vêm de uma ilha onde a cultura da morte já fixou raízes há décadas. O Anuário Estatístico de Saúde de Cuba informa que, apenas no ano 2012, foram feitos83.682 abortos provocados, o que significa que para 1000 mulheres em idade fértil (entre 12 e 49 anos de idade), 26,5 abortaram seus filhos. No ano 2012, 39,7 % (mais de um terço e quase a metade) das gravidezes terminaram em aborto provocado[8].

E a importação maciça de médicos cubanos ocorre em um momento em que a presidente Dilma acaba de sancionar a Lei 12.845/2013, que pretende obrigar todos os hospitais integrantes da rede do SUS a encaminhar para o aborto as (supostas) vítimas de violência sexual.

Deus se compadeça de nós.

Anápolis, 19 de setembro de 2013
Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
________________
[1] http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Mpv/mpv621.htm [2] Artigos 7 a 16 da MP 621/2013.
[3] http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/13108/162/91-dos-profissionais-cubanos-atuarao-no-norte-e-no-nordeste.html
[4] Artigo 11 da MP 621/2013.
[5] http://www.youtube.com/watch?v=QXBoJkNiwjI
[6] http://veja.abril.com.br/noticia/saude/medico-cubano-diz-que-medicina-em-seu-pais-e-quase-curandeirismo
[7] http://veja.abril.com.br/noticia/saude/medico-cubano-diz-que-medicina-em-seu-pais-e-quase-curandeirismo
[8] Anuario Estadístico de Salud 2012, p. 166, in:http://files.sld.cu/dne/files/2013/04/anuario_2012.pdf]

17 COMENTÁRIOS

  1. Aos senhores que representam tão bem os interesses elitistas burgueses neoliberais no nosso pais, e hj querem se mudar ou tem vergonha, vão, saiam daqui, vocês tem a razão, o nosso país não merece tais reacionários, todos vocês podem viver na terra do tio sam, talvez assim nosso país uma dia torne-se um lugar melhor?

  2. Luis,

    Em tempo: aqui mesmo onde moro, a única faculdade de medicina, que é federal, está num estado lastimável, precário mesmo, com direito a forro de algumas salas e laboratórios caindo aos pedaços, e à falta de material imprescindível ao ensino. A culpa pela falta de investimento e pelo sucateamento dessa faculdade é da “burguesia”? Só sendo extremamente obtuso pra acreditar nisso. Como consequência, restam os cursos particulares, caríssimos, e quem tem condições acaba pagando tais valores (juntamente com uma montanha de tributos para esse governo inerte e golpista), e ainda sai como culpado pela falta de oportunidades para os pobres, causada exatamente por esse governo comunista.

  3. Reinaldo candido,

    Não, Sr. Reinaldo, o que FEDE mesmo é a cegueira de gente que não enxerga um palmo na frente do nariz, como parece ser o seu caso. Ficar repetindo letra de música velha, que foi cantada por um “burguês” metido a revolucionário, viciado em drogas, não é o caminho.

    Se chegamos a este ponto, é justamente porque muitos deram espaço a esse pensamento distorcido “burguesia fede”. Enquanto você e uma turba de manipulados continua repetindo esse mantra da estupidez, o governo faz o que quer, porque a culpa sempre recairá na “burguesia”, esse espantalho criado pelos comunistas, justamente no intuito de ter a quem culpar. No caso da medicina, veja em que estado estão as faculdades públicas. Veja a concorrência para conseguir uma vaga numa faculdade dessas. E porquê? “Culpa da burguesia”, que coloca seus filhos em bons cursos preparatórios? NÃO! Culpa do SEU governo comunista/castrista que não investe em educação pública de qualidade, não constrói mais faculdades com bom ensino, o que acaba criando esse “funil” de competitividade, onde o pobre é deixado à própria sorte, pois não teve formação educacional decente para disputar uma vaga num dos poucos cursos de medicina. A culpa é da “burguesia”? Foi ela quem “decidiu” que no ano passado fosse aplicado 43,98% do orçamento da União no pagamento de juros e amortizações da dívida pública, enquanto na educação foi aplicado 3,34% e na saúde 4,17%?! NÃO, foi a SUA presidente! Ou seja, se o pobre não tem os MEIOS para competir nos processos seletivos dos cursos que quer fazer, a culpa é do SEU governo esquerdista, que cria essa situação para depois fazer exatamente o que você fez: culpar quem ainda tem condições de realizar alguma coisa neste País.

    Quanto à questão dos médicos se recusarem a trabalhar em locais no interior do Brasil, primeiro se informe a respeito da ESTRUTURA sucateada, da falta de medicamentos e de equipamentos para trabalhar, para só depois vir escrever alguma coisa.

    Vejam o tamanho do golpe: o governo mantém a estrutura da saúde em condições precárias, joga a culpa nos médicos “burgueses” (um monte de gente acredita) e depois aparecer com a “solução mágica”, os tais médicos cubanos, como se o problema fosse falta de mão de obra, e não de estrutura! E as pessoas caem nessa armadilha! Incrível!

  4. Cleide Silva,

    A coisa não é por aí. Lembre-se que o erro das pessoas de agora é fazer mau uso de uma coisa boa. Nosso país é tão bom como qualquer outro. Nosso problema está na formação da nossa mentalidade de brasileiros. Isto não se corrige de uma geração para outra. Alguns séculos para formar o que somos precisarão de outros tantos para alterarmos alguma coisa, se por isto optarmos. Eu optei em ficar aqui, lá pelos anos 60. Muitos amigos foram embora e nunca mais soube deles. Como sempre fui e serei um homem religioso, o auto-exílio jamais me faria bem. Sei que sou um dinossauro em vias de extinção, mas mostro que a única maneira de conservarmos a sanidade mental é não esquecer que nossa civilização judaico-cristã é a mais nova e inovadora civilização que já se desenvolveu neste planeta. Nós ensinamos às mais velhas o caminho da ciência e da técnica, muitas vezes usando as suas descobertas. Se não nos esquecermos da estrutura religiosa, moral e científica, nessa ordem, que nos guiou nesses dois milênios que já duramos, nossos descendentes terão um mundo. Se quebrarmos a ligação, como vem sendo feito pela revolução que nos assola, fica impossível prever o futuro. Aí que Deus se apiede de nós.

  5. Se esta Sociedade não fosse tão capitalista , não haveria necessidade de contratar medicos de fora, pois os burgueses desta profissão só querem trabalhar em hospitais de nome . Muitos destes não possuem vocação para serem medicos de verdade. O correto seria o Governo dar oportunidade para aqueles que tem vocação mas não tem subsídios para estudar medicina. A Burguesia Fede!!!

  6. Cleide Silva,

    Sra. Cleide, não sinta vergonha de ser brasileira e sinta vergonha dos que hoje estão no poder, esta classe dominante, que não apenas querem se perpetuar no poder através de nosso sistema republicano e democrático, é o que chamamos de “ditadura branca”, apoiados por várias classes representativas, “nuncaantesnestepaiz” as instituições financeiras e grandes construtoras tiveram tanto lucro como neste desgoverno, agem em total promiscuidade e aparelhamento de todo o ESTADO nos 3 poderes (executivo, legislativo e judiciário) e formam através de um discurso a alienação dos nossos jovens e dos menos esclarecidos sua ideologia. Querem exatamente isso, que os verdadeiros brasileiros deixem o Pais nossa Nação nas mãos deles, assim como fizeram os cubanos que se evadem para os EEUU, criando um ambiente propício e sem oposição, devemos ficar, lutar para saberem que em minuto algum deixarão de ter uma oposição contrária às posições ideológicas. Contamos contigo e que divulgue, esclareça as pessoas, transforme, multiplique, não se esqueça que 46 milhões brasileiros votaram contra este desgoverno nas últimas eleições que aí esta instalado, sigamos em frente.

  7. Na minha modesta opinião, esses médicos cubanos são duplamente escravizados. Imaginem, eles tem familiares na ilhota caribenha e, os
    parentes na verdade são reféns. Vem para um país com dimensões continentais, não podem pedir asilo político, não podem pedir cidadania brasileira, serão vigiados, e irão à onde forem mandados, ou seja, as
    regiões mais desfavoráveis com pouco ou nenhum recurso, todos acompanhamos o descalabro que é o serviço de saúde brasileiro, (falta todo tipo de material, inclusive equipamentos para exames médicos).
    Eu assisti o depoimento do Dr. Carlos Jimenez, e vi e ouvi claramente
    quando diz que Cuba é uma ditadura e critica os “castro”. Esses médicos
    não terão a chance de se pronunciar, nem tampouco tentar uma vida livre. TRISTE QUE ESSA OCORRÊNCIA SE DÊ NO BRASIL!!!

    SEMPRE LEMBRANDO QUE COMUNISMO E MISÉRIA ANDAM DE MÃOS DADAS COM A ESCRAVIDÃO, E MAIS, QUE AINDA HÁ AVE RARA QUE NÃO VOA,
    PAZ E BEM À TODOS.

  8. O programa Mais Médicos não significa mais saúde e sim mais adoutrinamento. Socialista, é claro. Segue o cronograma do “Socialismo do Século XXI” ou bolivariano do “grande irmão” Chaves, de infeliz memória, que os orfãos ou viúvas procuram a todo custo implantar. A Venezuela enfrenta hoje os resultados da implantação desse tipo de comunismo: escassez até mesmo de papel higiênico e acaba de roubar o controle de uma fábrica do produto sobre alegação de que os capitalistas estão produzindo a escassez. Quem acredita?

  9. Cada Médico segundo publicação do Estadão em 18/08 se não me falha a memória, vai custar R$511.000.000,00 (quinhentos e onze milhões de reais por 06 meses 400 médicos, neste caso 85 milhões por mês ou seja, dividindo 85milhões por 400 médicos temos o custo de R$212.000,00 para cada médico. O Governo disse que cada médico vai receber R$1.500,00 + R$8.500,00 recebe o governo cubano. Então pergunto quem recebe R$202.000,00??? Só pode ser o PT e sua camarilha. Ou eu que não tenho nada a ver a não ser ter que pagar impostos de toda natureza.

  10. Prezados Senhores:

    Não vou em me ater a comentários sobre a matéria, estaria sendo prolixo ou corroborando com mais exemplos que as tornariam ainda mais cristalina ao nosso pensamento e entendimento. Entretanto, após estar presente na palestra proferida pelo General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, Comandante Militar da Amazônia, sobre “Geopolítica e Defesa da Amazônia“, me despertou o raciocínio e análise diante de uma região do qual através de um esforço muito além das condições oferecidas vem sendo desenvolvida pelas nossas forças armadas e em especial pelo exercito brasileiro. com recursos parcos, escassos diante das necessidades que a região necessita. As nossas forças armadas executam muita além das suas funções institucionais e neste sentido incluo, nacionalismo, humanismo, integração social,comprometimento dos praças até o mais alta patente, Uma constituição de uma classe social do qual possa qualificar como sendo de uma instituição similar a de uma FAMÍLIA que se integram e interagem entre todos os agentes criando assim uma comunidade.
    OK, vocês devem estar pensando, – Odair, que isso tem haver com o programa mais médicos do governo federal?
    Respondo, TUDO, as verdades podem ser questionadas, não podem e não devem ser 100% porque a verdade de um grupo pode ser diferente da verdade de outro grupo de agentes, mas e as intenções?, estas não, estas são 100% e sabemos bem quais são as intenções do PT. As forças armadas estão presentes em todo do nosso território nacional, sua missão institucional não se limita apenas a proteção bélica da soberania nacional, até mesmo porque não sofremos nenhuma ameaça, vivemos em um clima de paz e harmonia. Vou expor agora a relação do “Tem a ver com TUDO” do qual citei anteriormente, a participação das forças armadas esta devidamente, qualificada e especializada para o atendimento em outras áreas de competência, Infra estrutura, através do seu setor de engenharia, construção de pontes, rodovias, edificações, etc. Humanitárias, preservação do meio ambiente, a principalmente CAMPANHAS DE ATENDIMENTO MÉDICO HOSPITALAR E ODONTOLÓGICO em comunidades isoladas e de difícil acesso às regiões inóspitas. Dentro deste contexto me questiono porque gastar tanto com médicos extraditados se todos estes recursos financeiros poderiam ser aplicados nas forças armadas possibilitando desta forma e aproveitando a já permanência e infra estrutura já “fincada” no local as próprias forças armadas, por que não qualificar nossas médicos, enfermeiros para a careira militar, mesmo no que chamamos de efetivos variáveis com duração de até 5 (cinco) anos. E não estaríamos restringindo apenas as regiões rural, mas toda a região urbana também. Ao longo destes 10 anos os recursos destinados e aplicados às forças armadas vem se mantido aquém das necessidades e exigências das transformação da nossa sociedade.
    Se estes recursos milhões de reais que estão sendo destinados apenas com cunho político partidário e interesses escusos à nossa nação, fossem destinados às forças armadas para suas atividades institucionais, defesa, atendimento à população, criação de mais empregos em seu quadros, (médicos, enfermeiros, engenheiros, intendência, etc..), seria mais do que razoável, seria o certo, seria a nossa VERDADE, contrária à VERDADE do PT.
    Estou pensando seriamente em criar um Movimento Social, e lanço aqui em primeiro mão; “MAAFA” – MOVIMENTO DE APOIO AS FORÇAS ARMADAS.
    Críticas, sugestões, diferenças de opiniões, contribuições desde já serão bem vindas, aceitas e consideradas.

    odair.bernardino@bol.com.br
    Técnico em telecomunicações – Senai
    Administrador de empresas – Universidade Ibirapuera
    Licenciado em Ciências Sociais – Universidade Metodista

  11. O governo do PT, socialista, (ou coisa pior) sempre tenta atacar o sistema produtivo no Brasil de forma a ser o unico provedor de renda da população (bolsa-voto). Nesse contexto o programa Mais Medicos cumpre uma função simbólica muito importante:

    Já que o sistema de distribuição de cargos publicos, loteamento e patrimonialismo, é geradora de inflação pois não consegui criar renda para sustentar os proprios salarios e direitos absurdos do funcionalismo publico (em todas as esferas) torna-se necessário a importação de TRABALHO ESCRAVO, a qual só é possivel se o governo importar refens de CUBA ou CHINA (e mais alguns paises como Coreia do Norte etc), de forma a esconder a INEFICIÊNCIA CRONICA DE UM SISTEMA FRACASSADO -para os cidadãos-, não para os patrimonialistas que onera todo o setor produtivo real e o destroi.

    Acredito que a proposição da PEC do “Trabalho Escravo”, mais um instrumento socialista, deveria ser empregado contra o governo do PT, uma vez que o mesmo já sinalizou o FIM DO SISTEMA ECONOMICO LIBERAL E NOS LEVA A UMA POSSIVEL DITADURA MARXISTA-LENINISTA como os socialistas fizeram no mundo subdesenvolvido inteiro e cujas consequencias foram os mais de 100 MILHOES DE ASSASSINATOS -como dizia o carniceiro CHE-GUEVARE a respeito dos assassinatos em CUBA e na Anerica Latina: “Não precisamos de provas, nós as forjamos”.

    PEC DO TRABALHO ESCRAVO NO GOVERNO DO PT, JÁ !!!

  12. Como o brasileiro é bonzinho e deixa tudo como está para ver como é que fica, infelizmente, tudo continuará “como depois” que instalou-se, em solo verde e amarelo e azul e branco, portanto, em solo brasileiro, a “Republiqueta do PT”, cujos titulares, ao contrário do que apregoam, estou preocupados, apenas e tão-somente, em se manterem no “Poder” e, como visto, farão a qualquer custo, incluída, até mesma, da soberania nacional e do desmantelamento, total e por inteiro, das nossas Instituições, a exemplo simplesmente do STF, de tantas Glorias e Historias Gloriosas e, principalmente, que já contou com brasileiros ilustres, como Ruy Barbosa e muitos e muitos outros mais, que devem ser lembrados sempre e com pesar. Brasileiros, do Brasil verdadeiro, será que já não era hora de “a gente” acordar desse torpor e fazer o que precisa ser feito e com urgência urgentíssima; MUDANÇAS, MUDANÇAS E MUDANÇAS?

  13. Hj tenho vergonha de dizer que sou Brasileira!!!
    .
    Quero ir embora deste País,do qual, hj, me envergonho!!!
    .
    Alguém pode me ajudar?
    .
    Grata!

    Cleide.

  14. Meu comentário ficaria bem pequeno perante os argumentos apresentados pelo Dr.Carlos Rafael Jorge Gimenez quem possui amplo conhecimento dos manejos,abusos,crimes e atropelos que o satélite comunista pratica,por isto meus respeitos a este Proffisional consciente e sensato, especialmente porque leva o dom de gente na alma ,coisa que o comunismo procurou sempre destruir para tentar dominar o mundo, parabems Dr.Carlos e congratulações ao IPCO pela divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome