Manifestação TFP Student Action
250 manifestantes pró-homossexualismo insultam, rasgam faixas e cospem nos valorosos manifestantes da TFP Americana. YouTube censurou o vídeo.

Update – 29/03/11: O YouTube retirou nosso vídeo sobre a campanha na Universidade de Brown, sem qualquer explicação. Vamos informá-los assim que tivermos mais notícias.

Assim exprimiu-se o valoroso chefe da Caravana em prol do Matrimônio Tradicional, o Sr. John Ritchie, no site da Ação Estudantil da Sociedade Americana de Defesa da Tradição, Família e Propriedade.

17 jovens estão percorrendo vários estados da região leste do país, distribuindo o folheto 10 razões pelas quais o “casamento” homossexual é prejudicial e deve ser combatido.

A acolhida geral da população, conforme nos relatam os jovens, é excepcional. Um dos cartazes tem os dizeres “Buzine se você é a favor do casamento tradicional: 1 homem + 1 mulher”. Às vezes, o barulho das buzinas torna-se ensurdecedor!

Entretanto, nem tudo está tão fácil para a caravana católica. Mal tinham começado a campanha em frente a um dos prédios da Universidade de Brown, no estado de Rhode Island, um grupo de estudantes – alguns portanto a bandeira do movimento homossexual – começou a atrapalhar a campanha, insultar, rasgar a faixa e até cuspir na face de um dos jovens! Não faltaram os gestos obscenos e os gritos: “saiam já daqui, queremos igualdade (sic!!!)”.

Um dos policiais que se apresentaram no local disse: “há alguns dias os homossexuais fizeram uma manifestação aqui, e não toleram que vocês fiquem? Estou de acordo com vocês, vocês têm todo o direito de fazer esta manifestação”.

Os 250 manifestantes ligados ao movimento homossexual e pró-aborto chegaram a tal auge de fúria e agressividade que, quando já era hora de terminar a campanha, os 17 jovens tiveram que sair escoltados pela polícia.

O vídeo do acontecido é simplesmente impressionante. Ele mostra a verdadeira face do movimento homossexual e como a tolerância que eles pregam é um mero jogo semântico. Na verdade, há o desejo de uma ditadura do vício, que não tolera sequer uma manifestação católica pacífica.

O vídeo também mostra a importância dos católicos se manifestarem, pois desmascara o movimento homossexual e alerta a população. É interessante ver no vídeo como os alunos, das janelas das salas de aula, acompanhavam todo o fato com atenção.

E o vídeo? Misteriosamente, o YouTube censurou, e tirou do ar. Explicações? Até agora, nenhuma!

Além disso, os jovens receberam diversas ameaças de alguns dos “filmados”. Seria processados caso não retirassem o vídeo dos demais sites. Isso mostra que os próprios homossexuais perceberam que a máscara caiu, e isso não poderia ter vazado para o grande público.

Mas o mais importante ficou de pé: os católicos começam a acordar e ficar mais firmes em suas posições.

***
Depoimento consolador

No período em que a caravana passava pelo estado de Rhode Island, a imagem milagrosa de Nossa Senhora de Fátima também estava peregrinando nas igrejas da região. Os caravanistas foram venerá-la. Ao final, uma senhora, no estacionamento da igreja, voltou-se para os jovens e perguntou:

– Vocês são da Ação Estudantil da TFP?
– Sim, somos!
– Estou acompanhando seu trajeto pela internet, assistindo aos vídeos e vendo os abusos que vocês suportam, e eu admiro muito o que vocês estão fazendo. O valor de vocês nos torna extremamente felizes. Ah, e amamos as gaitas de fole! Deve ter tido umas 250 pessoas berrando contra vocês na Universidade de Brown, mas eu quero que vocês saibam que há muita mais famílias como a nossa rezando por vocês. Tem muita gente seguindo seu grande estandarte!

E reunindo em torno de si seus filhos, ela continuou:

– Esses homens são os homens verdadeiramente católicos. Eles fazem o que todos os católicos deveriam estar fazendo. Eles são heróis católicos.

Que Nossa Senhora de Fátima os mantenha sempre firmes em defesa da família tradicional e dos princípios perenes da Civilização Cristã!