Ouvimos falar a todo momento de homofobia. Mas, que é fobia? é a repulsa veemente por alguma coisa. Ela pode ser boa, má ou moralmente indiferente.

Assim, por exemplo existe a claustrofobia. Há pessoas que não suportam ficar em lugares fechados, como um elevador. Diz-se, de uma pessoa assim, que é um claustrofóbico. É uma fobia que não implica em nenhum problema moral: um santo pode ser claustrofóbico.

Existem outras fobias que são boas, inclusive necessárias para o bom funcionamento da sociedade. Por exemplo, deve haver uma rejeição veemente ao furto, ao crime e, para os cristãos, ao pecado. Diz a doutrina católica que deve haver uma rejeição veemente das faltas morais. Os grupos humanos funcionam muito melhor, por exemplo, onde haja uma repulsa da chantagem, do estupro e da falsidade. Essas são fobias que devem ser louvadas, pois são básicas para a sociedade.

Hoje em dia, está nascendo timidamente no Brasil uma corruptofobia. Os escândalos por corrupção estão em todos os jornais. Antes tarde, do que nunca! É uma fobia boa. Mas o corrupto, sabendo que em última análise, a repulsa da corrupção vem da religião, por uma reação temperamental pode adquirir uma repulsa veemente ao cristianismo: uma cristianofobia. É evidente que não é preciso ser corrupto para ter cristianofobia, mas, sendo corrupto, ela tende a nascer por si.

Outros exemplos atuais de cristianofobia: tirar os crucifixos das repartições públicas e das aulas, colocar o Cristo Redentor em desfile de carnaval e promover o homossexualismo, alcunhando de “homofóbicos” os que o criticam.

São Paulo apóstolo seria um homofóbico? Veja-se o que ele diz do homossexualismo: “Os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos mutuamente, cometendo homens com homens a torpeza” (Rom. 1, 27). Ele prossegue no mesmo parágrafo, rejeitando esse vício, com um crescendo de veemência.

Pode parecer incrível, mas há pessoas ‒ não tão poucas! ‒ que desejam a volta do paganismo, e a marginalização, a desintegração do cristianismo. É o neo-paganismo fruto da cristianofobia, do qual diz Dr. Plinio que é “a confluência de duas formas de paganismo, em que o paganismo pior e mais ativo devora o paganismo menos ruim, por isso mesmo menos dinâmico”. (Conferência proferida em 5/5/72)

A crítica ao que chamam de homofobia, portanto, muitas vezes é pura cristianofobia: crítica à homofobia = cristianofobia.

A cristianofobia neo-pagã vai alta. Mas Nosso Senhor Jesus Cristo, e sua Mãe Maria Santíssima, velam por seu povo e não permitirão que esta marginalização do cristianismo aconteça. Façamos nossa parte!

11 COMENTÁRIOS

  1. Sobre o pretexto da homofobia, querem impor a infame PL 122, agora com a nomeação de uma nova ministra da Sec. Polít. Mulheres, querem legalizar o aborto.

  2. Fobia é doença, é um medo irracional. A repulsa, que pode ser racional, não se encaixa nesses termos, pois o termo ja irracionaliza a própria ação influenciada por tal medo. Devemos acabar com essa manipulação semântica para não sermos escravos dos termos deles. Homofobia como fenômeno cultural não existe. Se tal fenômeno existe individualmente, deve ser raro, porque nunca vi ou ouvi falar. O que existe é a rejeição. Mas a rejeição contra os homossexuais é posta como rejeição à pessoa deles, à identidade, o que não é verdade, e é até um reducionismo e um ato preconceituoso deles contra eles mesmos.

  3. Tenho um livro alemão de Stefan Meetschen com o título “Europa ohne Christus?”.(ohne=sem)
    O original é de 2009. Vai na 5.a edição e esta já contém atualizações de 2011.
    Trata da “Christianophobie” como forma da perseguição atual. Apresenta muitos exemplos
    da União Europeia, da Alemanha, da Holanda, da Polónia, da Bélgica, do Luxemburgo…
    Recomendo a sua leitura.
    Para terem uma ideia segue um dos exemplos referidos:
    Vanneste, deputado francês, afirmou no jornal “La Voix du Nord” que não considerava o
    homosexualismo como perigoso, mas como inferior ao heterosexualismo. Moveram-lhe
    um processo no tribunal, perdeu e teve de pagar grandes multas por causa daquela afirmação.
    OL livro é praticamente um relatório de casos concretos e variados.

  4. Parabèns! Que JESUS o ilumine com a luz que nunca se apaga, para que sejam publicados mais e mais artigos para clarear os corações humanos.Aproveito o momento e faço uma convocação para todos os verdadeiros cristãos católicos, inclusives padres, bispos, diáconos, vigários, papa, etc.., Eu Hélio Florencio Pinto, estou pronto se preciso for, a morrer por cristo, mesmo que não consiga chegar ao céu. Ele fez e faz maravilhas na minha vida e da minha família. O que quero dizer com isso:Temos que provar neste exato momento o quanto adoramos CRISTO. Morrer pra mim é lucro, viver pra mim é CRISTO.Senhores padres, temos que falar mais nas homilias e com muita coragem sobre todo e qualquer ataque a CRISTO, doa quem doer. CRISTO é amor, perdão, misericórdia, mais jamais podemos abusar desse amor, desse perdão, dessa misericórdia fazendo o que bem entender. Ah! em última análise, não esqueçamos do PURGATÓRIO, é a ligação entre a terra e o céu, todos passaremos, queira ou não.

  5. Eu tenho pena da CNBB pois estão de que lado, nenhuma manifestação,silenciaram porque.
    Espero que se manifesta em tempo,senão vou começar a negalos,não a igreja mais sim
    os” bispos” e “sacerdotes”,A igreja é a sombra de Deus,por isso espero pela manifestação contra o PT, que é contra familia,contra principios, são os verdadeiros terroristas contra Deus. veja que o instituto plínio corrêa pediu
    uma lista assinaturas na rede de amizade, para levar ao bispo do rio, coisa que o bispo deveria fazer,anunciar uma caravana até palacio do governo para impedir que a imagem de Cristo redentor fosse usado pelas entidades carnavalesco, me parece que a igreja perdeu forças diante do governo do rio!
    Agora desmoronou-se tudo até a CNBB entrou em falência!!!

  6. Para Leo Daniele:

    “E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o souberam seus pais. Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia e procuravam-no entre os parentes e conhecidos. E, como não o encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele. E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas. E, quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, porque fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu, ansiosos, te procurávamos. E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai? E eles não compreenderam as palavras que lhes dizia.” Lucas 2-42 ao 50.

    “E, falando ele ainda à multidão, eis que estavam fora sua mãe e seus irmãos, pretendendo falar-lhe. E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te. Porém ele, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos? E, estendendo a mão para seus discípulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos; porque qualquer que fizer a vontade de meu Pai, que está nos céus, este é meu irmão, e irmã, e mãe.” Mateus 12-46 ao 50.

    Como se pode verificar, depois de Jesus Maria teve mais filhos, deixando de existir, portanto, após o nascimento dos outros filhos, sua condição de mulher virgem.

    Indubitável é que Maria é uma santa que foi escolhida por Deus para gerar o Senhor Jesus, mas na natureza carnal, não espiritual. Portanto, não devemos considerá-la como a mãe de Deus. Se fosse assim, Deus seria subordinado à Santa Maria, já que o filho deve render obediência à sua mãe. Deus é o Alfa e o Omega, o primeiro e o derradeiro. Acima de Deus não há ninguém.

    Por favor, queridos, leiam as Escrituras Sagradas! Antes, porém, entrem em comunhão e peçam a guia do Espírito Santo, para poderem entender o que leram e interpretar de maneira espiritual.

  7. Artigo claro, bem feito, tratando de uma matéria muito em voga, mas de maneira fácil de entender. É assim que deve ser. Parabéns. Estou enviando a todos os amigos que tem pavor de ser classificados de homofóbicos pelo fato de rejeitarem uma corrupção moral gravíssima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome