A força dos conservadores: esquerdas usam máscaras de centro

0

A esquerda no Brasil está mudando de máscara: deixar o vermelho, a boina, diminuir a estrela; “aposentar” figuras radicais e incendiárias; iniciar um discurso tentando captar o centro.

Na Colômbia o (ex?) terrorista do M-19, Gustavo Preto, candidato à presidência da república, acaba de ser recebido pelo Papa Francisco, adquiriu nova roupagem, “abandonou” as metralhadoras e as granadas da guerrilha.

Haveria prova mais indicativa do fracasso da esquerda do que trocar a máscara em época de eleições? Não é isso, também, uma afirmação da virada conservadora no Brasil?

O traje de camaleão do terrorista Gustavo Preto! Vai renunciar à metralhadora do M-19?

Gustavo Petro, (ex?)–guerrilheiro do M-19 —grupo comunista colombiano que causou cerca de cem mortes no assalto ao Palácio da Justiça em 1985— e que faz campanha para a presidência, foi recebido por ninguém menos que o Papa Francisco no Vaticano, em um evento que não pode ser considerado senão como um franco apoio ao socialismo na América Latina, pelo líder dos católicos. Algo que não surpreende, mas que causa grande desacordo em setores conservadores.” (1)

Para nós, católicos, é uma grande prova ver a força do Vaticano pôr-se a prestigiar figuras de extrema esquerda. Lula, Cristina Kirchner, Gustavo Preto, Evo Morales recebidos pelo Papa Francisco.

Por que essa maquiagem do comunismo?

Lula recebido no Vaticano em 13 de fevereiro de 2020

Explica o Prof. Plino: “Tempo houve em que a doutrinação explícita e categórica foi, para o comunismo internacional, o principal meio de recrutamento de adeptos.

“Em largos setores da opinião pública e em quase todo o Ocidente, por motivos que seria longo enumerar, as condições se tornaram hoje, em muito ponderável medida, infensas a tal doutrinação. Decresceu visivelmente o poder persuasivo da dialética e da propaganda comunista doutrinária integral e ostensiva.

“Assim se explica que, em nossos dias, a propaganda comunista procure cada vez mais fazer-se de modo camuflado, suave e lento. Tal camuflagem se faz ora difundindo os princípios marxistas, esparsos e velados, na literatura socialista, ora insinuando na própria cultura que chamaríamos “centrista” princípios que, à maneira de germens, se multiplicam levando os centristas à inadvertida e gradual aceitação de toda a doutrina comunista.”

A reação conservadora

Manifestação popular no Canadá contra a ditadura do Passaporte de Vacinas.

À rejeição das esquerdas deve somar-se as grandes manifestações conservadoras. Não se trata somente de inércia, de indolência, desinteresse pelas máximas da esquerda.

As gigantescas manifestações no Brasil mostram a força da reação conservadora. Enquanto isso a esquerda e o falso Centrão temem sair às ruas. E sabem por quê.

A rejeição ao ditatorial mandato de vacina tem dado ocasião a manifestações de grande porte, como o presente comboio da liberdade no Canadá, o Freedom Convoy 2022. https://ipco.org.br/breves-no-canada-socialistas-vs-liberdade-freedom-convoy-2022/

Pedimos autenticidade à direita

O IPCO tem publicado capítulos do livro Revolução e Contra-Revolução com o intuito de melhorar o nível cultural, moral e anticomunista de nossos leitores.

A verdadeira direita compreende que os fundamentos da ordem social, política e econômica são os Valores Morais. Uma Nação que tem princípios éticos, família, propriedade, que é fiel à sua tradição cinco vezes secular — e dotada por Deus de grandes tesouros naturais — tem as condições do verdadeiro progresso.

É nas vias da Civilização Cristã que o Brasil tomará a posição de liderança para a qual o destinou a Divina Providência.

Saibamos, também, tirar as máscaras da esquerda.

O Cristo Redentor e Nossa Senhora Aparecida guiem, protejam e iluminem o Brasil. Esse ainda será um grande País!

(1) https://panampost.com/raul-tortolero/2022/02/02/el-papa-francisco-recibiendo-al-comunista-gustavo-petro-pesima-senal-para-la-libertad-en-colombia/

Deixe uma resposta