Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

O vício vira política pública

Nosso Senhor insituiu o matrimônio entre um homem e uma mulher. Destruiu duas cidades, Sodoma e Gomorra, por terem se entregue ao vício do homossexualismo.Agora, esse vício é política pública do governo. E querem nos empurrar goela abaixo. Veja a notícia abaixo, da Agência Brasil. Preste atenção nas partes que colocamos em negrito. Veja o que estão chamando de sociedade civil hoje em dia.

E reflita sobre o que será nosso futuro próximo, nas mãos dessa “sociedade civil”, que quer criminalizar todo o tipo de “preconceito”. Naturalmente, será “preconceito” tudo o que lhes parecer conveniente… E eles não páram!

“Temos que comemorar que não tivemos nenhuma mudança no Programa Nacional de Direitos Humanos [PNDH 3] na parte referente aos direitos de

Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa do pecado de homossexualismo

homossexuais”

,disse Lena peres, diretora de Promoção de Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, que participou hoje (18) da abertura do 7º Seminário LGBT, no Congresso Nacional.

Durante o seminário, o presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transsexuais, Toni Reis, pediu apoio incondicional ao PNDH 3, que garante os direitos dos homossexuais.

“Esse plano não saiu da cabeça do presidente Lula, não saiu da cabeça do ministro Vannuchi [ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos]. Nós, da sociedade civil, construímos esse plano e temos a obrigação de defendê-lo, de forma intransigente, contra as forças conservadores que não querem ver direitos assegurados para todos nesse país”, destacou Toni Reis

O seminário é organizado pelas comissões de Legislação Participativa, de Direitos Humanos e de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Fonte: Repórter Agência Brasil (Juliana Andrade)

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

7 COMENTÁRIOS

  1. Não existe (ao menos no Brasil) preconceito contra os gays. O que existe é uma reação contra a falta de respeito que grita nos nossos ouvidos: “Tenho direito de ser gay, mas você não tem o direito de reclamar contra a exposição de minha preferência sexual.”

    Aliás, para aproveitar a falta de escrúpulos obrigatória, mandei fazer uma camiseta dizendo: […]. Exposição de preferência sexual é isso.

  2. Tomo o trabalho de responder sua invectiva, não em nome do site verdadeiramente meritório, mas em meu nome (e talvez de milhares e milhões de “homofóbicos”). Primeiro que quem tem tempo de sobra para “meter-se na vida alheia” devem ser todos os propugnadores e favoráveis ao PNDH-3 que, eles sim, querem IMPOR um modo de vida que a maioria dos brasileiros rejeitam por serem cristãos. Uma boa notícia para você é que Jesus Cristo veio aperfeiçoar as leis que Ele mesmo transmitiu a Moisés e não é preciso seguir ao pé da letra tudo que estão nos 27 livros do Levitico. Mas, lembro que Jesus pregava a humildade, o arrependimento dos pecados e a emenda de vida. Vale para todos, inclusive para os homossexuais. @Henrique Bittencourt

  3. Vocês devem ter é muito tempo sobrando para ficar se intrometendo na vida alheia!

    Usem um pouco desse tempo para ler melhor Levítico que tando mencionam nos seus comentarios homofobicos..

    Quem sabe depois de le-lo voces queiram tambem sair matando quem trabalha aos sabados, ou matar que faz a barba, ou vender a filha como escreva!

  4. Sem sombra de dúvida, temos a mais plana razão. O homossexualismo é uma praga horrível. Sempre foi e sempre será. Não é uma doença, nem um efeito genético. É um querer do livre arbirtrio de cada um. Por isso, é um pecado grave,
    Mas não nos podemos insurgir contra os homossexuais. É natural que eles se defendam, que eles mostrem que acreditam estar na verdade, que “eles puxem a brasa à sua sardinha”.
    Pela graça de Deus, não são muitos, embora sejam muito mais dos que deviam ser.
    Auscultemo-nos a nós mesmos´para ver onde está o motivo desta onda. Qual será a nossa responsabilidade pessoal e a nossa responsabilidade dentro da sociedade. Vejamos qual é a responsabilidade dos nossos Padres e Bispos.
    Não nos insurjamos contra os homossexuais que fazer o seu dever (mal interpretado, mas o seu dever), mas insurjamo-nos contra nós próprios e a nossa Hierarquia. Contra o avançar desta homossexualidade, os nossos bispos agora reunidos em Brasília o que nos ensinaram, que caminham vão ter?
    Enquanto so homossexuais apoiam o PNDH-3, os nossos Bispos apoiam o PNDH-3
    Que parceria esquisita, hein?!
    Quando os chefes desertam, o que hão de fazer os soldados?

  5. Ei Toni Reis; demagogo e mentiroso! “Nos, da sociedade civil…”. Que sociedade civil? O Sr. fez um plebiscito, um referendo no Brasil inteiro para ter a cara de pau de dizer que a sociedade civil elaborou esse plano???
    Qualquer bando de degenerados que queira se reunir numa sala fôfa, bem trancada, com ar condicionado, mais longe da sociedade civil do que a estação espacial internacional também poderia dizer que “nos da sociedade civil” elaboramos esse plano. Pode ter certeza que sempre havera um fole da imprensa pôdre que tentarà levar para a verdadeira sociedade civil essa mentira.
    Defenda as porcarias que o Sr. quiser, é seu direito. Mas não venha falar em nome de outros que o Sr. não representa, porque nos da sociedade civil não vamos admitir isso.
    E o Sr. vai defender êsse plano “de forma intransigente”?
    Os SS eram homossexuais e Hitler os defendia de forma intransigente. Foi la que o Sr. pegou o exemplo?
    E onde esta a tolerância?
    E onde esta a democracia?
    Mesmo respeitando o homossexual, alguém pode dizer que êle não està agindo corretamente?
    Nos da sociedade civil sabemos distinguir entre bandido e pessoa honesta. Nos da sociedade civil não somos trouxas, como o Sr. pensa, Sr. Toni Reis!
    O Sr. fala em “direitos assegurados”. Eu jà penso que câncer num corpo são não tem direitos. E o Sr. com sua intransigência vai querer me colocar na cadeia simplesmente porque eu penso e digo isto?
    Vem quente, Sr. Toni Reis, porque a sociedade civil que o Sr. não representa està fervendo…

  6. “Nós, da sociedade civil, construímos esse plano e temos a obrigação de defendê-lo, de forma intransigente, contra as forças conservadores que não querem ver direitos assegurados para todos nesse país”, destacou Toni Reis”. Mas o que Reis disse não é “politicamente correto”? Veja só: “intransigente”, “contra” não soa radicalismo ou fanatismo? Sempre que o conservador faz a defesa de seus valores eles nos taxavam de “intransigentes” e ser contra é ser piegas. E sociedade civil são só eles?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome