O movimento homossexual convocou seus filiados para o evento “Queimando a homofobia”. Vão levar livros religiosos… e o evento será na frente  da Catedral de Brasília. Será por quê?

Atualização: o grupo homossexual ABGLT atualizou seu site com mais dados:  “queimando a homofobia” – tragam sua bíblia ‘sagrada'”. Além disso, dá como contato deles em Brasília o Diretório Central dos Estudantes da UnB e o Centro Acadêmico de Sociologia da mesma Universidade. (OBS: já estudei na UnB e tenho um irmão lá: sei que a grande maioria é contra o PLC 122, mas há sempre uma minoria que grita. É interessante notar que o DCE e o CASO sempre apoiaram MST e congêneres…)

Prezados Participantes,

Fomos alertados por leitores de nosso site que o movimento homossexual ABGLT promoverá amanhã, dia 1 de Junho, o evento “Queimando a homofobia”.

Segundo o próprio site da associação,

Dia 01/06 – Brasília: “Queimando a homofobia” Aglomeração as 14:00 na porta da catedral. Tragem [sic!] livros religiosos, por uma sociedade em prol da diversidade

Segundo a Sra. Sara Rozante, que nos alertou, dependendo do modo como realizado o evento, pode ser considerado “crime, que consta no Código Penal: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/anotada/2329123/art-208-do-codigo-penal-decreto-lei-2848-40

Ainda que o evento não ocorra – seja por falta de gente ou outra razão – , o simples anúncio indica onde o movimento homossexual parece querer chegar. Note-se que essa mesma associação (ABGLT) foi convidada pela Sen. Marta Suplicy para participar de audiência pública no Senado…

52 COMENTÁRIOS

  1. Meu caro Alécio, tudo indica que você está confundindo amor com relação sexual. Eu posso amar um irmão ou amigo e isto nada tem a ver com sexo; e há quem se relacione como os sodomitas (cometendo torpeza) e isso não é amor. Um homem e uma mulher casados podem ter um leito imaculado; dois parceiros gays nunca experimentarão isto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome