A pressa de Biden: EUA menos seguro em poucas horas

0

O procurador-geral do Texas, Ken Paxon, disse que vai processar o governo Biden por causa do “congelamento das deportações ilegais”.

Estados fronteiriços são especialmente visados

Diz o Procurador-geral: “Estados fronteiriços como o Texas pagam um preço particularmente alto quando o governo federal falha em cumprir fielmente as leis de imigração de nosso país”, escreveu Paxton em uma carta. Paxton observou: “Não tolerarei atos ilícitos da administração de Joe Biden. Hoje, estou entrando em ação. “

Ela veio depois que o Departamento de Segurança Interna (DHS) disse que o governo Biden iria interromper as deportações de alguns imigrantes ilegais por 100 dias.

Biden tornou menos seguro esse País

O comissário de Alfândega e Proteção de Fronteiras do EUA, Mark Morgan, acusou o governo Biden de tornar os Estados Unidos menos seguros horas após seu juramento na semana passada.

“Com o golpe de uma caneta, o presidente Biden tornou este país menos seguro“, disse Morgan ao Breitbart News em 23 de janeiro. “É pura política sobre segurança pública.”

Sei o que dissemos à equipe de transição

Não faltou alerta. “Olha, eu sei o que nossa equipe disse à equipe de transição”, disse o ex-comissário, acrescentando que acredita que o governo não conversou com especialistas da Patrulha de Fronteira sobre quais políticas deveriam permanecer. “Eu conheço os fatos, dados e análises que foram fornecidos. Eu sei o que eles disseram e deram para mostrar que a parede (barreira imigratória) funciona. “

Morgan citou a remoção do Protocolo de Proteção ao Migrante (MPP), também conhecido como programa “Permanece no México”, como um programa que deveria ter sido mantido.

“Então, isso é algo que temos dito que é a coisa mais perigosa que ele (Biden) disse o tempo todo, que ele iria se livrar no primeiro dia, e foi isso que ele fez”, acrescentou o ex-comissário. “Essa política por si só é atribuída à redução absoluta de famílias [de migrantes] vindas da América Central”.

“É frustrante o que estou vendo agora”, acrescentou Morgan. “Para mim, é tudo política. É tudo uma questão de política. E nosso país é menos seguro por causa disso e é simplesmente nojento. “

O programa MPP foi lançado para conter imigração ilegal

O programa MPP foi lançado em janeiro de 2019 para ajudar a conter o fluxo de pedidos de asilo sem mérito que obstruíam o sistema às centenas de milhares. O programa MPP faz com que os requerentes de asilo esperem no México enquanto seu pedido de asilo é julgado. Antes de sua implementação, milhares de imigrantes ilegais foram liberados para os Estados Unidos e disseram para aguardar seus casos, a maioria dos quais não compareceu ao tribunal, informa a notícia.

O governo também disse que, por 100 dias, interromperá as deportações de alguns imigrantes ilegais. Por essa razão o Procurador-geral do Texas afirmou que ia processar o governo Biden. Diz o Procurador-geral Ken Paxon: “Estados fronteiriços como o Texas pagam um preço particularmente alto quando o governo federal falha em cumprir fielmente as leis de imigração de nosso país”, escreveu Paxton em uma carta. Paxton observou: “Não tolerarei atos ilícitos da administração de Joe Biden. Hoje, estou entrando em ação.”

***

Congelar a deportação não é a única pressa do governo Biden. Ele chamou o aborto de “serviço de saúde essencial” e deseja consagrar o aborto sob demanda durante todos os nove meses de gravidez na lei federal.

Nomeou o Dr. Anthony Fauci como Conselheiro Médico Chefe de Joe Biden o novo link entre EUA e OMS: “Tenho a honra de anunciar que os Estados Unidos continuarão sendo membros da Organização Mundial da Saúde”, declarou Fauci.

Sob a autoridade de Biden, os EUA estarão “totalmente engajados no avanço da saúde global”, acrescentou ele, e “trabalharão de forma construtiva com os parceiros para fortalecer e reformar a OMS”.

E a China esfrega as mãos … de contentamento: outras concessões à esquerda virão da Casa Branca.

***

O leitor já ouvir falar em imigração para Coréia do Norte, Cuba, Venezuela ou China? Por que as imigrações descontroladas se voltam sempre contra o Ocidente cristão?

O Brasil sempre se destacou pelo acolhimento aos imigrantes. Isso é muito diferente de uma emigração descontrolada como a que provoca a ditadura de Maduro. Uma imigração nunca pode ser fator para desnaturar uma Nação, dissolver as qualidades pátrias, aniquilar a “alma nacional“.

Desnaturar a alma nacional é o mesmo que destruir a brasilidade: isso não podemos permitir por fidelidade àquilo que a Providência dotou essa Nação.

O que é a brasilidade? A “Alma nacional”

Comenta o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira (1):

Aspecto da alma do brasileiro: bondade.

… há dois modos, para um país, de perder a sua existência. O primeiro é quando ele perde sua alma. O segundo quando perde seu território. Há países que existem no mapa político contemporâneo como meros vestígios do que foram outrora. (…)

Evidentemente, um povo não troca de mentalidade impunemente, como um homem troca de camisa. Em geral, cada povo tem uma missão histórica para a qual o mesmo foi dotado pela Providência de uma estrutura psicológica particular. Sempre que a psicologia nacional se encontra na linha do progresso da estrutura psicológica do País, este estará em rumo ascendente. Sempre que, pelo contrário, a alma nacional evoluir em sentido oposto à sua vocação e à sua estrutura psicológica, o declínio será inevitável.

(…) Usamos a expressão “alma nacional”. Evidentemente, trata-se de uma metáfora destinada a designar um conjunto de disposições psicológicas que existem em todos os indivíduos de uma mesma Nação e que constituem, pois, a característica psicológica da própria Nação.

Essas disposições psicológicas engendram costumes, sistemas artísticos e instituições políticas impregnados a fundo da psicologia nacional.

Alterada esta, a vida artística, social, cultural e política se alterarão inelutavelmente. E no dia em que a alteração tiver sido completa, a Nação terá perdido, até certo ponto, a identidade consigo mesma.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/former-border-patrol-head-biden-administration-made-america-less-safe-within-hours_3668931.html?utm_source=newsnoe&utm_medium=email&utm_campaign=breaking-2021-01-24-2

Deixe uma resposta