Democratas querem dividir os EUA: McConnell (Senado) rejeita impeachment de Trump

0
164

A esquerda Democrata americana está sedenta de poder e de retaliação. Foi-se o tempo da cavalaria em que a honra imperava. Como a conduta moral que regia as relações vencedor-vencido — observada até em episódios de guerras mais recentes — vai sendo pisoteada por essa esquerda vingativa. E, que se diz, Democrata.

Nancy Pelosi (D) representa a esquerda açodada. Mitch McConnell (R-Ky.) advoga a transição pacífica do Podem

Tentar o impeachment do Presidente Trump nos últimos dias de seu Mandato, pedidos junto ao Pentágono para destituir Trump do comando, alegando distúrbios mentais que poderiam precipitar uma guerra, pressionando o Vice Pence de usar a 25a. Emenda para destituir o Presidente tudo isso foi tentado em caráter de urgência por Nancy Pelosi e outros Democratas.

McConnell rejeita formalmente os pedidos de início antecipado de julgamento de impeachment no Senado

“O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell (R-Ky.) disse na quarta-feira que o segundo julgamento de impeachment do presidente Donald Trump não começaria até que o presidente eleito Joe Biden fosse empossado na próxima semana.”

“Sua declaração rejeita formalmente os apelos implorando-lhe para retornar o Senado a Washington o quanto antes, a fim de iniciar a próxima fase de impeachment. Isso aconteceu depois que a Câmara, controlada pelos democratas, votou pelo impeachment de Trump por causa da acusação de que o presidente incitou uma insurreição que resultou na violação do governo do Capitólio dos EUA em 6 de janeiro.”

Palavras de McConnell

Lembramos que McConnell não se juntou à lista de Deputados e Senadores que iriam contestar a certificação dos votos dia 6. Pelo contrário, ele desaconselhou medida.

“Dadas as regras, procedimentos e precedentes do Senado que regem os julgamentos de impeachment presidencial, simplesmente não há chance de que um julgamento justo ou sério possa ser concluído antes do juramento do presidente eleito Biden, na próxima semana. O Senado realizou três julgamentos de impeachment presidencial. Eles duraram 83 dias, 37 dias e 21 dias, respectivamente ”, escreveu McConnell em um comunicado após a votação de impeachment.

“Mesmo se o processo do Senado começasse esta semana e se movesse prontamente, nenhum veredicto final seria alcançado até que o presidente Trump deixasse o cargo. Esta não é uma decisão que estou tomando; é um fato. O próprio presidente eleito declarou na semana passada que sua posse em 20 de janeiro é o caminho ‘mais rápido’ para qualquer mudança no ocupante da presidência. ”

Por que dividir ainda mais a Nação? Dilacerando a “alma nacional”

Durante a votação do Impeachment na Câmara, dia 13, os republicanos disseram que o processo dividiria ainda mais a nação. Até a epidemia da Covid-19 ficou de lado nesse açodamento da esquerda democrata: Pelosi foi acusada de autorizar deputado democrata em quarentena de participar da votação.

A repuplicana “Greene (R-Ga.) usou o Twitter para desafiar (o democrata) Jayapal, escrevendo: “Espero que você se recupere totalmente de # COVID19 sem complicações! Antes de apontar o dedo para mim ou qualquer outra pessoa, você precisa falar diretamente com @SpeakerPelosi sobre expor TODOS nós à cobiça (do vírus) quando ela ligou de volta para membros POSITIVOS da Câmara na semana passada pedindo votos para presidente! ” Vários membros, incluindo a deputada Gwen Moore (D-Wis.), voltaram para votar no cargo de porta-voz após o teste ser positivo. Moore não completou o período de quarentena recomendado.” (*)

Por que os Democratas insistem em rasgar o País? Querem uma nova Guerra de Secessão?

A esquerda Democrata não toma em consideração que uma Nação profundamente marcada pela divisão, pela polarização que vem aumentando durante anos, deveria ser tratada com bálsamos e não com excitantes. O número de americanos descontentes com a lisura da eleições presidencias é enorme.

A “alma nacional” americana está profundamente contundida em seus valores, naquilo que a Nação tem de mais sagrado. Engano, dolo, trapaça, falsificação não são aceitos por um norte-americano.

Não é necessário muita análise e observação para afirmar que o movimento conservador americano se sente mais expressado por representantes Republicanos. A insistência de Democratas a favor do aborto, de aproximação com Cuba, com o Irã não deixam a menor dúvida a esse respeito.

É parte ativa e fundamental, da mentalidade americana, as ideias de veracidade (não se pode mentir), de honestidade (não se pode falsificar), de legítima defesa (liberdade para uso de armas), e, agora na apuração de votos, integridade eleitoral. Sim, o americano seja ele republicano ou democrata, quer a integridade eleitoral.

Não estamos tomando posição pró ou contra as denúncias de fraude nas recentes eleições. Estamos constatando que a controvérsia dividiu ainda mais a fundo o País.

Ora, esses pontos fundamentais da “alma nacional americana”, estão sendo contundidos pela esquerda Democrata.

Devemos focar numa posse segura e transferência ordenada de Poder

Demonstrando bom senso, o lider da maioria, “McConnell, que não indicou como votaria, disse que o Congresso e o ramo executivo passam os próximos sete dias focados em “facilitar uma posse segura e uma transferência ordenada de poder para o próximo governo Biden”.”

Pelo contrário, acenando com mais veneno e divisão, o “líder democrata do Senado, Chuck Schumer (D-N.Y.), prometeu em uma declaração após a votação de impeachment que um julgamento para Trump prosseguirá e que o Senado realizará uma votação para impedir Trump de concorrer à presidência novamente.

Vejamos as palavras de Schumer: “O presidente dos Estados Unidos incitou uma multidão violenta contra o governo devidamente eleito dos Estados Unidos em uma tentativa cruel, depravada e desesperada de permanecer no poder”.

Nós, brasileiros, conhecemos uma linguagem parecida: PT, PSOL, PCs e assemelhados. Também a diplomacia de guerreiro-lobo ditada por Xi Jinping a seus “diplomatas” não escapa à regra.

Quem une é a Verdade; o erro, o dolo, a falsidade só trazem desunião, discórdias e guerras.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/mcconnell-formally-rejects-calls-for-early-start-for-senate-impeachment-trial_3654755.html?utm_source=morningbriefnoe&utm_medium=email&utm_campaign=mb-2021-01-13

Deixe uma resposta