Ação Contra-revolucionária em Minas: Caravana IPCO em BH

0

A Caravana de jovens do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira (IPCO) iniciou hoje suas campanhas públicas em Belo Horizonte.

Composta por voluntários de diversos estados brasileiros sua presença na capital mineira será marcada pela atuação em logradouros públicos e Terços pedindo à Nossa Senhora que livre o Brasil do socialismo e do comunismo.

Terço em frente ao Santuário do Pe. Eustáquio, 11 de junho 2022

Convite, faça sua doação para manter a Cavana: https://ipco.org.br/faca-ja-sua-doacao/

O que são as Caravanas do IPCO?

As Caravanas surgiram da necessidade de ampliar nosso contato com o público. Estávamos em 1969 — mais de 50 anos — quando o Prof. Plinio idealizou a formação de Caravanas. Kombis, com 9 jovens, passaram a visitar cidades brasileiras percorrendo nosso hinterland. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/Gesta_0103_caravanastfps.htm

De lá para cá, as Caravanas se sucederam, percorrendo milhares de cidades brasileiras divulgando obras contra o socialismo, contra o comunismo, contra a reforma agrária socialista; as grandes campanhas em defesa da família, a divulgação da Mensagem de Fátima foram outras importantes iniciativas que visavam sempre fortalecer a reação conservadora

Marca Registrada em Marketing

As Caravanas não têm similar no Brasil. Realização brasileira, inovação brasileira que vai além da comunicação através do rádio, tv, jornal e internet. É uma ação de presença, um contato direto com o público, a comunicação de estilo de ser conservador e contra-revolucionário.

Terços Públicos em BH dias 11 e 12

Dia 12: Terço público em frente ao Santuário São José: 11h30

Venha manifestar publicamente a sua Fé! 11h30 Em frente ao Santuário São José – Centro BH

Vamos manifestar publicamente a nossa Fé católica. Glorificar Maria, recitar o rosário, repudiar o socialismo, o comunismo, a agenda de gênero, o aborto.

Convite, faça sua doação para manter a Cavana: https://ipco.org.br/faca-ja-sua-doacao/

Visita ao Santuário do Pe. Eustáquio

Quem foi o Pe. Eustáquio?

Recomendamos a nossos leitores a defesa que fez o Prof. Plinio do apostolado do Pe. Eustáquio quando exercia seu ministério sacerdotal em Poá (SP) https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG%20410511_AscurasdePo%C3%A1.htm

“A bênção que o Rev.mo Sr. Pe. Eustachio [Pe. Eustáquio van Lieshout (1890-1943)] dá é feita na mais  estrita conformidade com o ritual católico e não comporta a adição de quaisquer outros ritos ou práticas. A água que ele abençoa é água natural, muitas vezes trazidas pelos próprios pacientes e, pois, sua ação não pode deixar de ser inteiramente diversa dos remédios de charlatães. Quanto ao lucro de que os charlatães são tão ávidos, ele não se verifica. Depois de um dia de trabalho exaustivo, que certamente faria adoecer pessoas menos vigorosas fisicamente, o Rev.mo Sr. Pe. Eustachio não leva consigo outra consolação senão a de ter aliviado um número considerável de sofrimentos físicos e morais. Em que, pois, o charlatanismo que, segundo acusações à boca pequena, se propala que existe em Poá?

As curas de Poá constituem fatos maravilhosos, se bem que possivelmente não miraculosos. De qualquer maneira, é em um ambiente de grande respeito que se deve observar e considerar o que ali vem ocorrendo.”

Os jovens da Caravana rezam junto ao túmulo do Pe. Eustáquio, em Belo Horizonte

Nossa Senhora Aparecida guarde o Brasil.

Deixe uma resposta