Biden fala em “dias mais sombrios”; Trump pede que Deus continue a abençoar a Nação

1

Duas mensagens de Natal que espelham as respectivas mentalidades dos democratas e republicanos nos EUA.

A pandemia do covid-19 tornou ainda mais clara a divisão no País. Por que enquanto uns alimentam esperanças de vencer o vírus — com a ajuda da Providência — outros, os democratas, como as esquerdas em todo mundo, se servem da Pandemia para promover a Nova Ordem Mundial, a Maior Senzala já sonhada pelos ditadores.

Se Biden for confirmado presidente em 6 janeiro, data em que o Congresso escolhe o Presidente, sombrias perspectivas nos aguardam. Sua mensagem de Natal mais parece um presságio de longos túneis, pedregosos, sombrios.

“Dias mais sombrios” estão por vir

“WASHINGTON DC, 23 de dezembro de 2020 (LifeSiteNews) – Joe Biden fez um discurso em vídeo de Natal, no qual deu a mensagem sinistra de que os “dias mais sombrios” do país estão por vir, e demonstrou ainda mais seu alinhamento com o plano globalista “Great Reset” .

“Logo no início de seu discurso feito na terça-feira, Biden fez referência ao COVID-19, aos incêndios florestais, “apelos por justiça racial” ou os tumultos da questão da vida dos negros e a “crise econômica”, observando que 2020 foi “um dos os anos mais difíceis que já enfrentamos como nação. “

Nesse caso, Biden reconhece, portanto, que o presidente Trump enfrentou um ano muito difícil.

“Referindo-se a si mesmo e sua esposa, Biden declarou que “Nossos corações estão com todos vocês que passaram por tempos difíceis sem culpa própria, incapazes de dormir à noite, oprimidos pela preocupação com o que o amanhã trará para vocês e para suas famílias. “”

A Divina Providência vele pelas Américas, pelo Norte, pelo Centro, pelo Sul. Não se enfrenta um grande perigo, como é a batalha contra a pandemia, disseminando desânimo.

Churchill enfrentou o poder do IIIo. Reich

Com a queda de Chamberlain (1940), o novo chefe de Governo, Winston Churchill, prometeu ao povo britânico “lágrimas, sacrifícios, sangue e suor” até à vitória final, dizendo à Admiralty House:

“Direi à Câmara dos Lordes o que disse aos que compõem este governo: ‘não tenho outra coisa a oferecer senão sangue, sacrifícios, lágrimas e suor’. (…) Perguntais qual é a nossa política? Respondo: é a guerra movida por mar, por terra e nos céus, com todo o nosso poderio e com toda a força que Deus nos concederá; fazer a guerra contra uma monstruosa tirania, nunca ultrapassada no obscuro e triste catálogo dos crimes humanos. Esta é a nossa política. Perguntais: qual é o nosso escopo? Posso responder com uma só palavra: é a vitória, vitória a todo custo, vitória apesar do terror, vitória embora possa ser longo e difícil o caminho; pois sem vitória não existe sobrevivência” (*).

***

Enfrentemos a covid-19 com os olhos postos na Divina Providência

Essas deveriam ser as palavras que nos chegam da maior potência mundial. Ainda mais encorajadouras seriam as palavras do Soberano Pontífice, às Nações da Terra, representante dAquele que afirmou: Tende confiança, eu venci o mundo.

O Menino Jesus, sua Mãe Santíssima e São José velem pelas Américas, pela Santa Igreja e por todos os fieis.

***

As coisas vão piorar apesar da vacina

“Ele lembrou a imprensa de sua própria vacinação recente contra COVID-19, que ele descreveu como um esforço para encorajar outros a seguirem o exemplo, mas acrescentou que “Os especialistas dizem que as coisas vão piorar apesar da vacina. Nossa média de mortalidade é de cerca de 3.000 por dia. Isso significa que perderemos dezenas de milhares de vidas nos próximos meses, e a vacina não será capaz de impedir isso. “”

“E aqui está a verdade simples”, continuou Biden, “Nossos dias mais sombrios nesta batalha contra COVID estão à nossa frente, não atrás de nós.”

Ele apontou para a “paciência, persistência e determinação” que considerou necessárias “para vencer este vírus”.

A Mensagem do presidente Trump

A mensagem de Natal de Trump enfatizou alegria, esperança
As palavras de Biden prometendo dias sombrios à frente estão em forte contraste com a mensagem religiosa e até mesmo teológica de alegria e esperança que Trump transmitiu alguns dias antes. Em uma mensagem de vídeo para a nação, Trump desejou aos americanos “um muito, muito Feliz Natal”.

“Para os cristãos, este é um momento de alegria para lembrar o maior presente de Deus ao mundo”, lembrou o presidente. “Acima de tudo, durante a época sagrada, nossas almas estão cheias de gratidão e louvor a Deus Todo-Poderoso por nos enviar Cristo Seu Filho para redimir o mundo. Esta noite, pedimos que Deus continue a abençoar esta nação. E oramos para que Ele conceda a cada família americana uma época de Natal cheia de alegria, esperança e paz. “

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/bidens-christmas-message-our-darkest-days-in-this-battle-against-covid-are-ahead-of-us-not-behind-us

Ainda segundo LifeSiteNews: “Delineando as medidas que tomaria caso assumisse o cargo, Biden quase parecia estar descrevendo os dias sombrios que previra momentos antes. Ele mencionou “requisitos de mascaramento, uma nova estratégia de testes e produção acelerada de equipamentos de proteção”, que entrariam em vigor em seu primeiro dia no cargo.”

“Depois de um ano de dor e perda, é hora de se unir, se curar, se reconstruir”, concluiu.

Estas observações finais continham semelhanças com o próprio apelo de Biden e alinhamento com o movimento globalista, a “Grande Restauração”, que é identificada pela frase “reconstruir melhor”.

“Construir de volta melhor” também é o endereço do site de transição do próprio Biden.

Em outras palavras, sempre recomendando o “Novo Normal”, o Great Reset, a ditadura mundial sempre sonhada pelos inimigos da Igreja e da Civilização Cristã.

O Homem Novo, segundo o ensinamento de São Paulo

Historicamente, quem conseguiu mudar o homem foi a Santa Igreja. Esse sim, é o “homem novo”, de que fala São Paulo. O homem novo é gerado pela graça de Deus, pela prática dos Mandamentos, pela observância da Lei.

Referindo-se aos péssimos costumes dos pagãos, adverte o Apóstolo, aos Efésios: “Mas vós não aprendestes assim (a conhecer) Cristo, se é que ouvistes pregar dele, e fostes ensinados nele, segundo a verdade que está em Jesus, a vos despojardes, pelo que diz respeito ao vosso passado, do homem velho, o qual se corrompe pelas paixões enganadoras, a renovar-vos no vosso espírito e nos vossos pensamentos, e a revestir-vos do homem novo, criado segundo Deus na justiça e na santidade verdadeiras.” (Ef 4, 21-24).

São Paulo também fala em despojar-se do homem velho. Mas ele é muito claro e direto: o homem novo é fruto da justiça e da santidade.

Se queremos reformar o homem, se queremos transformar a socieadade ouçamos a voz das Profecias de Fátima: oração e penitência, reforma da vida. Por fim o meu Imaculado Coração triunfará!

1 COMENTÁRIO

  1. Joe Biden é um tirano que deseja tirar os EUA do rumo do seu Destino Grandioso. Não merece confiança alguma. Ele e o Papa Francisco estão de mãos dadas com o Comunismo Globalista, jamais imaginado nos pesadelos mais delirantes dos nefastos Karl Marx, Engels, Lenin e Mao Tsé-Tung. Apesar de tudo, devemos confiar em absoluto na promessa de Nossa Senhora em Fátima: “Por fim, meu Imaculado Coração triunfará”. O Comunismo, mais cedo ou mais tarde, será derrotado!

Deixe uma resposta