O plano mundial do Great Reset recebe apoio declarado de Xi Jinping. Os comunistas agem segundo as normas do Partido, ou seja, da Revolução. E, o grande lance da esquerda mundial é, no momento, implantar a “governança global”.

Esse seria o “Novo Normal”: aceite ser controlado, viva sob o medo e o pânico da morte … tudo isso é para o seu bem.

O código QR é um instrumento a mais de pressão a favor da vacina obrigatória apesar desta ainda estar em fase de testes. E o grande plano do comunismo internacional estaria consolidado.

***

 A meta é a “governança global”

“PEQUIM, 26 de novembro de 2020 (LifeSiteNews) – O presidente (vitalício) da China pediu aos líderes mundiais que apresentassem os passaportes de saúde digitais Covid-19 usando códigos QR, como parte de um plano para reiniciar as viagens internacionais e para garantir o “fluxo ordenado de pessoal”.

Quer dizer que temos atualmente um fluxo desornadado e o código QR vai pôr tudo em ordem.

“Precisamos harmonizar ainda mais as políticas e padrões e estabelecer ‘vias rápidas’ para facilitar o fluxo ordenado de pessoal. A China propôs um mecanismo global de reconhecimento mútuo de certificados de saúde com base em resultados de testes de ácido nucléico na forma de códigos QR aceitos internacionalmente ”, disse Xi.

O que a China (PCCh) quer é uma “cooperação institucionalizada e construção de redes de cooperação global para facilitar o fluxo de pessoal e bens.”

Comentando mais, Xi acrescentou que a Covid-19 “expôs as deficiências da governança global”.

***

O confinamento de quase 60 milhões de chineses, por meses, na província de Hubei (Wuhan) — o maior da História — bem mostra que Xi Jinping é o maior inimigo da liberdade individual.

A ausência de eleições livres há 70 anos mostra que o PCCh dirige o povo chinês de forma ditatorial.

Bill Gates, Soros e até o Vaticano têm agora um novo aliado: Xi Jinping, o chefe do PCCh.

Covid-19 não é a maior Causa Mortis

Fonte: https://www.worldometers.info/

Lembramos, de passagem, que a covid-19 não é a maior causa mortis global. HIV-Aids mata mais. Aborto ceifa quase 30 X mais do que o vírus de Wuhan. Câncer, álcool sobrepsssam a covid-19.

Mas, segundo o ditador vitalício chinês, “A comunidade internacional tem grande interesse na ordem internacional pós-Covid e na governança global, bem como no futuro papel do G20”.

Como funciona o sistema de controle de código QR

“A China vem operando um sistema de código QR há vários meses, com três cores usadas para denotar o nível de liberdade que um indivíduo pode ter. Um código verde permite a uma pessoa a maior liberdade de movimento, enquanto um código âmbar significa que ela deve ser “colocada em quarentena por sete dias”. Uma pessoa com um código vermelho tem que “entrar em quarentena governamental ou auto-quarentena por 14 dias”.”

O Financial Times informou em maio que, para usuários do sistema que tinham um código vermelho, “a polícia pode ser chamada”.

“Para obter um desses códigos de saúde, as pessoas devem inserir seu “nome, número de identidade nacional ou número de passaporte e número de telefone”, bem como histórico de viagens, suspeita de contato com alguém infectado com o vírus e sintomas pessoais indicativos de o vírus.”

A versão utilizada na cidade de Pequim, estipula que os usuários não devem apenas fornecer esses detalhes, mas também operar com base no reconhecimento facial.

Um controle nunca visto ameaça a Humanidade

“O Financial Times observou que “Às vezes parece que cada transação – até mesmo entrar em um parque – está sujeita à aprovação do governo.””

“O New York Times também descobriu que o sistema “parece compartilhar informações com a polícia, estabelecendo um modelo para novas formas de controle social automatizado que podem persistir por muito tempo depois que a epidemia diminuir”. O jornal acrescenta que a polícia esteve envolvida no desenvolvimento do sistema.”

Uma clara violação dos direitos humanos

“Os comentários do presidente Xi geraram preocupações por parte do diretor da Human Rights Watch, Kenneth Roth. Roth recorreu ao Twitter para escrever: “Cuidado com a proposta do governo chinês de um sistema global de código QR. Um foco inicial na saúde poderia facilmente se tornar um Cavalo de Tróia para monitoramento político mais amplo e exclusão, semelhante aos perigos associados ao sistema de crédito social da China. “”

“Paul Bischoff, um analista de segurança que escreveu sobre vigilância em cidades, disse anteriormente ao Mail Online: “Este é o tipo exato de alarme contra o qual os defensores da privacidade alertaram desde que os aplicativos de rastreamento de contatos foram introduzidos.””

“Bischoff continuou: “Sempre houve o risco de que os aplicativos de rastreamento de contatos fossem usados ​​além do propósito pretendido, especialmente para vigilância. Não é difícil imaginar as autoridades aproveitando o acesso aos dados de rastreamento de contatos e usando-os para restringir a liberdade de movimento e reunião.” ”

Quem não percebe que o código QR “encorajaria mais pessoas a serem vacinadas”?

Também Bill Gates quer os certificados digitais

No início do ano, o procurador-geral dos EUA, William Barr se referiu à ideia de Bill Gates de certificados digitais comprovando a vacinação como uma “ladeira escorregadia em termos de invasões contínuas da liberdade pessoal”.

***

Os livros de ficção sobre o grande ditador, os sonhos de Hitler de controle populacional, as ditaduras de Stalin e Mao recebem agora um novo impulso: o controle efetivo da população mundial, que é transformada num rebanho.

Bill Gates, Soros, a Big Tech e até o Papa Francisco se associam, ou melhor, antecederam as declarações sinistras de Xi Jinping.

17 de julho de 2020 (LifeSiteNews) – O Vaticano está dando voz a instituições globalistas, como as Nações Unidas e o Fórum Econômico Mundial, em vista da “ação coletiva” para a reconstrução da sociedade – ou melhor, a construção de um novo sociedade com muitos tons utópicos.

A Comissão COVID-19 do Vaticano está promovendo o mesmo tipo de ação: desarmamento global, uma resposta “verde” que envolverá uma profunda mudança na economia na sequência do Laudato si ‘, assistência médica universal e outras “soluções” globais em harmonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (os ODS para 2030).”

Irá a Humanidade abdicar de sua liberdade, de seu direito sobre seu corpo em favor de uma ditadura mundial?

O Brasil libertou-se da Escravidão em 13 de maio de 1888, pela pena da Princesa Isabel. Uma nova escravidão de negros, brancos, amarelos se desponta no horizonte mundial. Estivesse o Brasil nas garras do PT e certamente seríamos uma imensa Senzala … controlada pela Huawei 5G, nas mãos do PCCh.

Que Nossa Senhora de Fátima, que predisse sua vitória universal e a derrocada do comunismo, afaste de nós esse sinistro designio da Revolução, enunciado por Xi Jinping.

Fonte: https://www.lifesitenews.com/news/president-xi-calls-on-world-leaders-to-imitate-chinas-covid-19-digital-health-certificates

4 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta