Arcebispo de Shangai Aloisio Jin Luxian, falecido em abril 2013
Arcebispo de Shangai Aloisio Jin Luxian, falecido em abril 2013

A mais importante diocese da China passa por uma de suas mais difíceis crises em decorrência da repressão comunista, denunciou o jornal de Londres “The Telegraph”.

A comunidade católica de Xangai reúne 150 mil fiéis, segundo o governo, mas os sacerdotes julgam que é o dobro disso.

O bispo de Xangai, Dom Aloísio Jin Luxian, faleceu no último mês de abril aos 96 anos de idade. E no dia 7 de julho aquele que caminhava para ser seu sucessor, o bispo auxiliar Dom Tadeo Ma Daqin, foi desaparecido pela polícia comunista.

Dom Tadeo Ma, momentos antes da polícia fazê-lo "desaparecer"
Dom Tadeo Ma, momentos antes da polícia fazê-lo “desaparecer”

Dom Tadeo Ma parecia encarnar o enganador sonho de uma conciliação entre a ditadura de Pequim e a diplomacia da Santa Sé, conhecida como “Ostpolitik”.

Ele estava inscrito na Associação Patriótica – espécie de cúpula eclesiástica ilegítima controlada pelos ditadores de Pequim.

Porém, no dia de sua sagração, diante de milhares de fiéis reunidos na catedral, Dom Tadeo anunciou que renunciava a essa associação engendrada pelo comunismo, por ser incompatível com a fidelidade à Igreja e ao Papa.

Desde então ele é mantido em prisão domiciliar num seminário nos subúrbios da grande Xangai.

Sem bispos legítimos, a mais rica e mais importante diocese católica da China jaz envolta na incerteza.

Os fiéis se sentem “em estado de choque, aflitos e ansiosos”, diz o Pe. Michael Kelly, diretor da agência de notícias UCA News, uma das mais bem informadas sobre os assuntos católicos na Ásia.

“É o pior dos momentos… não sabemos qual será o próximo passo do governo. Não sabemos qual será o próximo passo da comunidade… Só Deus sabe o que acontecerá.”

“Neste país, você não ama o país se não ama o Partido Comunista. E muitos católicos chineses amam o país, mas não amam o Partido.”

A confusão estabelecida reaviva a memória da noite de 8 de setembro de 1955, quando agentes comunistas prenderam e aprisionaram os líderes católicos, inclusive ao bispo D. Jin, que acabou passando 18 anos atrás das grades e trabalhando em campos de concentração.

Semana Santa na China
Semana Santa na China

A atitude intrépida e a resistência de D. Tadeo ao comunismo deixaram os tiranos loucos de furor. Eles não querem mais saber de nenhuma ordenação, com medo de a cena voltar a se repetir.

Os equipamentos gráficos que Dom Jin importou da Alemanha foram proibidos de funcionar, pois, como forma de “castigo” à fidelidade de Dom Tadeo, a Associação Patriótica não aprova nenhum novo impresso.

A crise é agravada pelo fato de a Associação Patriótica proceder à sagração de quatro bispos sem a aprovação do Vaticano. Todos eles incorreram em excomunhão imediata e estão suspensos de ordens, mas ocupam ilegalmente as dioceses. Eles são repudiados pelo povo, mas sustentados pelo governo.

“Não há solução à vista para a presente confusão”, diz o padre belga Jeroom Heyndrickx, diretor do Instituto Verbiest da Universidade Católica de Louvain, partidário ardoroso do diálogo Pequim-Santa Sé, que acabou dando em renovada perseguição.

Dom Tadeo poderá ficar condenado a passar o resto de sua vida no isolamento. Mas sacerdotes e fiéis veem a atual provação como uma ocasião de “renovação”. Pois, dizem eles, “temos que amar as dificuldades. Nós sabemos que a dificuldade e a perseguição alimentam nossa esperança”.

“Se a Igreja não passasse por provações e desafios, não existiria Igreja nenhuma. Nós somos cristãos. Nós temos fé. Nós podemos esperar.”

11 COMENTÁRIOS

  1. Agradeço ao Rafael Rodrigues do site apologistas católicos, pelo excelente trabalho e esforço de sua refutação sobre o infame texto protestante de Julio Severo.

    Queridos irmãos!

    Por seguir a ordem das Sagradas Escrituras (1º Coríntios 1, 10-13.17) e o Catecismo para a unidade* da nossa fé cristã, recomendei Julio Severo para o combate contra os inimigos da família criada por Deus para os senhores, mas devido ao último e lamentável episódio provocado por esse cidadão, agora recomendo nos apegarmos com os verdadeiros aliados na luta contra essa política do mal, (devemos primeiro valorizar o que é da Casa,) seguir os escritos dos nossos papas; dos santos; dos sacerdotes e leigos católicos de fé; dos institutos, organizações e sites católicos… E para quem acredita nas profecias da Nossa Senhora, (como La Saletti, o fiel não é obrigado acreditar, mas eu, Luis Dufaur e Oswaldo de Paula Garcia acreditamos.) [1]

    E os outros cristãos?

    Que sigam nosso exemplo!

    Na Paz de Cristo!

    Paulo Kelson Carneiro de Freitas, catequizando, Manaus, AM.

    * Para poder cumprir sua missão de ser “no mundo sinal e instrumento de união íntima com Deus e de unidade entre os homens” – acrescentou –, (os cristãos devem fundar sua vida em quatro pilares: “a vida fundada na fé dos Apóstolos transmitida na viva Tradição da Igreja, a comunhão fraterna, a Eucaristia e a oração”.) Conversão é o caminho da unidade, Papa Bento XVI:

    http://www.bibliacatolica.com.br/blog/santa-se/conversao-e-o-caminho-da-unidade-diz-papa/#.Ulx0PlMbylE

    [1] http://aparicaodelasalette.blogspot.com.br/2013/10/apos-aparicao-comeca-o-calvario-dos.html ;

    http://mentiras-evanglicas-e-outras.blogspot.com.br/2013/01/os-segredos-de-la-salette.html
    Paulo Kelson,

  2. Júlio Severo sabendo dos crimes do governo Putin ( principal aliado da China) já que respondi em sua carta aberta apoiando o ditador russo, do qual não publicou as minhas respostas, enviando vários textos como o do Luis Dufaur denunciando o governo russo, mesmo assim continuou a defender o demagogo ditador:

    Putin recomenda que líderes se unam para acabar com a perseguição anticristã, por Júlio Severo. O que esperar de um “cristão” desse?
    http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/10/putin-recomenda-que-lideres-se-unam.html

    Chega de ódio cristão em nosso meio! Fora falso cristão Júlio Severo:

    http://www.youtube.com/watch?v=3gE_6N9dEKI

    Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores.(São Mateus 7, 15) Bíblia Ave Maria

    Por isso sou católico apostólico romano da Única Santa Igreja fundada por Jesus Cristo.

  3. Julio Severo apagou minhas respostas do Facebook, com refutações claras, verdadeiras revelando os crimes dos protestantes referente a seu texto sobre Inquisição Católica.[1] (O que esperar de uma pessoa, que atravéns de uma carta aberta [2] apoia um ditador como Vladimir Putin) e seu governo mafioso, [principal aliado da China]?

    Só porque, como todo autoritarismo, o governo russo proibiu manifestações gays, ainda o Severo ignora as perseguições que esse carreirista da antiga KGB faz com todos os seus opositores. Julio Severo sabe disso, eu postei vários textos como de Luis Dufaur. [3]

    Júlio Severo, tu és mesmo mais um lobo na pele de cordeiro! Nisso Caio Fábio está certíssimo. [4]

    Sua máscara caiu. Por isso todos os católicos de verdade, devem nunca mais saber dos textos deles, como eu fiz, é só mais um oportunista como Silas Malafaia!

    Sendo porque nós católicos já temos o IPCO e pessoas de bem do pró vida, como professor Hermes Fonseca, padre Paulo Ricardo e padre Luiz Carlos Lodi da Cruz.

    [1] http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/10/a-inquisicao-o-papa-e-o-suspiro-de.html

    [2]http://juliosevero.blogspot.com.br/2013/09/carta-aberta-ao-presidente-vladimir.html

    [3] http://flagelorusso.blogspot.com.br/2013/08/licoes-da-democracia-de-putin-eleicoes.html

    [4] http://www.youtube.com/watch?v=mbqmXwI2Fi0

  4. Esta é a Igreja verdadeira de Jesus, perseguida, injuriada, difamada, derramando seu sangue, mas sempre confiante na misericórdia e nas promessas do Senhor Jesus. Oremos pelos nossos irmãos que dão testemunho com a vida.
    Jesus eu confio em vós!

  5. Infelizmente, temos a omissão da Santa Sé, não só quanto à situação dos católicos chineses, mas, também, a dos católicos perseguidos e mortos nos países de maioria muçulmana. Nestes países, enquanto o alto clero bajula os clérigos muçulmanos, eles promovem a extinção do catolicismo em suas nações.
    Que a Virgem os socorra com brevidade, pois só dos Céus podem vir auxílios.

  6. A China é o país onde a igreja evangélica cresce mais rápido, e isso se deve ao fato dela saber que a igreja não se limita às quatro paredes. Eles se reúnem em casas, cavernas, campos isolados, fazem batismos em rios durante a madrugada, e não se deixam abater pela perseguição. Não adianta se lamentar pela perseguição, e nem se conformar com a prisão de Dom Tadeo. Jesus disse que sofreríamos perseguições, mas não ordenou que nos conformássemos com elas. É necessário orar, clamar a Deus para que esse servo de Deus seja solto, assim como Pedro foi solto da prisão (vide Atos dos Apóstolos, capítulo 12, salvo engano). É necessário continuar realizando essa obra, fazendo a nossa parte. Se a gente não desanimar, Deus vai fazer a parte que Lhe cabe. “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo (…)”. Ânimo! Também estarei orando por esta causa.

  7. Pois é , já que hoje tudo é dialogo com o mundo moderna, vai lá alguém do Vaticano, que se julga porta-estandarte da Igreja Modernista dialogar com assassinos e criminosos comunistas. É incrível que membros da Igreja tenham achado que é possível dialogar com as cobras criadas por Marx.
    Só nos resta recorrer à Rainha do Santo Rosário e a Jesus Sacramentado, pois o Ocidente, desde a mídia secular e até aos altos membros da Igreja não se manifestam a respeito de absolutamente nada ou quase nada sobre esse assunto.

  8. Se o papa Francisco I dedicasse a mesma atenção que dedica em cuidar dos refugiados muçulmanos talvez o governo comunista da China mudasse de posição, mas eu não li nenhuma referência do Santo Padre a esses verdadeiros perseguidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome