Uma ótima notícia é a recente premiação ao Nobel de Medicina concedida a dois grandes pesquisadores e que põe fim a uma polêmica que nunca deveria ter sido iniciada: a imoral utilização de células-tronco embrionárias.

Os doutores John Gurdon, de 79 anos, do Instituto Gurdon, em Cambridge, e Shinya Yamanaka, 50 anos, da Universidade de Kyoto, descobriram formas de desenvolver tecidos que se comportam como células embrionárias, eliminando a necessidade de colher embriões humanos.

“Essas pioneiras descobertas alteraram completamente nossa visão sobre o desenvolvimento e especialização das células”, disse em nota o comitê que concede o Nobel, ligado ao Instituto Karolinska, de Estocolmo.

Leia mais: Nobel de Medicina premia cientistas por trabalhos com células-tronco

5 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade existem juizes que ficam decidindo questões que eles sequer dominam. Tomam atitudes contrárias a vida. Tem-se a impressão que eles são senhores da vida e da morte.
    Muitas pessoas que estão em cadeiras de rodas fizeram manifestações, fazendo pressão para que aprovasse a lei dos embriões que que agora levaram esse tapa de luva por serem apressadinhos.

  2. Essa discussão também se deu no ignominioso Supremo Tribunal Federal, que aprovou a manipulação dos embriões, isso por possuir juizes que, se mal sabem a significância de prova, presunção e indícios, quanto mais de valorar o direito natural à vida de cada ser.

  3. Há anos que espero por essa notícia porque Arthur Clark, apesar de ter sido alguem sobre cuja ‘personalidade’ eu tenha lá minhas restrições pessoais, o que não é o caso comenta-las,ele já nos havia predito que chegaríamos a esse ponto .Vem mais por ai !
    Sou um apaixonado por Ciência porque Deus é a própria Ciência.Lamentavelmente os cientistas não pensam e nem falam assim.Sei do que ELE É capaz.Afinal ELE é o EU SOU!
    Redigi esta manifestação somente para dar-LHE Glória e lembrar aos irmãos que com ELE tudo acontece de forma natural e rápida.
    Eloim Haleluiah!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome