Segundo informe da agência Cibéria, a China está literalmente comprando a Zâmbia, que corre o risco de perder a soberania devido à enorme dívida interna do país para com a China.

O país africano pode ser obrigado a entregar a Pequim a propriedade das suas principais infra-estruturas de transporte e energia, bem como a sua rica indústria de extração de diamantes.

A China já controla a rede estatal de rádio e televisão ZNBC e está prestes a abocanhar a empresa, também estatal, que produz 80% da produção de eletricidade da Zâmbia.

A dívida externa do país já atingiu o montante de 9,3 bilhões de dólares, segundo a Reuters.

É a nova fórmula de imperialismo comunista que está entrando. Precisamos abrir os olhos para que não aconteça o mesmo com o Brasil, onde muito silenciosamente tem sido colocados nas mãos de empresas chinesas, em nome da “desestatização”, setores importantes da infraestrutura do nosso País.

Para quem sabe que o capital chinês é estatal, essa “desestatização”, que deveria favorecer a investidores brasileiros ou a empresas de países confiáveis, não passa de uma velhaca maneira de favorecer a expansão do imperialismo comunista chinês.

 ____________

Fonte: https://ciberia.com.br/china-comprando-literalmente-pais-africano-45632

Deixe um comentário!