A China, em seu irredutível orgulho, tenta negar que as evidências de que a origem do coronavírus seja Wuhan.

Vejamos a notícia de novembro de 2019, mais um alerta desprezado pelo PCCh.

“Hong Kong toma medidas de emergência como misteriosa ‘pneumonia’ infecta dezenas na cidade chinesa de Wuhan

“A maioria dos pacientes trabalhava em um mercado de frutos do mar e os profissionais de saúde ainda estão tentando identificar o vírus responsável.

“As autoridades de saúde de Hong Kong não estão se arriscando com um misterioso surto de pneumonia viral na cidade central chinesa de Wuhan, alertando para sintomas semelhantes aos SARS e GRIPE AVIÁRIA à medida que intensificam a triagem na fronteira e colocam os hospitais em alerta.
“”A situação em Wuhan é incomum, e ainda não temos certeza sobre as razões por trás do surto”, disse a secretária de Alimentação e Saúde, Sophia Chan Siu-chee, após uma reunião noturna urgente com autoridades e especialistas na véspera de Ano Novo. “Uma vez que estamos agora na temporada de férias, e Hong Kong tem laços estreitos de transporte com Wuhan, devemos ficar alertas.””

Em novenbro de 2019 ja 27 casos de infeções

“Com Wuhan relatando 27 infecções até agora, Chan disse que o Departamento de Saúde (Hong Kong) aumentaria a vigilância e os exames de temperatura em todos os postos de controle de fronteira, incluindo o aeroporto internacional da cidade e a estação ferroviária de alta velocidade em West Kowloon.
“O chefe executivo da Autoridade Hospitalar, Tony Ko Pat-sing, disse que a equipe médica da linha de frente foi alertada em hospitais públicos e privados (Hong Kong).

Rastrear pacientes com histórico de viagem para Wuhan

Lembramos, ainda estamos em novembro de 2019. Continua o alerta de Hong Kong:

“Até agora, não há casos suspeitos de pneumonia em hospitais públicos”, disse ele. “Mas uma vez que suspeitemos de casos, incluindo a apresentação de febre e doença respiratória aguda ou pneumonia, e o histórico de viagem para Wuhan dentro de 14 dias antes do início dos sintomas, colocaremos os pacientes em isolamento.”

“Especialistas da Universidade de Hong Kong também foram recrutados para realizar testes genéticos mais rápidos de amostras de vírus.

A notícia do surto em Wuhan veio à tona após um aviso urgente do departamento de saúde da cidade, que disse aos hospitais para relatar mais casos de “pneumonia de origem desconhecida”, começou a circular nas redes sociais na noite de segunda-feira.

“No último mês, 27 pacientes em Wuhan – a maioria deles proprietários de barracas no mercado de frutos do mar huanan – foram tratados para a doença misteriosa”.

Fonte: https://www.scmp.com/news/china/politics/article/3044050/mystery-illness-hits-chinas-wuhan-city-nearly-30-hospitalised

 

Deixe uma resposta