A falta de transparência é uma das características dos países de esquerda. Ninguém sabe ao certo quantos morreram na China, em Cuba, na Venezuela. Sem falar em Coréia do Norte, Irã.

No Brasil temos o Portal da Transparência que nos fornece dados oficiais sobre Causa Mortis dia a dia, mês a mês, ano a ano.

Nosso gráfico se baseia em 5 causa mortis desde o marco inicial “oficial” do coronavírus em nossa Pátria, ou seja, tomamos como referência 16 de março de 2020.

Essas 5 Causa Mortis somadas no período 16 de março a 31 de agosto de 2019 dão o total de 338.229 mortes.

No mesmo período em 2020 elas somam 276.740.

Portanto, houve um déficit em relação ao ano anterior de 61.489 mortes. Resultado excelente, se não fosse o fato de que a conta do coronavírus açambarca todas elas. E as supera, evidentemente.

Leitor, não estamos computando todas as Causa Mortis; se o fizéssemos o déficit entre 2019 e 2020 seria ainda maior.

Também não estamos computando o natural aumento do número de mortes de ano para ano, o que elevaria ainda mais o déficit.

***

Será que a mídia ou os governadores de esquerda, do falso Centrão conseguem explicar essa contradição? Por quê razão a Conta Covid ganhou tantos “extras”?

E por quê razão se divulga tão pouco nossa vitória sobre o vírus a ponto de arcarmos com 18% das curas totais no Orbe? Eis o total de recuperados, imunes no Brasil: 3.159.096

Também nos EUA governadores de esquerda estão no banco dos reus.

Fonte:  https://transparencia.registrocivil.org.br/especial-covid

Deixe uma resposta