A mídia gosta de noticiar cada novo caso de infectado pelo coronavírus no Brasil. Vamos ver se divulga também o novo surto do vírus no nordeste da China. Apesar da subnotificação (em outras palavras, mentira) inerente ao PCC, para melhorar sua imagem já tão desgastada no Mundo Livre, os vazamentos aparecem.

“Um novo surto de vírus do PCC na cidade de Dalian, no nordeste da China, se espalhou para pelo menos seis cidades e municípios em três províncias desde que as autoridades confirmaram um conjunto de infecções no final da semana passada.”

Ainda é difícil avaliar a verdadeira escala do surto nas três províncias – Liaoning, onde Dalian é uma cidade portuária; Heilongjiang; e Jilin – dado o histórico das autoridades chinesas de subnotificação de casos e ocultação de informações.

“As autoridades municipais de Dalian relataram em seu site 13 novos casos confirmados em Liaoning a partir do final de 25 de julho.”

“Mas a rapidez das autoridades em adotar medidas estritas de isolamento levou os moradores locais a suspeitar que o surto foi mais grave do que o relatado oficialmente.”

Medidas drásticas: Dalian em “estado de guerra”

“As autoridades de Dalian também anunciaram que a cidade de cerca de 6,9 ​​milhões seria colocada em um “estado de guerra”, a fim de impedir a propagação do vírus PCC, comumente conhecido como o novo coronavírus.”

“O metrô de Dalian também exigia que todos os passageiros fossem testados quanto ao vírus antes de embarcar nas estações ao longo de uma de suas três linhas.”

***

A notícia informa que o vírus se espalhou para Anshan, Tieling, Jilin, e mais ao norte, para a província de Heilongjiang.

Há algumas semanas havia focos de infecção em bairros de Pequim.

Mas, a China “venceu” a epidemia, segundo a mídia.

É bom sempre recordar, o Brasil recupera 16% do total mundial de infectados, 1,667,667 curas!

Fonte: https://www.theepochtimes.com/new-ccp-virus-outbreak-in-northeastern-china-spreads-to-nearby-provinces_3438415.html?utm_source=CCPVirusNewsletter&utm_medium=email&utm_campaign=2020-07-27

Deixe uma resposta